Dietas e Dieta

------------------------

enzimas para emagrecer.

Uma das novas estrelas no combate à obesidade é a aplicação das chamadas enzimas para emagrecer. Esse tratamento é chamado de mesoterapia e vem ocupando lugar de destaque nos editoriais de programas e revistas sobre estilo de vida e emagrecimento. Embora pessoas sérias insistam em dizer que usar enzimas para emagrecer é apenas parte de um tratamento profundo para a perda de peso constante e saudável, há quem vaticine o (eu tenho arrepios toda vez que ouço isso!) poder miraculoso das enzimas para emagrecer. Como já fui vítima de panaceias com supostos poderes divinos, fiz o que sempre faço desde que comprei esse blog: pesquisei até meus olhos arderem. Exageros à parte, o que descobri foi o seguinte…

O que são enzimas?
Enzimas são substâncias responsáveis pela transformação de tudo o que o corpo consome, ou seja, responsáveis simplesmente por existirmos, pois as enzimas estão presentes em todas as etapas de nosso metabolismo. Do transporte do sangue pelas veias à transformação dos alimentos que consumimos, as enzimas fazem que nosso organismo funcione.

------------------------

Como usar enzimas para emagrecer?

Como usar enzimas para emagrecer?
Como foi dito acima, as enzimas são substâncias com base proteica (são feitas de proteínas) e muitas delas se ligam às moléculas de gordura para quebrá-las e eliminá-las durante as excreções (suor, fezes e urina). Além das enzimas que nosso corpo produz naturalmente, há enzimas sintéticas que podem ser encontradas em cápsulas ou em fórmulas injetáveis. Estas formas artificiais são as chamadas enzimas para emagrecer.

Como agem as enzimas para emagrecer?
As enzimas em cápsulas são complementos que ajudam o desempenhos das enzimas naturais, principalmente as digestivas e lipolíticas (aquelas que queimam gordura), para que o metabolismo acelere e elimine a gordura mais rápido.
As enzimas injetáveis são aplicadas diretamente nas áreas que precisam ter suas medidas diminuídas – a chamada gordura localizada – e aceleram a perda de medidas, mas não de peso.
-------------------------

Quais as indicações para usar a enzima para emagrecer?

Quais as indicações para usar a enzima para emagrecer?
A enzima para emagrecer injetável é indicada para tratamentos estéticos que visam o desaparecimento das gorduras localizadas em locais como o bumbum, a barriga e a papada.
A enzima para emagrecer também pode ser um importante coadjuvante em tratamentos para obesidade, desde que mesclados os tratamentos com cápsulas e injetáveis.
A enzima para emagrecer faz milagres?
NÃO! Se uma paciente usar enzimas para emagrecer e não mudar os hábitos alimentares nem incluir atividades físicas no pacote, o efeito das enzimas será nulo, pois do que adianta retirar gorduras que serão repostas mais tarde? As enzimas para emagrecer injetáveis não são indicadas para quem quer perder peso, apenas medidas. A junção de cápsulas e injeções de enzimas é que vai ajudar na aceleração do metabolismo, mas somente sob supervisão médica.

-------------------------

Enzimas combatem gordurinhas localizadas.

Enzimas combatem gordurinhas localizadas
Você teria coragem de passar por sessões com injeções da mistura de quatro a seis componentes diferentes que depois de dois a sete dias fazem o corpo eliminar a gordura? Eu não! Mas saiba que a mesoterapia, ou tratamento à base de aplicação de enzimas, está conquistando cada vez mais adeptos, sendo indicado para quem tem excesso de peso e gordura localizada.

As enzimas são drogas lipolíticas, ou seja, com afinidades por células adiposas. A aplicação consiste em uma "melange" (mistura) de quatro a seis componentes diferentes. Eles fazem a quebra da gordura, tornando assim mais fácil para ser excretada através da urina, suor e fezes.

Existem duas formas de aplicar as tais enzimas. Uma é intramuscular, utilizada para a perda de peso e aplicada no bumbum para uma perda geral de gordura. A outra é intradérmica, aplicada direto na região de gordura localizada, fazendo sua diminuição – mas somente na região aplicada, não sendo indicada para perda de peso.
Antes que você ache que se trata de uma forma fácil de emagrecer, saiba que se fizer uma alimentação supercalórica durante o tratamento, novos depósitos de gordura serão criados. Em outras palavras: tem que manter uma alimentação saudável e também fazer exercícios físicos.

---------------------------

Enzimas para Emagrecer

Enzimas para Emagrecer
O tratamento para emagrecer com a aplicação de enzimas, conhecido como mesoterapia, é uma técnica que vem fazendo muito sucesso devido aos seus excelentes resultados, especialmente indicada para as pessoas que estão com excesso de peso e para quem tem gorduras localizadas.
A mesoterapia neste caso consiste na aplicação subcutânea ou intramuscular das enzimas , com a utilização de minúsculos aparelhos de injeção, diretamente na área a ser tratada, sendo que a aplicação que deve ser feita preferencialmente por um médico ou por uma pessoa treinada e com muita experiência pois o sucesso do tratamento depende da correta aplicação do medicamento.
Existem três tipos principais de enzimas, as enzimas glicolíticas, lipolíticas e proteolíticas. A mesoterapia para emagrecimento utiliza as enzimas "lipolíticas", que são aquelas responsáveis por desagregar as células adiposas, ou seja, as enzimas lipolídicas injetadas no organismo se juntam as células de gordura quebrando-as e liberando a gordura, que devem ser excretadas do organismo através do suor, da urina e das fezes até 7 dias após a aplicação. As enzimas podem ser aplicadas de duas formas: subcutânea ou intramuscular.
A aplicação subcutânea e localizada é feita diretamente na área onde se encontram as gorduras; a aplicação intramuscular é feita preferencialmente nos glúteos e é indicada para a perda geral de peso, para aquelas pessoas que estão acima do peso.
As aplicações das enzimas é comprovadamente eficiente para eliminar as gorduras localizadas e promover a perda de peso, contudo elas sozinhas não são eficazes, pois o tratamento quebra as moléculas de gordura e libera elas no organismo, que devem então ser eliminadas com auxilio de drenagens linfáticas e de atividades físicas, essencial para potencializar o tratamento.
Os especialistas advertem que se a gordura liberada com a aplicação das enzimas não for eliminada do organismo ela volta a se depositar nos mesmos locais. Outro fator importante a considerar é que se a pessoa fizer a aplicação de enzimas e não manter uma dieta de baixas calorias, as gorduras também vão voltar a se depositar nos mesmo locais, tornando inútil todo o tratamento e as aplicações.
A aplicação de enzimas é um tratamento estético muito eficaz contra a gordura, sendo indicado inicialmente no mínimo 10 sessões, porém o tratamento precisa ser associado a atividades físicas e uma dieta saudável para que seus efeitos sejam realmente efetivos e duradouros e para que você possa manter seu corpo saudável, bonito e sarado.

------------------------------

Aposte nas enzimas para eliminar a gordura.

Aposte nas enzimas para eliminar a gordura
Confira os benefícios e desvantagens de optar por esse tipo de tratamento
Hoje, só fica com gorduras a mais quem quer. Seja por meio de treinos específicos, cirurgia plástica ou tratamentos estéticos, é possível eliminar as medidas a mais com rapidez e resultados rápidos.

Um dos procedimentos que tem ganhado mais destaque nas clínicas de beleza utiliza enzimas. Esse tipo de proteína é encontrado no organismo e é fundamental para que as reações químicas do corpo, como a digestão, aconteçam normalmente. Assim, graças às suas propriedades, o composto ganhou versões sintéticas para tratar o problema da gordura localizada, de transtornos digestivos e para contornar o corpo.

As aplicações podem ser feitas por meio de injeção ou cremes com a substância, mas ainda existem ressalvas a respeito. A boa notícia é que, se utilizadas de acordo com as indicações dos órgãos de saúde, elas quebram as cadeias de gordura, tornando-as micropartículas que podem ser eliminadas com facilidade através do suor, da urina e das fezes.

O tratamento pode ser feito em várias partes do corpo, como abdome, glúteo, coxas e braços. Confira os detalhes e escolha qual se adéqua mais a você.

Vantagens e desvantagens
Assim como em outros procedimentos, é preciso analisar os prós e contras antes de investir nas aplicações de enzimas. Na lista positiva, está o fato de ele ser rápido, praticamente indolor, minimamente invasivo, com garantia de resultados e poucas exigências para recuperação.

No entanto, nem sempre é possível prever qual será o comportamento do organismo em relação às injeções. Em resumo, o efeito que determinada combinação de proteínas trouxe para sua amiga pode não acontecer em você. Além disso, há o risco de hipersensibilizações e alergias.
------------------------

Enzimas: as queridinhas dos tratamentos estéticos.

Enzimas: as queridinhas dos tratamentos estéticos
Tratamentos para emagrecer com enzimas viraram febre nas clínicas estéticas, especialmente depois de rumores de que a atriz Claudia Raia estaria fazendo. As aplicações subcutâneas à base de enzimas lipolíticas, dizem especialistas, são capazes que quebrar as cadeias de gordura (glicerol e ácidos graxos), transformando-as em micropartículas que são facilmente excretadas do organismo pela urina, fezes e suor.

Dependendo do caso, as aplicações podem ser feitas uma ou duas vezes por semana. E assim como o número de procedimentos, o local também pode variar: diretamente na gordura localizada ou intramuscular, que age de forma mais abrangente. Andreia Leitão, fisioterapeuta especializada em emagrecimento através de aplicação de enzimas, diz que os tratamentos atuais estão bem diferentes do que eram feitos há alguns anos. "Com a aplicação da enzima correta, o organismo começa a excretar a gordura degradada a partir da primeira aplicação, fazendo então que o metabolismo também trabalhe para isso
Os tipos de enzimas
Entre as substâncias utilizadas pela especialista estão a Thermoyalo, "uma enzima americana, que tem por objetivo eliminar gordura de uma forma geral". A Lipoayslim é à base de extrato de manga africana e possui várias propriedades farmacológicas. "Além de eliminar gordura, também é indicada para o controle da dislipidemia, isto é, gordura no sangue. Além disso, reduz o colesterol LDL e triglicerídeos, melhora os níveis de colesterol HDL e diminui também os níveis de glicose sanguíneos", explica.

Outro tipo é a Lipoderme, recomendada para quem precisa perder somente gordura localizada. "Essa é uma enzima que tem na fórmula uma associação de lipossomos concentrados com ação termogênica potencializada, catalisadora de lipídios", diz Andreia.

O médico Jorge Stefano recomenda a intradermoterapia não apenas para quem deseja benefícios estéticos, como redução de gordura e celulite, mas também para pessoas com diabetes, hipertensão e problemas cardíacos que precisam perder peso."É importante salientar que qualidade de vida está ligada a bons hábitos e exercícios físicos", diz.

Para potencializar o tratamento, o médico indica a reeducação alimentar. "Desenvolvi um cardápio que recomendo aos meus clientes, oferecendo uma coletânea de pratos deliciosos para uma dieta clássica e equilibrada, porém, saborosa e nutritiva", destaca. Já Andreia Leitão diz que, apesar das aplicações atuarem sozinhas, é interessante, além da dieta, fazer massagem drenante, específica para a quebra de gordura.

Contra-indicações
As contra-indicações ao tratamento devem ser avaliadas individualmente. "A thermoyalo, por exemplo, não é recomendada para quem tem alergia à carne de porco e frutos do mar", ressalta a fisioterapeuta. E, apesar dos bons resultados, dr. Jorge Stefano lembra: "deve-se ter em mente que a intradermoterapia é um processo invasivo. O tratamento com aplicações de produtos inadequados podem trazer transtornos, como lesões graves e até mesmo necrose do tecido celular".
------------------------------


Dietas e Dieta

Tudo Sobre Emagrecer Emagrecedor.info