Dieta

------------------------

dietas do pontos.

A dieta dos pontos é uma das dietas mais famosas do Brasil – esta dieta foi baseada na dieta dos Vigilantes do Peso dos EUA. A dieta dos pontos facilita a contagem de calorias através de um sistema de cálculo de pontos. Cada alimento tem um determinado número de pontos e você pode comer o que quiser desde que não exceda a quantidade de pontos diários. Não é preciso ficar preocupado com a contagem das calorias porque você tem um determinado número de pontos diários baseados o seu peso corporal que não devem ser ultrapassados.
Ao seguir a dieta dos pontos é fácil manter um controlo sobre o que come diariamente e seguindo as quantidades recomendadas irá começar a queimar gordura e a emagrecer.
Esta dieta para emagrecer existe há mais de 30 anos e é um método que provou ter boas hipóteses de sucesso. Ao longo dos anos muitas pessoas com obesidade perderam peso e emagreceram permanentemente com esta dieta. Este plano alimentar evoluiu ao longo dos anos – no inicio era dada muito mais atenção ao numero de calorias, mas o sistema de contagem tem sido adaptado às novas descobertas no campo da nutrição. Hoje em dia a dieta evoluiu de maneira a tornar mais fácil a perda de peso para todos.
Como disse, existem várias versões da dieta dos pontos, algumas das quais já não são publicadas. Normalmente os livros vêm com um grande número de receitas (por volta de 500 receitas), que são vendidas num dossiê para poder tirar e por as receitas.
As receitas do livro da dieta dos pontos têm sempre uma grande variedade de alimentos, com muitos molhos diferentes, pães, sopas, carnes, frango, peixe, entradas vegetarianas, massas, vegetais, cereais, pratos com batatas, e o mais importante, sobremesas.
Ao contrário de muitas dietas para emagrecer, as refeições e as receitas do livro são baseadas em princípios de nutrição saudáveis, e que não são assim tão diferentes dos muitos pratos a que está habituada a comer. A inclusão de comidas que lhe são familiares no regime dos pontos inclui a pizza, frango no forno, guisado de carne, massa com atum, bolo de chocolate e muito mais. Também há uma grande variedade de pratos inspirados na cozinha tradicional que toda a gente adora! Desta forma o livro da dieta dos pontos tem qualidade e quantidade em termos de receitas e escolha e o fator de distinção é o foco nos conteúdos nutricionais dos alimentos.
A grande vantagem do livro de receitas da dieta dos pontos é a análise nutritiva e calórica feita a cada receita. Este livro de receitas é utilizado como base para a dieta de emagrecimento e nele pode ler o número de calorias de cada receita contém e fica sabendo a quantidade de pontos que tem. Na análise da receita fica sabendo a quantidade de calorias, gordura, gordura saturada, colesterol, sódio, carboidratos, fibras, proteína, cálcio e o número de pontos.
O livro da dieta dos pontos é muito equilibrado em termos de receitas culinárias, de forma a oferecer uma grande escolha e uma sensação de liberdade na escolha dos alimentos. Se for um profissional solteiro, que só tem tempo para uma refeição rápida depois do trabalho, ou se for uma dona de casa que quer preparar uma refeição nutritiva para toda a família, este livro tem receitas para todos os gostos.
Além da quantidade de receitas para emagrecer e perder peso, este livro também lhe traz outras vantagens, tem boas dicas sobre o que fazer com os restos de comida, os segredos de como foram criadas as receitas (saiba como tem menos calorias, mas preservam o sabor), dicas para preparar a comida de uma forma mais rápida e ideias básicas dos outros planos da dieta dos pontos.

------------------------

Por que as dietas são tão irresistíveis?

Por que as dietas são tão irresistíveis?
Dieta do Jejum, da Sopa, dos Pontos, South Beach, Noz da Índia... A cada dia, um novo programa de alimentação faz sucesso mundo a fora
Se prometer que emagrece, fico uma semana sem comer, mesmo sabendo das chances de engordar de novo". A frase foi dita por uma estudante do último período de medicina. Uma pessoa que compreende todos os riscos envolvidos nas "dietas milagrosas" e reconhece os efeitos a curto prazo, mas admite achar o método "irresistível". Afinal, se existe uma fórmula mágica para perder peso, por que não testa-la? A pergunta parece habitar a mente da maioria das pessoas do mundo inteiro, já que um estudo realizado pela Nielsen, em 2012, revelou que 74% da população faz ou já fez dieta. No entanto, apenas 61% admitiu a prática de exercícios físicos. No Brasil, as estatísticas revelaram-se ainda mais alarmantes, já que 12% das pessoas declararam fazer uso de medicamentos para perder peso. Para a nutricionista Jacqueline Lopes de Paula, as pessoas tendem a optar por um procedimento rápido, mas que nem sempre é eficiente.

Héllen Delmaschio França tem 25 anos e pelo menos 10 de experiência em dietas. Da South Beach à Dieta dos Pontos, da Dieta da Sopa ao uso de shakes, ela afirma ter perdido peso na maioria das vezes, mas também tempo e paciência. Tempo, porque voltou a engordar. Paciência, porque algumas possuem um método tão complicado, que o desgaste para montar o cardápio acaba sendo maior que o resultado. Quando fez a dieta de South Beach, por exemplo, ela passou duas semanas comendo apenas carne, queijo e ovo. Emagreceu de 3 a 4kg, mas ao fim da dieta, ganhou peso novamente. Durante o período do regime, passou mal, sofreu diversas alterações no humor e teve crises de labirintite.

Com a Dieta dos Pontos, que consiste em contar pontos ao invés das calorias de cada alimento, ela não conseguiu seguir em frente porque achou o esquema de contagem por si só desgastante. Com outros regimes, diferentes no método, mas não nos resultados, ela diz ter perdido algum peso, mas que acabou voltando ao longo do tempo. "Eu sei que é errado, que vou engordar novamente, mas quando vejo a possibilidade de emagrecer, não tem jeito, a loucura toma conta", diz, rindo.

Héllen disse que já procurou um nutricionista, não recorda se seguiu exatamente a proposta, mas lembra-se de achar que tinha "comida demais" no cardápio. Essa sensação, segundo Jacqueline, acontece porque em uma educação nutricional bem feita você come de tudo, cortando, obviamente, os alimentos com mais predisposição a glicose e colesterol, mas não chega a ser uma dieta restritiva. "O que as pessoas precisam é de paciência", diz.

Reeducação alimentar

Para a nutricionista, a melhor forma de obter resultados positivos é "não ter essa ideia de tempo na cabeça. Eu quero, no Natal, ter menos 10kg, por exemplo. Não dá", diz. Mas é completamente possível perder essa quantidade de peso através de uma alimentação saudável, sem passar fome e com o acompanhamento de um profissional.

Ela conta a história de um cliente de 48 anos, que sofre de obesidade mórbida e começou o tratamento em agosto deste ano. "Ele aprendeu a comprar, a preparar, a organizar a cozinha... No início foi difícil, mas hoje comemora a perda de 9kg". De 132kg em 12 de agosto, ele passou a 123kg em 21 outubro.

Outro fator que na opinião da nutricionista é de extrema importância no processo de emagrecimento é a capacidade de aliar a reeducação alimentar à pratica de exercícios físicos. Ela lembrou de um caso curioso: uma cliente que, por estar muito acima do peso, tinha dificuldades de se movimentar. Assim, permanecia mais tempo sentada e deitada. Uma pessoa que vivia com ela e se exercitava diariamente, acabou seguindo a mesma dieta, e ao chegarem ao consultório para checar os resultados, veio a surpresa: enquanto a primeira perdeu apenas 2kg, a segunda conseguiu emagrecer 6kg.

O relato é uma prova da importância da atividade física na perda dos quilos extras, mas o processo também tem a ver com o metabolismo de cada um. A nutricionista explica que cada pessoa responde de um jeito particular ao tratamento. Alguns conseguem perder 2kg por mês, outros, 4kg. Segundo a profissional, é possível que a reeducação alimentar seja um processo mais lento, mas ela garante que os resultados são permanentes e não trazem nenhum risco à saúde.
-------------------------

dieta dos pontos surge para facilitar.

Dieta dos pontos
A dieta dos pontos surge para facilitar o controle de calorias na alimentação do dia a dia.

Uma das dietas mais indicadas hoje em dia é a dieta dos pontos. A dieta dos pontos funciona da seguinte maneira: ao invés de contar as calorias que você ingeriu, você deve contar os pontos que você consumiu.
Como assim? Cada ponto equivale cerca de 3,6 calorias e cada alimento tem uma quantidade de pontos que devem ser somados ao longo do dia para saber qual o total de pontos que você ingeriu naquele dia.
Outra vantagem da dieta dos pontos é que nela você pode comer o que quiser desde que some os pontos e chegue ao valor indicado. Assim é mais fácil para não abandonar a dieta. Ao final do dia as mulheres devem ter cerca de 300 pontos, já os homens podem somar aproximadamente 400 pontos.
Frutas na dieta dos pontos. (theseanster93/flickr)
Frutas na dieta dos pontos. (theseanster93/flickr)
Esta dieta visa uma dieta de qualidade e de variedade, o que gera uma reeducação alimentar porque você passa a conhecer o valor de cada alimento que consome. As pessoas só têm problemas no começo da dieta quando ainda não sabem o valor dos alimentos e quais valem mais ou menos pontos.
Um pesquisador da USP, o Dr. Alfredo Halpern, explica que o sistema de pontos deve funcionar como uma filosofia e não como uma dieta. Antigamente as dietas propunham uma rotina alimentar que acabava não durando por muito tempo, pois as pessoas ficam enjoadas de comer a mesma coisa todos os dias. Diante deste impasse é que surgiu a ideia da dieta dos pontos em que as pessoas poderiam comer de tudo e variar o cardápio sempre que quisessem.
Assim o doutor começou a catalogar os alimentos, colocando uma quantidade de pontos para cada alimento. De acordo com o peso, a altura, a idade, o sexo, os hábitos alimentares e o tipo de atividade física que a pessoa pratica, um nutricionista pode identificar a quantidade de pontos necessários para aquela pessoa.
Na dieta dos pontos se você ultrapassar muitos pontos em um dia, pode reduzir os pontos do dia seguinte, por isso, dá pra comer uma feijoada no domingo e na segunda ser um pouco mais light. Diferente das outras dietas que se você comer uma feijoada, acaba saindo da dieta e quebrando o regime, e por fim desistindo do regime.
O único problema da dieta dos pontos é que as pessoas visam muito os pontos (atribuídos as calorias) e esquecem o valor nutricional dos alimentos. E o corpo não pode ser privado de nutrientes, pois são os nutrientes que ajudam o organismo a funcionar corretamente. Então mesmo com a dieta dos pontos é preciso ficar atento para fazer uma dieta variada, mas equilibrada e saudável.

-------------------------

Dieta dos Pontos… Recomendada ou Não?

Dieta dos Pontos… Recomendada ou Não?
O livro da dieta dos pontos funciona para perder gordura e emagrecer, mas tem pontos negativos. Apesar de a informação nutricional ser útil para os dietistas, os valores dos pontos da dieta só são relevantes se tiver uma ideia como os contar, geralmente só para quem faz parte do programa.
Eu não acredito que a dieta dos pontos seja a melhor forma para emagrecer porque contém muitas receitas com quantidades elevadas de carboidratos e frutose que tornam quase impossível emagrecer. Além disso, muitas das versões antigas dos livros estão desatualizadas devido às modificações que ocorreram no sistema de pontos criado pela empresa que vende – estas versões antigas da dieta dos pontos NÃO são recomendadas! Se quiser comprar um livro, veja se ele coincide com a dieta dos pontos que está a fazer.
Assim o livro da dieta dos pontos pode ser uma boa escolha para lhe providenciar receitas para muitos pratos e com variedade, sabor e saúde – se estiver disposta a ajustar alguns aspetos no que toca aos carboidratos. É igual a todos os outros livros de culinária exceto no que diz respeito à informação calórica e a alguns ajustes para diminuir o número de calorias.
A dieta dos pontos é uma dieta que tem capacidade de ter sucesso, mas com esta e todas as outras dietas e maneiras de perder peso é importante que os participantes tenham uma boa ideia de como todo o regime funciona. Para quem não tem vontade de aprender o mínimo sobre nutrição a dieta dos pontos pode ser uma "bíblia" que torna a alimentação mais saudável para quem tem hábitos alimentares maus (tudo depende do ponto de partida de cada um).
Vou falar dos pontos fortes e pontos fracos da dieta para que toda a gente possa ter uma ideia geral sobre o funcionamento da dieta e dos benefícios que pode tirar dela. Espero que com esta informação possa tomar uma decisão se esta dieta é para si ou não!
Vantagens da Dieta dos Pontos
A dieta dos pontos é um regime que tem uma dieta alimentar e nutricional – quem também aconselha o exercício físico. Estes dois fatores são a base para perder peso de forma saudável e também para uma vida com saúde.
O sistema de pontos da dieta faz com que os dietistas não se sintam com fome ou sem energia, mantendo o metabolismo do corpo a um nível alto, evitando a criação de reservas de gordura no organismo (segundo a dieta, a fome provoca a diminuição do metabolismo resultando em acumulação de gordura).
É uma dieta muito nutricional, havendo muitas receitas e refeições que são especiais para os que fazem a dieta dos pontos. Basta imprimir estas listas e receitas para depois consultar.
Uma boa ideia é fazer esta dieta com um amigo ou amiga, assim podem falar sobre o assunto dando apoio um ao outro.
Existem fóruns de ajuda para dar e receber apoio moral, tirar dúvidas e trocar receitas.
A dieta dos pontos não é só um regime alimentar, através desta dieta as pessoas que a seguem não sentem necessidade de tomar comprimidos e fazer dietas descontroladas (como deixar de comer), isto é alcançado educando os dietistas sobre o controlo de porções e sobre os valores nutricionais dos variados alimentos.
A dieta dos pontos tira a culpa e preocupação dos dietistas, dando a liberdade de comer tudo o que quiser, nenhum tipo de comida é proibido. A flexibilidade da dieta faz com que a dieta possa ser seguida por pessoas com todas as ocupações ou com pouco tempo.
A dieta dos pontos tem muitos casos de sucesso e o seu sucesso é baseado tanto nestas histórias como no bom marketing.
Desvantagens da Dieta dos Pontos
O sistema da dieta dos pontos é baseado na venda acessórios, como o livro de pontos, calculadora de pontos, e o livro da dieta dos pontos. Estes acessórios são promovidos de forma agressiva aos dietistas com o argumento de tornarem a dieta mais fácil.
A publicidade e o marketing convencem as pessoas obesas que podem perder peso sem sacrificar as comidas que mais gostam. Apesar disso a verdade é que quando fizer o programa da dieta dos pontos e calcular quantos pontos pode comer, só pode ingerir porções muito pequenas da comida não saudável para poder ficar dentro do seu limite de pontos.
De vários estudos vem a informação que menos de 5% dos dietistas conseguem manter a perda de peso durante mais que cinco anos após ter começado a dieta dos pontos, e nestes casos estes resultados são fruto de uma terapia de longo termo que tem as suas despesas.
A utilização do grupo de apoio e das reuniões dos dietistas da dieta dos pontos pode prevenir o desenvolvimento de auto-disciplina e de confiança individual.
Há vários testemunhos que dizem que as reuniões das dietas dos pontos são chatas e demasiado caras e que tentam criar um clima competitivo entre os dietistas.
Existem casos de dietistas que se tornam obcecados com comida durante o programa, devido à concentração em excesso na gestão dos pontos.
Conclusões sobre a Dieta dos Pontos
A dieta dos pontos tem pontos positivos e pontos negativos para quem quer emagrecer.
Os aspectos mais negativos da dieta dos pontos podem ser mitigados através da leitura de alguns artigos sobre a hipótese lipídica e a diminuição da ingestão de carboidratos e açúcares, além da utilização de ferramentas e acessórios como a calculadora de pontos, as listas, etc. As conclusões que tiradas dos criadores da dieta dizem… "A dieta dos pontos e outros tipos de dietas podem funcionar para algumas pessoas, mas claramente não funcionam para toda a gente. Estas dietas e regimes tem a melhor taxa de sucesso quando são naturais para as pessoas que as fazem, caso contrário a perda de peso é difícil de manter. Funciona enquanto faz a dieta."
Não recomendo dietas que admitem a ingestão de açúcar em excesso e de outros alimentos que fazem mal à saúde – apesar disso é possível perder peso com a dieta dos pontos.
Espero que tenha ficado com uma ideia sobre como emagrecer e perder gordura e peso com a dieta dos pontos. Esta dieta dos vigilantes do peso tem potencial de sucesso para quem gosta de seguir planos complexos, espero que goste e se tiver alguma dúvida ou sugestão, não hesite em deixar um comentário abaixo! Boa sorte no emagrecimento!

---------------------------


Dieta

Tudo Sobre Emagrecer Emagrecedor.info