Dietas e Dieta

------------------------

metformina emagrece.

METFORMINA - Bula, indicações, contra-indicações, emagrece
Muitos são os elementos procurados pelas pessoas como fórmulas ideais de emagrecimento. No entanto, não é de uma hora para outra que os corpos esculturais começam a aparecer.

Muito menos é consumindo uma pílula, que todos poderão emagrecer sem controlar o que comem.
Duas coisas são fundamentais, a prática de exercícios físicos regulares e a alimentação balanceada e acompanhada por um nutricionista. Aliadas, essas duas tarefas podem alcançar resultados satisfatórios.

------------------------

Conheça melhor o metformina e tenha cuidado com certas substâncias.

Conheça melhor o metformina e tenha cuidado com certas substâncias.

Para explicar o que se a metformina emagrece fomos as pesquisas e chegamos a Alfredo Halpem, médico endocrinologista do Hospital das Clínicas de São Paulo. Segundo ele, "esse é utilizado em indivíduos com diabete do tipo 2, que em geral têm excesso de peso. E, diferentemente da maioria dos remédios contra a doença, ajuda a emagrecer. É que a metformina facilita a ação da insulina produzida pelo pâncreas. Conseqüentemente, o teor desse hormônio no sangue também cai. Como a insulina aumenta a formação de gordura, esse efeito da metformina auxilia no emagrecimento. Indivíduos com resistência à insulina e, portanto, com tendência a ficarem diabéticos, também podem se beneficiar da metformina, quer na prevenção do diabete, quer emagrecendo alguns quilos. Já se noticiou que a metformina poderia contribuir para a perda de peso de pessoas não diabéticas e não resistentes à insulina. Isso, no entanto, carece de evidências científicas. Certamente esse medicamento é muito menos eficiente do que os bons remédios antiobesidade disponíveis no mercado", explica o doutor.
Na verdade, sempre que um medicamento tem característica de emagrecimento, não necessariamente ele é um emagrecedor. As pessoas precisam entender que para isso já existem os medicamentos precisos. O que acontece é que com os níveis de obesidade dos atuais tempos, qualquer coisa que emagreça será sempre uma possibilidade.
-------------------------

Metformina emagrece?

Metformina emagrece?

Esse é um medicamento utilizado em indivíduos com diabete do tipo 2, que em geral têm excesso de peso. E, diferentemente da maioria dos remédios contra a doença, ajuda a emagrecer. É que a metformina facilita a ação da insulina produzida pelo pâncreas. Conseqüentemente, o teor desse hormônio no sangue também cai. Como a insulina aumenta a formação de gordura, esse efeito da metformina auxilia no emagrecimento.

Indivíduos com resistência à insulina e, portanto, com tendência a ficarem diabéticos, também podem se beneficiar da metformina, quer na prevenção do diabete, quer emagrecendo alguns quilos. Já se noticiou que a metformina poderia contribuir para a perda de peso de pessoas não diabéticas e não resistentes à insulina. Isso, no entanto, carece de evidências científicas. Certamente esse medicamento é muito menos eficiente do que os bons remédios antiobesidade disponíveis no mercado.

-------------------------

CLORIDRATO DE METFORMINA | Informações úteis.

CLORIDRATO DE METFORMINA | Informações úteis
A Metformina, também conhecida pelos nomes comerciais Glifage, Dimefor, Glucoformin, Glucophage e Risidon, é a droga por via oral (antidiabético oral) mais usada para o controle glicêmico no diabetes mellitus tipo 2. Neste texto vamos abordar as indicações da metformina, que vão além do diabetes, seus efeitos colaterais e contra-indicações.

Como funciona a metformina

Ao contrário do diabetes tipo 1 que é causado por deficiência de insulina, o diabetes tipo 2 ocorre por uma resistência do organismo à ação da insulina, que circula no sangue mas não consegue exercer seus efeitos. Esta característica do diabetes tipo 2 permite que ele seja tratado inicialmente não com insulina, mas com drogas por via oral, chamados de antidiabéticos orais (também chamados de hipoglicemiantes orais).

---------------------------

Entre os antidiabéticos orais, o mais usado atualmente é o cloridrato de metformina.

Entre os antidiabéticos orais, o mais usado atualmente é o cloridrato de metformina, ou simplesmente, metformina, que é uma droga que só funciona nos pacientes que conseguem produzir insulina, sendo, assim, ineficaz no diabetes tipo 1.

A insulina ajuda no controle glicêmico do diabetes tipo 2 através de três mecanismos:

Reduz a produção de glicose pelo fígado.

Cloridrato de Metformina
- Aumenta a sensibilidade dos tecidos, principalmente dos músculos, à insulina. A metformina não aumenta a produção de insulina, mas sim otimiza a ação da insulina já produzida.
- Reduz a absorção de glicose pelo trato gastrointestinal.

A metformina é a droga de escolha para pacientes diabéticos e obesos, pois a mesma não está associada a ganho de peso, como acontece, por exemplo, com a insulina e outros antidiabéticos orais. Ao contrário do que algumas pessoas pensam, a metformina não emagrece ninguém e não deve ser usada como droga para se perder peso.

------------------------------

Outras indicações da metformina além do diabetes.

Outras indicações da metformina além do diabetes

A única doença que tem indicação formal para ser tratada com metformina é o diabetes tipo 2, porém, algumas outras que também apresentam resistência dos tecidos à ação da insulina têm sido tratadas com metformina. Entre elas podemos citar:

- Síndrome dos ovários policísticos: o uso da metformina parece ser benéfico, principalmente se a paciente tiver sobrepeso (leia: OVÁRIO POLICÍSTICO | Sintomas e tratamento).
- Esteatose hepática: a metformina parece reduzir o grau de inflamação do fígado (leia: ESTEATOSE HEPÁTICA | Sintomas e tratamento).
------------------------

Contraindicações da metformina.

Contraindicações da metformina

A metformina é uma droga com pouquíssimas contra-indicações, mas uma delas é muito importante por ser uma situação frequente em pacientes com diabetes: a insuficiência renal. A metformina não deve ser usada em pacientes com insuficiência renal, principalmente se a creatinina estiver acima de 1,5 mg/dl (ou filtração glomerular menor que 50 ml/min). Leia: CREATININA e URÉIA | O que são e como indicam doença dos rins para entender melhor o que é creatinina.

Pacientes com doença hepática (fígado) grave também não devem tomar metformina.

Efeitos colaterais da metformina

A metformina é uma droga geralmente bem tolerada, principalmente se for respeitada a contraindicação para insuficientes renais. Entre os efeitos colaterais mais comuns estão a diarreia, náuseas e o gosto metálico na boca.

A acidose láctica (aumento do ácido láctico no sangue) é uma complicação rara, mas grave, que ocorre geralmente em pacientes com insuficiência renal avançada que permanecem usando a metformina.

A hipoglicemia (baixa de glicose no sangue), efeito colateral comum dos outros hipoglicemiantes orais e da insulina, é rara com a metformina.

Como tomar a metformina

A metformina é vendida em comprimidos de 500mg, 850mg e 1000mg. O comprimido é geralmente tomado 2 ou 3x por dia e a dose máxima recomendada é 2550 mg/dia. Já existem formulações de liberação lenta que podem ser tomadas apenas 1x por dia. A metformina deve ser tomada junto às refeições e o comprimido deve ser engolido por inteiro, evitando parti-lo ou mastigá-lo.
------------------------------


Dietas e Dieta

Tudo Sobre Emagrecer Emagrecedor.info