suplemento

------------------------

Tribulus terrestris.

1.O Que é e qual sua origem?
Tribulus Terrestris é uma erva trepadeira que cresce em qualquer região com climas moderados e tropicais.
Porém a planta é originaria da Índia. O extrato seco utilizado por praticantes de musculação e fisiculturismo, em formula de cápsulas, é retirado do fruto desta planta.

2.Pra que serve?
A medicina tradicional tem usado o Tribulus Terrestris para aumentar os níveis de energia, diminuir os sintomas de depressão, para tratar impotência e infertilidade no homem e mulher, e principalmente pra aumentar a força e o vigor.
Por causa do histórico longo de uso desta planta, o seu uso foi considerado muito seguro, vários atletas usam o Tribulus Terrestris para aumentar os níveis de testosterona no corpo, aumentar a queima de gordura, aumentar a força, massa muscular e a resistência física.
O uso do Tribulus Terrestris pode aumentar os níveis de testosterona através de uma estimulação natural da glande pituitária ,o que promove um aumento da secreção do Hormônio luteinizante(LH) o que leva um aumento do níveis de testosterona livre no homem e um aumento de progesterona na mulher.

2.1. Indicações de uso do Tribulus Terristris

" Eficaz no aumento da produção de TESTOSTERONA;
" Estimulante para aumentar o IMPULSO SEXUAL; (ambos os sexos)
" Aumento da FORÇA e MASSA MUSCULAR em atletas; (efeito anabólico)- Essa parte é bem controvérsia,alguns dizem que a planta realmente funciona no aumento de massa muscular porém outros dizem que é placebo.
" Diminui a FRIGIDEZ SEXUAL em mulheres;
" Aumenta a quantidade e a motilidade de espermatozóides; (fertilidade)
" Possui efeito hepatoprotetor;

2.2. Mecanismo de ação do Tribulus Terrestris
O Tribulus terrestris provoca vasodilatação na região genital, o que pode explicar os seus efeitos sobre a ereção. Pode aumentar ainda a contagem de espermatozóides, bem como a sua motilidade, podendo, por isso, ser um auxiliar precioso para tratar a infertilidade. Em mulheres, diminui os sintomas da frigidez sexual, aumenta a libido e reduz os sintomas da menopausa.

Ao aumentar as concentrações plasmáticas de testosterona, aumenta também produção de músculo como efeito anabólico. A testosterona é vital porque desempenha vários papéis essenciais no nosso organismo, em especial, a síntese de massa muscular, com os conseqüentes ganhos de força.

3. Quem pode se beneficiar com o uso deste suplemento ?

A maioria, pois é desconhecido efeitos colaterais com o uso da mesma.

A não ser em adolescentes, pois já têm testosterona fluindo pelo corpo, então em jovens seria desaconselhável, pois pode ocorrer distúrbios hormonais.

3.1. Quais as vantagens em usar Tribulus Terristris?
Como DHEA e Androstenediona, Tribullus terrestris pode naturalmente favorecer a produção da testosterona. Testosterona é vital porque ela desempenha vários papéis essenciais em nosso corpo, incluindo a construção do músculo e força. Atletas estão usando Tribulus terrestris para ajudar a garantir que seus níveis deste hormônio natural estejam nos níveis normais em qualquer tempo. Isto pode, portanto, garantir que os níveis de testosterona sejam mantidos completos na plataforma natural e sem o uso de drogas perigosas como os esteróides. Vale ressaltar que esta planta não é proibida pelo COI (Comitê Olímpico Internacional).

4.Estudos Científicos com o Tribulus
Instituto Químico-Farmacêutico em Sofia, na Bulgária, conduziu estudos clínicos com Tribulus Terrestris, que mostraram uma melhoria nas funções reprodutoras, incluindo aumento na produção de esperma e testosterona em homens.

Nas mulheres verificou-se um aumento da concentração de hormônios, incluindo o estradiol, com alteração ligeira da testosterona e melhoria da função reprodutora, libido e ovulação.

Um estudo envolvendo indivíduos saudáveis que tomaram 750mg/dia de Tribulus Terrestris, avaliaram as respostas hormonais que revelaram aumentos de LH de 14,38 ml/U/ml para 24,75mI/U/ml. A testosterona livre nos homens também aumentou de 60ng/dl para 84,5ng/dI3.

Outro estudo realizado em mais de 200 homens que sofriam de impotência, revelou que muitos dos homens experimentaram aumento dos níveis de LH e testosterona, da produção de esperma e da sua motilidade.

4.1. Entendendo um pouco melhor....
O Tribulus Terrestris é um adaptógeno da testosterona. Em medicina um produto é classificado com adaptógeno quando tem a propriedade de reequilibrar o organismo toda vez que este se encontrar alterado. Estudos clínicos têm mostrado que o aumento dos níveis de testosterona tem efeitos positivos não somente na força física e resistência, como também na função sexual, na densidade mineral óssea, metabolismo e nos níveis de imunidade. Por isso, é também muito indicado para idosos com problemas como artrite, artrose, fraqueza muscular e fadiga crônica.

5. Dosagem recomendada

Por enquanto não existe um guia definitivo sobre a quantidade de Tribulus terrestris que deverá ser tomada. Há diferentes diretrizes sugeridas por especialistas no campo médico. A mais sugerida é 250-750 mg por dia, tomada uniformemente durante todo o dia.

Igualmente como qualquer suplemento, cautela deverá ser exercida quando pensar em tomar Tribulus terrestris. Nos estudos das pesquisas feitas nenhum efeito adverso foi notado proveniente do uso de Tribulus terrestris. Além disso, em pesquisa adicional, nenhum efeito adverso foi demonstrado sobre o sistema nervoso ou cardiovascular. Até este momento nenhuma toxicidade ou efeito negativo ocorreu quando Tribulus terrestris é usado como suplemento nutricional.

Não há nenhum indício que mostre conclusivamente qual deveria ser a dosagem ótima e a duração de Tribulus terrestris. Muitos estudos das pesquisas feitas usaram 750 mg de Tribulus terrestris por curto período de tempo.
Especialistas no campo médico recomendam que tribulus terrestris deve ser administradas em ciclos pois diferentemente da DHEA e Androstenediona, Tribulus terrestris não é produzido pelo corpo e com o tempo prolongado do uso, seu efeito pode ser minimizado, tornando-se menos potente. Ciclos de 3 semanas usando "on" seguido de 1 a 3 semanas sem uso "off" , parece ser mais eficiente.
Como é o caso com toda suplementação, a melhor decisão é a chave do sucesso. Conhecer seu corpo e seus limites é tão decisivo para a própria suplementação como é para o próprio treinamento.

------------------------

Tribulus terrestris efeitos colaterais.

O Tribulus terrestris é utilizado por pessoas normais, atletas e até mesmo fisiculturistas, no entanto, só deve ser consumido na forma de extrato, seja em cápsulas ou em pó, de marcas regulamentadas pelas agências de saúde. E com orientação médica, caso o paciente esteja fazendo uso de qualquer tipo de medicação.
Os efeitos colaterais do Tribulus terrestris são extremamente raros, sendo pouco relatados, mas pode conter alguns pequenos efeitos colaterais pequenos relacionados a digestão e ao ao aumento dos níveis de testosterona. O Tribulus aumenta os níveis de testosterona do corpo, sendo que a testosterona em si possa causar efeitos colaterais secundários indesejados, tais como aumento dos níveis de agressividade, maior crescimento de cabelo (os fios de cabelo costumam nasceu um pouco mais espessos) e alargamento da glândula da próstata. Embora a testosterona no corpo possa causar estes efeitos potencialmente indesejados, o aumento da testosterona dificilmente é compreendido como um efeito colateral secundário do uso de Tribulus terrestris.
O efeito colateral mais relatado pelo uso de Tribulus terrestris é uma leve dor estomacal, que pode vir acompanhado ou não de náuseas. Na maioria dos casos, evita-se o problema consumindo o extrato de Tribulus terrestris durante ou logo após as refeições. Outra dica para quem sente os efeitos colaterais com o uso do Tribulus é tomar o suplemento natural junto com algum iogurte.
Alguns apontamentos indicam que o uso de extrato de Tribulus terrestris possa estar ligado ao desenvolvimento de ginecomastia, uma doença benigna rara que faz com que ocorra alargamento da região da mama em homens. Geralmente a ginecomastia é ligada ao uso de drogas e medicamentos que alteram a regulação normal dos hormônios sexuais, no entanto, tais estudos não indicavam o Tribulus terrestris como sendo responsável diretamente por estes efeitos colaterais.
Não há casos bem documentados sobre a interação do Tribulus terrestris com outros medicamentos, mas o uso do Tribulus não é recomendado para pessoas que sofrem com doenças cardíacas, diabetes, ou quaisquer outros problemas de saúde a longo prazo.
-------------------------

Para que serve o Tribulus.

tribulus é um suplemento de ervas usado desde o final dos anos 70 na Europa Ocidental. Uma de suas propostas é aumentar a liberação do hormônio luteinizante para assim aumentar a produção de , a produção de espermatozoides, o aumento do volume ejaculatório, e aumento da libido.
É difícil achar pesquisas feitas sobre o Tribulus, a maioria das que existem tem relação com uma companhia Bulgariana chamada Sopharma, que produziu o primeiro tribulus, chamado Tribestan®. Isso não significa que as informações sejam falsas, mas devemos ter em mente que elas não são totalmente imparciais.
A proposta original do Tribulus era ser um tônico para tratar disfunção erétil. F dado o Tribestan® para homens saudáveis em uma dose de 750mg por dia, durante cinco dias. O LH e a testosterona aumentaram em 72% e 40% respectivamente. Como era de se esperar, o Estradiol (hormônio relacionado ao estrogênio) também aumentou, e em 81% !
O aumento da testosterona é o efeito mais comentado pelos vendedores de Tribulus, no entanto, não podemos esquecer que quando aumentamos a testosterona você aumenta a aromatização e com isso, o nível de estrogênio. Para falar em números: na pesquisa feita, os homens tinham em média 600ng/dL de testosterona, e ficaram com 850ng/dL, quantidade ainda normal para homens. O estradiol, que estava em 76 pg/ml foi para 137,5 pm/ml, quantidade considerada além do normal, que seria de 20 a 80 pg/ml.
Então porque não sofremos os sintomas que os níveis elevados de estrogênio nos causam, como a ginecomastia? Um dos motivos seria a má qualidade da maioria dos de Tribulus. Testes em laboratórios, (pagos pela Sopharma) em manufaturas de extrato de Tribulus mostraram que a maioria não continham níveis suficientes de protodioscina.
-------------------------

Benefício observado.

O extrato de Tribulus é seguro e parece não ter nenhum efeito colateral. Uma das razões para isso é que ele não eleva a testosterona além do limite. O corpo parece regularizar a aromatização para acomodar o aumentod e LH e testosterona. Nenhum estudo profundo foi feito para provar isso, mas pelas mudanças observadas no nível
de testosterona e estradiol, eu diria que há uma grande chance de ser verdade.

Então, para aproveitar ao máximo, eu sugiro que tome o extrato, e caso você possa (consulte um médico) tome um inibidor de aromatização, como o Arimidex, meio tablete por dia durante a primeira semana, depois meio tablete dia sim dia não, enquanto durar sua suplementação com o Tribulus. Você não vai querer inibir por completo a aromatização, pois isso levará a uma redução do nível de GH (hormônio do crescimento) e do IGF-1.

Benefício observado
Aumento da liberação do hormônio luteinizante (LH) e assim aumento da produção de testosterona. <strong>Mesmo o mais potente tribulus não lhe trará os efeitos colaterais das "bombas".
Há estudos para provar?
Sim, porém foram feitos pela Sopharma, laboratório que produz o Tribestan®. A pesquisa mostrou um aumento de ~72% do LH, ~40% da testosterona e ~80% do estradiol.
Mecanismo de ação
O tribulus terrestris estimula a liberação de LH na glândula pituitária. O mecanismo exato ainda é muito vago e essas são especulações.
Interage com outros nutrientes?
Não
Dose efetiva
As doses usadas no teste foram de 750 a 1500 mg por dia. (No teste, eles tomara o Tribestan® que é de boa qualidade, para outros suplementos com pouca quantidade de protodioscina serão necessárias doses maiores.) O Tribulus da farmácia de manipulação Botânica Tupã é de boa qualidade também, para comprá-lo bastas clicar na imagem abaixo.
Como tomar
De 750 a 1500mg por dia. Divida as doses para tomá-las após suas refeições diárias. Exemplo: 500mg após o café da manhã, 500mg após o almoço e 500mg após o jantar.
Homens: Uso sem interrupções por 3 a 6 meses. Após esse tempo ficar 1 ou 2 meses sem tomar.
Mulheres: Um estudo recomenda tomar do quinto ao décimo quarto dia do ciclo menstrual. NÃO USAR DURANTE A GRAVIDEZ.
É tóxico?
Não
Recomendado para
Pode ser mais eficaz para corrigir um declínio na amplitude e/ou frequência do LH. Deve ser eficaz também para levar o nível de testosterona para a normalidade, em casos que esteja baixo, como os seguintes:

Pessoas com caso de hipogonadismo
Após um clico de esteróides
Pessoas que malham muito pesado (overtraining)
Declínio de testosterona relacionado à idade
Durante dietas extremas ou prolongadas (lembre-se que a gordura é necessária para produção de testosterona.)

Nota: Tomar um inibidor de aromatização (aromatase) deverá aumentar a eficácia do extrato de Tribulus terrestris para aumentar a testosterona. Geralmente são muito caros, porém a Crisina tem um preço acessível, peça em sua farmácia de manipulação de confiança.

---------------------------


suplemento

Tudo Sobre Emagrecer Emagrecedor.info