Dietas e Dieta

------------------------

Dieta da proteina.

A nova dieta da proteína enxuga 7 quilos em 14 dias

Há uma nova luz no fim do túnel para as mulheres que querem enxugar gordura e não conseguiram ter sucesso com nenhum programa de emagrecimento cheu a dieta da proteína.

Após anos estudando todas as variações das dieta da proteína, o expert em obesidade George L. Blackburn, da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, deu seu aval a uma releitura desse método, que se utiliza, basicamente, de suplementos de proteínas não produzidas pelo organismo e, portanto, tidas como essenciais.

Por aqui, o programa de dieta da proteína alimentar americano foi adaptado pela médica homeopata Márcia Jablonka Kelman e pela nutricionista Letícia Okamoto, ambas da clínica Biodiet, em São Paulo. Nosso plano, batizado de dieta das proteínas de alto valor biológico, atende aos hábitos alimentares da brasileira, conta Letícia.

Carboidratos da dieta da proteína, proibidos na maioria das dietas proteicas, são nosso principal combustível. Sem eles, o organismo entra em processo de cetose, isto é, consome os estoques de gordura para gerar energia.

Daí o emagrecimento da dieta da proteína. O problema é que esse tipo de programa provoca desânimo,tontura e até lapsos de memória. Bem menos radical do que a original, criada pelo dr. Atkins, a dieta das proteínas de alto valor biológico reduz a ingestão de carboidratos, em vez de aboli-los pura e simplesmente, assim como limita o consumo de gorduras, no lugar do passe livre.

E - eis o ponto principal da dieta da proteína- privilegia as proteínas das carnes, do ovo (sobretudo a clara), leite e derivados e, especialmente, do whey protein - suplemento extraído do soro do leite, que oferece uma proteína de alto valor biológico, ou seja, de fácil absorção.

Um dos motivos dessa dieta da proteína apostar na proteína é o efeito termogênico, que faz acelerar o metabolismo. É que o nosso organismo tem uma dificuldade 30% maior de digerir proteínas do que processar gorduras e carboidratos. E isso acelera a queima das gordurinhas estocadas.

Elas ainda prolongam a sensação de saciedade, dão firmeza à pele, contribuem para a manutenção da massa magra (ou aumento de músculos, se você fizer exercício com peso). Conclusão: mais do que torrar um montão de calorias, as proteínas evitam o efeito platô, em que a perda de peso estaciona depois de um tempo. Mas a dose deve ser controlada.

A nova dieta da proteína concentra as proteínas numa quantidade que não sobrecarrega os rins e não provoca efeitos colaterais, como queda de cabelo, anemia e desmaios, entre outros. E é benéfica sobretudo para as pessoas que não respondem aos programas de emagrecimento hipocalóricos..

Reforçando a dieta da proteína: as proteínas devem ser magras! É por isso que você vai encontrar o whey protein várias vezes no cardápio.

Esse suplemento tem menos gordura que a carne vermelha e o frango, diz Letícia. Mas que fique claro: carnes em geral são bem vindas na dieta da proteína, pois estão lotadas das proteínas amigas do corpo enxuto. Porém, mesmo os cortes magros carregam gordura saturada.

Ao privilegiar o consumo de whey protein, você afasta esse ingrediente, que é nocivo sobretudo para o coração.

------------------------

A dieta da proteína Dieta de fases.

A dieta das proteínas de alto valor biológico é dividida em três fases. A mais decisiva é a primeira: dura 14 dias e tem apenas 1000 calorias, mas derrete até 50% do peso que está em excesso. Se você tem 1,60 metro de altura e pesa 70 quilos, pode eliminar até 7 logo no início.

Mas é importante fazer exercício moderadoduante a dieta da proteína especialmente nos três primeiros dias, quando o organismo pode se ressentir da falta de carboidrato) e regularmente para chegar nesse resultado. Você precisa emagrecer menos: de 3 a 4 quilos? Faça a primeira fase só até atingir essa meta.

A fase 2 da dieta da proteína , seguida por cinco semanas e menos restritiva (começa com 1100 calorias e termina com 1500), vale por uma reeducação alimentar. Alguns itens antes proibidos voltam ao cardápio, mas só é liberado um tipo por semana. O ideal é priorizar verduras, legumes, castanhas, carnes e leite magros - alimentos com baixo e médio índice glicêmico.

Quando esse índice é alto, o açúcar sobe rapidamente na corrente sanguínea, o que resulta no aumento da insulina. Em grande quantidade, esse hormônio faz o corpo estocar gordura.

Na fase 3 da dieta da proteína, todos as alimentos são liberados, desde que consumidos com controle. Lembre-se: o sucesso depende de você ser fiel aos princípios da dieta. Quanto mais tempo conseguir domar a balança, mais fácil será manter o ponteiro no lugar certo.
-------------------------

Opinião sobre a dieta da proteína e mais 14 dias.

O inicio da dieta da proteína pra mim foi meio que um (paraíso) já que poderia comer coisas que naturalmente eu gosto, e em quantidade razoável já que a dieta não é uma dieta quantitativa e sim restritiva, carne vermelha, bacon, ovos…nossa realmente é isso que eu tenho que comer?

me peguei pensando nisso várias vezes, bom mas isso foi o inicio os 3 ou 4 primeiros dias foram fáceis, mas depois a coisa começa a complicar, mas porque?

bom…complica porque é complicado comer sempre as mesmas coisas, o cardápio da dieta não muda muito porque as opções são limitadíssimas, e você acaba enjoado de comer sempre as mesmas coisas, sem falar nos efeitos colaterais que a dieta trás, muita sonolência, mal hálito, prisão de ventre, etc…

pratiquei a dieta da proteína durante 15 dias consecutivos, comendo zero ou quase zero de carboidratos, não fiz nenhum exercício físico, tomei refrigerante zero e comi muito mais calorias do que de costume, não sei ao certo quantas por dia mas foi bastante, geralmente carnes vermelhas.

Os resultados foram piores do que eu queria com essa dieta da proteína, e melhores do que eu esperava, sinceramente não levava fé em uma dieta da proteína rica em gordura saturada e coisas que supostamente só fazem mal para o corpo.

Mas mesmo sem exercícios, e comendo muito acima das calorias que costumo comer na R.A o resultado foi positivo, o que me leva a crer que se fizermos a dieta certinha, fazendo exercícios, e nos alimentando com uma quantidade mais baixa de calorias, e não abusando das gorduras saturadas pode ser sim uma grande ajuda para perder aqueles últimos quilos que estão incomodando.

-------------------------

Dietas da proteínas podem fazer mal à saúde.

Médicos destacam que variar os alimentos é essencial para o organismo.
Prato no almoço e jantar deve ter carboidrato, proteína, verdura e legume.

Restringir a alimentação a carboidratos ou proteínas pode ser um problema.

A opção por um e exclusão do outro pode causar danos à saúde e o preço pode aparecer a longo prazo.

Segundo o endocrinologista Alfredo Halpern e a nutricionista Mônica Beyruti, todos os elementos da alimentação são fundamentais para o organismo e cada um deles funciona para algo diferente no corpo humano.

Em uma dieta diária de 2 mil calorias, recomenda-se que sejam 50% de carboidratos mil calorias, 35% de gorduras 700 calorias e 15% de proteínas 300 calorias.

O Ministério da Saúde indica que sejam consumidas diariamente seis porções de cereais, raízes, batata e massas, três de frutas e sucos, três de leites e derivados, três de legumes e verduras, uma de feijão e sementes, uma de açúcar e doces, uma de carne e ovos e uma de óleo e gordura.

---------------------------

Dieta da Proteína: Alimentos Permitidos e Cardápio.

A Dieta da Proteína tornou-se conhecida mundialmente como dieta Atkins (nome do médico que inventou a dieta), Robert Atkins foi o médico cardiologista que desenvolveu o método e os princípios da Dieta das Proteínas.

A Dieta da Proteína já teve sua eficácia contestada por muitos especialistas, mas o fato é que a dieta da proteína realmente continua sendo popular e muitas pessoas garantem ter se beneficiado desta dieta.

O Conceito da Dieta da Proteína vai contra todo tipo de dieta existente, quando todas as outras dietas desencorajam o consumo de carnes e gorduras em geral a dieta da proteína se baseia na alta ingestão de proteínas e gorduras em geral.

Como a Dieta da Proteína Funciona

O carboidrato é a maior fonte de combustível em nosso organismo, ao suprimir a ingestão de carboidrato forçamos nosso organismo a utilizar outra fonte de combustível, na falta do carboidrato nosso organismo passa a queimar os estoques de gordura convertendo a gordura em energia. Este tipo de dieta é denominado como Dieta Cetogênica ou Lipolítica.

Alimentos Permitidos na Dieta da Proteína
Carnes: Bife, Porco, Carneiro e Bacon.
Peixes: Atum, Salmão, Linguado,Truta,Solha.
Aves: Frango, Peru, Pato, Ganso.
Crustáceos: Ostras, Mexilhão,Camarão, Mariscos, Lagosta.
Ovos: Ovos de todos os tipos.
Queijos: Todos os queijos curados e frescos, de leite de cabra ou vaca. Evite queijos de dieta, pastosos ou feitos de soro de leite e todos os produtos que imitam queijo.
Verduras Para Salada:

Alface, Alface romana, Escarola, Rúcula, Endívia, Radicchio, Chicória, Azedinha, Mache, Bokchoy, Cebolinha, Salsa, Pepino, Rabanete, Funcho, Pimentas, Ervas para salada, endro tomilho, manjericão, coentro, alecrim, orégano, jicama, Posse Pied, Brotos de alfafa, Cogumelos, Erva-moura, Azeitonas.

Aspargo, Ruibarbo, Brotos de feijão, Feijão-verde, Cebolinha verde, Castanha-d'água, Repolho, Folhas de beterraba, Couve- flor, Acelga, Berinjela, Couve, Couve-rábano, Tomate, Cebola, Alho-poró, Espinafre, Abóbora, Abobrinha, Quiabo, Abóbora-moranga, Nabo, Abacate, Broto de bambu, Vagem de ervilha de neve, Chucrute, Couve, Folhas de dente-de-leão, Christophene, Brócolis, Abóbora-espaguete e Raiz de aipo.

------------------------------

Cardápio da Dieta da Proteína.

Perfeita para quem tem sempre aquela fome fora de hora e acaba beliscando muito, a Dieta da Proteína elimina a fome constante e reduz drasticamente os carboidratos, deixando apenas complexos de frutas e verduras.

Carnes e alguns tipos de gordura estão liberadas, mas é importante manter o controle para não ter problemas com colesterol alto ou doenças cardíacas.
Mas afinal, como funciona a Dieta da Proteína? Todo mundo pode fazer a Dieta da Proteína com segurança?

Regime da Proteína
A ideia da dieta da proteína é bem simples: diminuir o consumo de carboidratos para o mínimo possível, substituindo-os por proteínas. Sem carboidratos como fonte de energia, a glicose circulante no corpo diminui. Isso faz com que o organismo, que precisa dessa glicose como combustível das células, comece a gastar as reservas de gordura para assim produzir a energia de que necessita. Dessa forma, a perda de peso é rápida.

regime da proteína deve durar no máximo 30 dias e deve ser dividido em duas quinzenas com espaço de 3 dias entre elas. Você poderá repetir a dieta posteriormente, mas sempre obedeça um espaço de tempo de, pelo menos, uma semana.

Assim seu corpo se recupera e você pode continuar com segurança.
Essa dieta não é indicada para quem pratica exercícios físicos, pois para essas pessoas os carboidratos são fundamentais. Quem tem algum problema de saúde deve consultar seu médico antes de iniciar a dieta para que o organismo não seja prejudicado.

Alimente-se constantemente sempre que sentir fome e abuse dos líquidos, beba bastante água e sucos.
Alimentos Permitidos na Dieta da Proteína
Saiba quais são os alimentos permitidos e recomendados na Dieta da Proteína. Ah, e abuse da berinjela, pois ela ajuda a controlar os níveis do colesterol no organismo.
Abobrinha verde
Acelga
Agrião
Água com gás
Água Natural
Água
Tônica Diet
Alface
Aspargos
Atum
Aves
Azeite
Azeitona com tempero
Bacalhau
Bacon
Berinjela
Brócolis
Café
Camarão
Caranguejo
Carne em geral
Caviar
Cebola como tempero
Cenoura (1 por dia)
Chá (cidreira, mate,etc...)
Chicória
ChuchuCoca Light
Cogumelo
Couve
Couve-flor
Espinafre
Frango
Gelatina Diet (Doce-Menor, Adocyl)
Geléia Diet de morango (Adocyl e Doce-Menor)
Gin
Guaraná diet
Jiló
Lagosta
Limão
Lingüiça
Manteiga
Margarina
Mexilhões
Nabo
Omelete
Ostra
Ovos (fritos, cozidos, mexidos)
Pão diet
Peixe
Pepino
Pepsi Light
Pimenta
Pimentão
Presunto
Queijos industrializados
Quiabo
Rabanete
Repolho
Sal
Salada verde
Salaminho
Salpicão (maionese caseira, salada, pimentão)
Salsa
Sashimi
Soda Diet
Sopa de legumes
Suco light (Maçã verde, Pomelo Rosa, TEA Maça)
Sukiaki sem macarrão
Tomate (até 3 por dia)
Trident
Vagem
------------------------

Cardápio da Dieta da Proteina.

Veja abaixo uma sugestão de cardápio da dieta da proteína.
CAFÉ DA MANHÃ:

Ovos Mexidos, Ovos com Bacon ou Ovos Cozidos
Omelete Simples ou com Queijo e Presunto
Chá Gelado
Café ou Chá Mate
Suco Clight ou Chá Clight - Pão Diet (após 15 dias)
Margarina ou Manteiga
Presunto
Queijo
Salaminho
ALMOÇO:

Salada em Geral
Salpicão (Maionese caseira, salada, pimentão, frango, ovos cozidos, cenoura, chuchu, vagem e tomate)
Carne de Vaca, Porco, Frango (caso haja molho, somente com tomates caseiros)
Peixe, Camarão, Atum, Lagosta, Caranguejo ou Mexilhões
Lingüiça
Ovos Mexidos, Ovos com Bacon ou Ovos Cozidos
Omelete Simples ou com Queijo e Presunto
Refrigerante Diet ou Suco Clight
SOBREMESA:

Gelatina Diet
Geléia Diet de Morango (Adocyl e Doce-Menor)
LANCHE DA TARDE:

Chá Gelado ou Quente
Café
Queijo
Salame
JANTAR:
Dê preferência a alimentos leves.
------------------------------


Dietas e Dieta

Tudo Sobre Emagrecer Emagrecedor.info