Dietas e Dieta

------------------------

dieta para enmagrecer.

Detox: a dieta para emagrecer com saúde
DIETA DETOX

Essa dieta consiste em desintoxicar o organismo com alimentos leves e de alto teor nutricional. É uma ótima opção para quem quer emagrecer com saúde ou para quem quer desitoxicar o organismo, pricipalmente depois de ter exagerado na igestão de frituras, álcool, por exemplo.

Em participação no Programa Eliana, Dr. Filippo passou receitas de bebidas que possuem esse conceito para que você possa fazer em casa, graças à combinação de ingredientes.

SMOOTHIE DESINTOXICANTE

Ingredientes
1 maçã, sem o núcleo, sem casca e cortada
½ xícara de água filtrada
½ xícara de gelo
1 limão sem casca
1 cm de gengibre descascado e cortado
Modo de Fazer
Bata todos os ingredientes no processador e beba imediatamente

------------------------

ÁGUA DE COCO AROMATIZADA.

ÁGUA DE COCO AROMATIZADA

Ingredientes
50 g de uva verde (um cacho peq)
1 carambola
50g de abacaxi
1 limão fatiado
1 ramo de hortelã
250 ml de agua de coco
Gelo a vontade
Modo de Fazer
Pique o abacaxi e corte a carambola formando estrelas. Corte o limão em fatias bem fininhas. Coloque as frutas em uma jarra, acrescente o gelo e adicione a água de coco.

SUCO DE PÓLEN

Ingredientes
3 laranjas
1 figo
5 g de pólen
Modo de Fazer
Descasque o figo e bata no liquidificador com o suco de laranja e o pólen.
-------------------------

Qual a melhor dieta para emagrecer?

Qual a melhor dieta para emagrecer?
A grande maioria das pessoas com sobrepeso e obesidade queixa-se que engorda com muita facilidade, mesmo comendo pouco. Inúmeros estudos clínicos investigam esta questão e apresentam resultados contraditórios.
O que se acredita hoje, é que alguns indivíduos engordam por comerem demais; outros porque têm um metabolismo muito "lento", que gasta pouca energia e favorece o armazenamento de gordura; e outros que, além de comerem demais têm um metabolismo lento.
Entre os que apresentam esta tendência a engordar, uma pequena minoria apresenta uma doença hormonal (mau funcionamento da tireoide, por exemplo) que pode estar implicada como causadora do problema. A maior parte das pessoas engorda por uma característica do seu metabolismo que os predispõe a isso.
Algumas pessoas mesmo comendo pouco referem dificuldade em manter o peso e emagrecer. Nestes casos normalmente o que acontece é um erro ao escolher os produtos a serem consumidos. Optar por produtos com alta densidade calórica, mesmo em pequenas quantidades, favorece o ganho de peso.
A dieta ideal para o emagrecimento é aquela que atende o corpo com um todo. Ela deve ser nutricionalmente completa e equilibrada em calorias. Estas exigências diferenciam-se conforme o sexo e a faixa etária das pessoas. O auxílio de um nutricionista é indicado para adequar o consumo alimentar e propor mudanças de atitudes que buscam a Reeducação Alimentar, atitude que segundo especialistas é o caminho mais saudável para a redução e manutenção do peso corporal.
Radicalizar restringindo absurdamente o consume calórico é um péssimo caminho pois, como defesa, o corpo tende a reduzir o gasto energético e isso e torna-se um freio para os resultados esperados frente à balança.
A fim de mantermos uma alimentação saudável, segundo recomendação do American College of Sports Medicine (ACSM) e da American Dietetic Association (ADA) a ingestão de calorias não deve ser inferior a 1200Kcal/dia para adultos saudáveis.
Consumir 1200Kcal/dia pode ser prazeroso e de fácil adaptação para muitas pessoas, bastando apenas que a estrutura do cardápio seja atrativa. Veja uma sugestão de cardápio com 1200 calorias:
Desjejum:
1 xícara de café com leite desnatado + adoçante artificial.
1 fatia de pão integral com margarina light ou geleia diet.
2 fatias pequenas de queijo branco (frescal magro).
Lanche da manhã
1 fatia de mamão.
Almoço
Salada verde (folhosos) à vontade.
4 colheres (sopa) legumes cozidos.
2 colheres (sopa) de arroz branco ou integral.
1 concha (pequena) de feijão.
1 filé de frango grelhado (150g).
½ taça pequena de salada de frutas.
Lanche da tarde
1 copo de iogurte natural desnatado ou de frutas.
3 colheres (sopa) de cereal sem açúcar.
Jantar
Salada verde (folhosos) à vontade.
Sanduíche: 2 fatias de pão light + 2 fatias de peito de peru + 1 fatia de ricota + 3 fatias de tomate + cenoura ralada.

-------------------------

Emagrecer' divide dieta para evitar efeito sanfona.

Emagrecer' divide dieta para evitar efeito sanfona
Perder alguns quilos é tão difícil quanto mantê-los longe do novo corpinho. Emagrecer e engordar constantemente --efeito sanfona ou efeito ioiô-- é um inimigo da vaidade e da saúde, pois pode provocar problemas renais.

Evitar que a dieta vá por água abaixo é o principal desafio para quem optou por um regime muito restritivo. "Quando o organismo acaba de perder um bom número de quilos, sob pressão de uma dieta eficaz, muitas reações aparecem para concorrer com ela e fazê-lo voltar ao peso inicial", conta Pierre Dukan no livro "Eu Não Consigo Emagrecer".

Para evitar esse efeito, Dukan, médico especialista em nutrição e reeducação alimentar, divide o seu método em quatro partes complementares. "O simples passar do tempo, sem desleixo excessivo, fará com que seu organismo reativo, conservador e em alerta se acalme", diz o autor.
a dieta mais popular da França. O autor propõe um plano de emagrecimento saudável e duradouro. Abaixo, leia como são as fases propostas no volume.

A fase de ataque: Uma fase de ataque, com a "dieta das proteínas puras", que permite um iniciação extremamente eficaz, praticamente tão rápida tão rápida quanto a do jejum ou a da dieta das proteínas em pó, mas sem os seus inconvenientes.

A fase de cruzeiro: Um período de cruzeiro conduzido com a "dieta de alternância de proteínas", um revezamento de dias de proteínas e dias de proteínas + legumes, o que permite atingir, de uma vez por todas e sem pausas, o peso desejado.

A fase de consolidação: Uma dieta de consolidação do peso obtido, destinada a evitar o efeito sanfona, que faz com que, depois do emagrecimento rápido, o corpo tenha tendência a ganhar de volta, com extrema facilidade, o peso perdido. Período de alta vulnerabilidade, sua duração é precisamente dez dias para cada quilo perdido.

A fase de estabilização definitiva: Enfim - e principalmente -, uma estabilização definitiva, com base em três medidas de segurança simples, pouco penosas e indispensáveis à conservação do peso perdido: um dia fixo por semana da dieta de ataque, a ser seguida a cada quinta-feira para o resto da vida, o abandono elevadores e três colheres de farelo de trigo, constituindo três palavras de ordem, certamente estritas e não negociáveis, mas suficiente pontuais e eficazes para serem aceitas por uma duração tão longa.

---------------------------

Como emagrecer 10 quilos com a dieta da proteína.

Como emagrecer 10 quilos com a dieta da proteína
Muito se tem falado sobre a dieta da proteína, também conhecida como dieta Dukan, popular entre celebridades americanas como Jennifer Lopez. A dieta da proteina nada mais é do que uma dieta rica em proteínas e baixa ingestão de carboidratos. Com esta dieta, voce pode perder ate 10 kilos! Mas o que comer durante a dieta da proteina? Muito peixe, frango, presunto e ovo, e adeus ao pãozinho francês, a macarronada, os biscoitos e doces. Mas vai ajudar a emagrecer e a perder peso! Muitas verduras e legumes (na 2a fase), muita agua, e nada de café com açúcar ou aquela fatia de bolo no chá da tarde. Esqueça!
Mas perder peso e emagrecer requer sacrificio. Como toda dieta, você precisa ser persistente, ter forca de vontade e seguir as regras da dieta, sem cair nas tentações. Não adianta simplesmente desejar emagrecer e perder peso, é preciso esforço para ganhar um corpo bonito. Sentada no sofá, em frente a TV, com aquele pote de sorvete ou pacote de Doritos você não vai perder aqueles 5 kilos que tanto deseja! Então pare de adiar, tome coragem e comece a perder as gordurinhas indesejadas!

Muitas pessoas afirmam terem perdido de 4 a 7 kilos em uma semana com a dieta da proteina, porem tenha em mente que as pessoas tem metabolismos e estilos de vida diferentes (stress também influencia no ganho/perda de peso, sabia?).

A dieta da proteina é dividida em quatro fases. Confira abaixo:
1) Fase do Ataque: é praticamente um tratamento de choque, onde somente proteínas estão liberadas. Pode durar de uma a duas semanas, depende de você. E agua. Muita agua. É recomendado comer uma colher de sopa de aveia por dia (pode misturar com um pouco de leite), para ajudar com o intestino.
2) Fase da Transição: aqui entram as verduras e legumes em dias alternados. Um dia somente proteínas (como na fase 1), no outro inclua legumes e verduras. Mas lembre-se que batata, mandioca, e afins estão proibidos, pois contem muito carboidrato. Não se esqueça de continuar bebendo muita agua, pois ela ajuda a eliminar as toxinas.
3) Fase da Consolidação: essa fase começa quando você já perdeu os quilos que desejava, e a duração dela é calculada com base no peso perdido nas fases anteriores. Esta fase vai durar 10 dias para cada quilo que você perdeu. Por exemplo, perdeu 5 quilos? A fase vai durar 50 dias. Perdeu 7 quilos? Serão 70 dias. Nesta fase você pode (e deve!) comer legumes e verduras todos os dias junto com a proteínas, e introduzir ao cardápio frutas e pães integrais (mas com moderação).
4) Fase da Estabilização: chega de proibição! A partir daqui, é seguir com uma reeducação alimentar que deve durar para o resto da vida.

------------------------------

Pontos positivos da dieta da proteína:

Pontos positivos da dieta da proteína:
- Por ser rica em proteínas, não é uma dieta onde você vai passar fome. Bateu aquela fome no fim da tarde? Coma um enroladinho com uma fatia de queijo e uma de presunto!
Pontos negativos e a serem observados:
- Por ser uma dieta muito restritiva (a ingestão de qualquer tipo de carboidrato é totalmente proibida), muitas pessoas sentem dificuldade em manter-se na dieta. - Exercícios físicos que demandem muito esforço não são recomendados, pois o corpo não esta recebendo carboidratos, e você não terá muita energia para os mesmos. Mas a caminhada diária de baixo impacto é extremamente recomendada.
- Bebidas alcoólicas estão totalmente proibidas durante a dieta. Nada daquela cervejinha no final de semana ou daquela taca de vinho enquanto cozinha!
O que pode comer durante a dieta da proteína?
Alimentos permitidos durante a dieta da proteína: Abobrinha, Acelga, Agrião, Água (com ou sem gás), Água Natural, Alface, Aspargos, Atum, Azeite, Azeitona, Bacalhau, Bacon, Berinjela, Brócolis, Café, Camarão, Carnes em geral, Caviar, Cebola, Chá de ervas, Chicória, Chuchu, Cogumelo, Couve, Couve-flor, Espinafre, Frango, Gelatina Diet, Jiló, Lagosta, Limão, Linguiça, Manteiga, Margarina, Mexilhões, Nabo, Omelete, Ostra, Ovos (fritos, cozidos, mexidos, omeletes), Peixes e frutos do mar em geral, Pepino, Pimenta, Pimentão, Presunto, Queijos, Quiabo, Rabanete, Repolho, Refrigerantes Light, Sal, Salada verde, Salaminho, Salsa, Sashimi, Sopa de legumes, Tomate.
O que NAO pode comer durante a dieta da proteína?
Alimentos que não são permitidos durante a dieta da proteína: Abóbora, Açúcar, Adoçantes com Frutose, Adoçantes com Lactose, Almôndegas, Amendoim, Amidos, Arroz, Balas, Banana, Batata, Beterraba, Biscoitos, Bolachas, Bolos, Caju, Cará, Carboidratos, Catchup, Catupiry, Cereais, Chicletes, Doces, Ervilha, Farinha, Feijão, Figos, Frutas, Frutas Secas, Gelatina, Geleia, Leite, Leite Desnatado, Macarrão, Mandioca, Massas em Geral, Mel, Milho, Mortadela, Panquecas, Pão, Passas, Petiscos, Pomodoro, Salsicha, Soja, Sorvetes, Suco de Frutas, Tâmaras, Trigo, Iogurte.
E você, já fez a dieta alguma vez? Divida sua experiência, conte como foi! Trocar experiências sempre é valido e sua experiência pode servir de apoio para quem esta pensando em desistir antes mesmo de começar!
Invista na sua saude. Emagrecer com ajuda fica sempre mais fácil!!

------------------------

Dieta da Meta Real.

Dieta da Meta Real
O meta real é um método de aprendizado alimentar que discute questões de comportamento que envolvem comida, fome e o ato de comer em palestras semanais, tendo sempre como foco o emagrecimento. "O ponto central é ensinar a distinguir a fome física, que é provocada por uma necessidade orgânica real pelo alimento, da psicológica, aquela que faz a gente assaltar a geladeira porque está infeliz", resume Roseli Masi, coordenadora geral do Meta Real, de São Paulo.

Esse programa alimentar é um guia (literalmente, com sugestões de consumo), no qual a pessoa escolhe os alimentos que deseja, compondo uma refeição balanceada e equilibrada. Em cada aula se discutem informações sobre alimentação, comportamento e atitude, apontando maneiras de mudar seus conceitos sobre alimentação e sobre si mesmo.

Como é feita
Na primeira reunião cada pessoa recebe um disco com os principais grupos alimentares (construtores, energéticos e reguladores), subdividido em seis cores para facilitar as escolhas de forma adequada. Não existe nenhum alimento proibido, há 42 opções de cada grupo de alimentos. "É permitido pizza, sorvete, tapioca, camarão. E ainda é possível pegar mais de um alimento de um grupo alimentar, desde que se respeite a quantidade das porções, também mencionadas no disco", exemplifica Masi.

"Esse programa é uma ferramenta equilibrada para a perda de peso, pois trabalha a educação nutricional sem excluir grupos de alimentos importantes", destaca a nutricionista Cynthia Antonaccio, de São Paulo. "Outra vantagem é contextualizar a vida social, problema real quando se faz uma dieta. E claro, o fato de estabelecer limites para a quantidade de alimentos também é uma técnica que funciona", complementa a especialista.

Paralelamente, cada um aprende a reconhecer os sinais do corpo, como a fome física e a saciedade, sinal de satisfação que se manifesta 20 minutos após o início da ingestão. A recomendação é fazer três refeições por dia (café da manhã, almoço e jantar), mastigando de 15 a 25 vezes cada porção ou até virar papinha, durante 20 minutos, tempo necessário para se atingir a saciedade.

O intervalo digestivo entre as refeições, balanceadas e completas, deve ser de 5 a 6 horas e há também a opção de uma quarta refeição. "Nesse caso, a pessoa escolhe apenas um item de um dos grupos alimentares, e deve esperar um intervalo digestivo de 2 horas e meia ou 3 horas. Essa refeição é opcional e vai depender da rotina da pessoa, para que não fique muitas horas sem comer", esclarece a coordenadora.

Por dia, as mulheres consomem em média 1.200 calorias; os homens, 1600, e as crianças, 1700. Isso durante o primeiro mês. Após esse período, será feita uma avaliação junto ao orientador e se a pessoa estiver reeducada, o que significa saber reconhecer o sinal da fome física, mastigar bem e respeitar a saciedade, poderá ter a liberdade de comer o que quiser, mantendo o balanceamento das refeições e a disciplina de como comer, ou seja, não fica mais dependente de uma dieta.

Promessa
A média de emagrecimento é de 4 a 6 kg por mês.
------------------------------


Dietas e Dieta

Tudo Sobre Emagrecer Emagrecedor.info