Dietas

O cardápio da Dieta é rico em proteína extra, por isso, evita a perda de músculos.

Essenciais para manter o corpo durinho!

A solução para um corpo firme passa obrigatoriamente pelos Dieta dos alimentos que você coloca no prato.

N a Dieta a proteína (aliada da massa muscular) não pode ser deixada de lado. Ao contrário: neste cardápio, corresponde entre 20% e 30% das calorias que você pode consumir no dia.

Também há equilíbrio na proporção em que ela entra no café da manhã, almoço e jantar. Afinal, os estudos mostram que só os primeiros 30 gramas de protéina ingeridos numa Dieta constroem músculos.

O restante pode ser estocado na forma de gordura.

Também da Equilibrium, direcionou parte da proteína para os lanches – assim fica mais fácil você amansar a fome e seguir a Dieta. Outra medida importante: combinar no prato duas fontes do nutriente pró-músculos.

Carne e grão-de-bico, por exemplo. A digestão da proteína desses alimentos na Dietaacontece em momentos diferentes. Com isso, o organismo tem mais chance de aproveitá-la para o aumento da massa muscular, diz Beatriz.

Prepare-se também para consumirem sua Dieta bebidas à base de soja e whey protein proteína isolada do soro do leite. Assim, você emagrece fácil e sem ficar flácida!

Menos gordura e mais músculos ao fazer Dieta.

Para montar a Dieta do dia, combine as opções das refeições como preferir. Se quiser, repita as sugestões de que você mais gostou nos outros dias:

Dieta Café da manhã.

Dieta Opção 1: 1 pote de iogurte desnatado com 5 morangos picados e 1 col. (sopa) de quinua em flocos (adoçante opcional) + 1 torrada integral com 1/2 col. (sopa) de queijo cottage light (ou creme de ricota light)

Dieta Opção 2: Vitamina de fruta: 1 copo (200 ml) de leite de soja batido com 1 fruta (maçã, pera ou maracujá) e 1 col. (sopa) de aveia (ou quinua em flocos) + 1 fatia de pão integral light com 1 fatia de ricota e 1 fio de azeite

Dieta Opção 3: 1 fatia de pão integral light com 2 fatias de peito de peru light e 1 fio de azeite + 1 copo de iogurte desnatado com 1 fatia de papaia (ou 1/2 banana) picada

Dieta Opção 4: 2 torradas integrais light com 1 ovo mexido + 1 copo (200 ml) de leite de soja light batido com 1 fatia de melão

Dieta Opção 5: 2 fatias de pão integral light com 1/2 col. (sopa) de creme de ricota light (ou 1/2 col./sopa de queijo cottage light) + 1/2 pote de iogurte desnatado batido com 1/2 copo (100 ml) de leite de soja light e 1 fatia de papaia

Dieta do Chá e café à vontade (adoçante opcional).

Lanche da manhã

Dieta Opção 1: 1 fruta (pera, pêssego, maçã, mexerica) + 1 castanha-do-pará

Dieta Opção 2: 1 caixinha de suco à base de soja + 1 barrinha de cereais integrais light

Dieta Opção 3: 1 caixinha de suco de fruta light + 3 amêndoas cruas sem sal

Dieta Opção 4: 1 bananinha sem açúcar + 2 nozes

Dieta Opção 5: 2 cookies integrais + 2 damascos secos

Dieta para conquistar uma barriga sequinha

Café da manhã (2 blocos) 

Dieta Opção 1: 1 xíc. (chá) de café com leite desnatado e adoçante + 1 fatia de pão integral light com + 2 col. (sopa) de cottage e 1 ovo mexido temperado com + 1 col. (chá) de azeite, sal e orégano 

Dieta Opção 2: 1 xíc. (chá) de café com leite desnatado e adoçante + 1 pão francês sem miolo com + 2 col. (chá) de requeijão light + 2 fatias de peito de peru light 

Dieta Opção 3: 1 maçã batida com 1 copo (300 ml) de água + 2 col. (sopa) de proteína em pó (tipo Whey Protein) + 6 amêndoas 

Dieta Opção 4: 1 xíc. de chá de ervas (camomila, cidreira) + 1 maçã pequena + 1 pão sírio pequeno + 2 col. (chá) de requeijão light + 4 fatias de peito de peru light 

Dieta Opção 5: 1 copo de laranjada (1 laranja com água) + omelete com 2 ovos temperados com orégano + 2 col. (chá) de azeite 

Dieta Opção 6: 1 xíc. (chá) de café com leite desnatado e adoçante + 1 torrada grande com 4 col. (chá) de cream cheese light + 2 fatias de presunto magro 

Dieta Opção 7: 1 xíc. de chá de ervas + 2 fatias de pão integral ligh

Dieta e Erros cometidos pelas mulheres

1. Eliminar ou restringir carboidratos: Os carboidratos são a forma preferida de energia pelo corpo, pois eles podem ser convertidos rapidamente em glicose. Pequenas refeições que incluam proteínas e carboidratos vão diminuir a velocidade com que seu corpo absorve os carboidratos, e resultará em energia mais duradoura.

2. Restrição de calorias: Embora seja necessário diminuir as calorias para perder peso, não é bom reduzir o seu consumo de comida tanto que seu corpo passe fome. Isso diminui o seu metabolismo e dificulta a perda de peso. Para perder aproximadamente meio quilo por semana, você só precisa reduzir o seu consumo calórico em 500 calorias por dia, ou queimar 250 calorias e ingerir 250 calorias a menos que o normal.

3. Comer pouco durante o dia: O modo mais seguro e eficaz de melhorar o seu metabolismo e perder peso é comer cinco ou seis refeições pequenas a cada duas ou três horas.

4. Depender de remédios para perder peso: Mulheres costumam buscar a gratificação imediata, e são levadas a consumir produtos que prometem perda de peso rápida. O problema é que as pílulas não substituem uma dieta saudável e exercícios, além de serem prejudiciais ao corpo.

5. Não contar as calorias: Como é possível saber se está comendo muito ou pouco se você não acompanha o que come? Calcule suas necessidades diárias baseadas nos seus objetivos para saber se você está consumindo muito ou muito pouco.

6. Dormir pouco: Estudos recentes mostram que não dormir pode aumentar a fome e afetar o metabolismo, de modo que a perda de peso se torna cada vez mais difícil.

7. Se exercitar pouco: O jeito mais saudável de perder peso é com uma combinação de dieta e exercícios. É recomendado que adultos se exercitem, por semana, durante duas horas e meia (no caso de exercícios de intensidade moderada) ou por uma hora e quinze minutos (no caso de atividades mais intensas).

8. Comer as coisas erradas: Pare com os doces, lanchinhos gordurosos e comidas fritas, e vá cozinhar. Procure receitas saudáveis e leves, que também podem ser deliciosas.

9. Se culpar: Em vez de ficar se culpando depois de um escorregão na dieta, supere isso e volte à alimentação saudável.

0. Beber as calorias: Não fique bebendo suas calorias cada vez que sentir fome: cafés, refrigerantes, milk-shakes e coisas do tipo não alimentam, e têm muitas calorias. Na próxima vez que se sentir tentada a beber suas calorias, coma uma pequena refeição que combine carboidratos e proteínas.

Blitz da dieta

Abandonar o pãozinho francês diário é uma missão não só da nossa leitora Soraya, mas de muita gente.

Aprenda a fazer trocas mais saudáveis

Manhã: adoro pão francês, minha grande paixão, por isso, não abro mão de comê-lo pela manhã recheado com requeijão e acompanhado de um copo de leite desnatado e achocolatado. Três horas mais tarde, tomo um chá gelado e como algumas bolachas doces para não ficar com tanta fome na próxima refeição.

Tarde: almoço em casa todos os dias, e lá sempre tem arroz, feijão-carioca, bife à parmegiana e uma saladinha de brócolis, couve-flor e cenoura.

De vez em quando, principalmente no calor, faço uma salada rápida de alface com tomate. Para beber, invisto nos sucos em pó. De sobremesa, geralmente vou de pudim de chocolate ou uma fruta, como banana, maçã ou mamão.

Noite: como não tenho muito tempo de sentar para jantar comida, faço no tostex cinco bisnaguinhas com requeijão e tomo leite com chocolate de caixinha.

Às vezes, troco as bisnaguinhas por pães de queijo, salgadinhos ou uma boa vitamina de abacate sem açúcar. Soraya dos Santos Mello - 1,65 m - 80 kg

QUAL É A DIETA IDEAL?

Se o que você mais deseja no momento é emagrecer, é importante que fique atenta com a Dieta para emagrecer que você vai escolher para conquistar este objetivo.

A dieta que você optar pode reduzir os quilinhos as mais, mas também pode causar alguns prejuízos à sua saúde.

Atualmente existem vários tipos de dietas: Dieta da sopa, Dieta da USP, Dieta do suco, Dieta da lua, entre tantas outras Dietas. Porém, o que muitas pessoas não sabem é que a restrição excessiva de calorias, a exclusão de alimentos necessários para o bom funcionamento do organismo e o jejum, o fatores geralmente propostos nestas dietas milagrosas, podem causar fraqueza, cansaço, indisposição e deficiência de nutrientes.

Para que você faça a escolha correta da sua Dieta, darei algumas orientações importantes para que tenha alguns cuidados, evitando problemas à sua saúde decorrentes de algumas dietas.

- Consulte sempre o profissional adequado para te ajudar a emagrecer com Dieta, no caso da elaboração da dieta o nutricionsita, orientações sobre atividade física o educador físico, etc. Não faça uma dieta por conta própria.

O que é uma dieta

Dieta refere-se aos hábitos alimentares individuais. Cada pessoa tem uma Dieta específica (saudável ou não).

Cada cultura costuma caracterizar-se por dietas particulares. Contudo, em termos gerais, o uso popular desta palavra costuma apenas definir dieta como uma forma de conter o peso e manter sua saúde em boa condição.
Para seguir uma Dieta, convém consultar um médico ou nutricionista, a fim de conhecer a dieta adequada ao seu organismo.

A escolha de alimentos certos na proporção correta, bem como a prática de exercício físico com orientação de um especialista, evitando uma vida sedentária, são considerados fatores essenciais para a manutenção da saúde.

Uma Dieta restritiva e que não tenha em conta as necessidades do organismo poderá ter efeitos desastrosos. Por isso, uma adequada avaliação nutricional individual evita desequilíbrios na Dieta que podem levar a problemas de saúde, tais como deficiências nutricionais específicas ou calórico-protéicas e o excesso de peso ou obesidade. também, ter uma vida saudável não é fazer apenas Dieta, é não ter uma vida sedentária.

Diversas dietas tornaram-se populares nas últimas décadas, algumas passageiras, outras polêmicas e outras com maior comprovação científica. Exemplo de dietas:
Dieta de Atkins.

Restrição radical ao consumo de carboidratos, ou seja massas, doces, açúcares, e até mesmo frutas e verduras.
Dieta de South Beach. Restrição total de carboidratos em seu início, evoluindo com restrição parcial, permitindo carboidratos ricos em fibras.
Dieta do supercafé da manhã.

Dieta com restrição de carboidratos com ênfase calórica na primeira refeição do dia.
Dieta dash.

Desenvolvida por especialistas americanos para combater a hipertensão arterial.
Dieta sanguínea

Qual Dieta você prefere: dos shakes ou das proteínas?

Falta apenas uma semana para aquela festa e você precisa entrar no vestido incrível a qualquer preço.

O melhor jeito é apelar para uma Dieta de emergência. Para qual você busca ajuda: Dieta dos shakes ou das proteínas?

Em cinco dias é possível perder 4 kg com a Dieta dos shakes. O cardápio consiste em substituir o almoço ou o jantar por um shake com baixas calorias.

Lembre-se que é para substituir uma das refeições e não as duas. Na Dieta de emergência está proibido ficar mais de 48h apenas na base dos shakes para emagrecer.

Já na Dieta das proteínas deve-se aumentar o consumo de proteínas e diminuir o de carboidratos.

As proteínas demoram mais para serem digeridas e assim, a sensação de saciedade aumenta. Dessa maneira é possível emagrecer até 2kg em uma semana e turbinar os músculos.