Dietas alimentares

A palavra dieta vem do latim díaita (modo de viver).

Segundo o dicionário Michaelis, "dieta" tem dois significados: regime alimentício e assembléia política ou administrativa.

Vamos tratar de dieta alimentar com inteligência e pouco investimento. 
Procure nutricionista especializado e de sua confiança para que possa dar atendimento e acompanhamento às suas necessidades, avaliando todo o processo de nutrição.

Existem clinicas que dão acompanhamento na residência ou em consultório, com programação semanal ou mensal.

Estes profissionais trabalham com plano de alimentação personalizado, considerando o diagnóstico efetuado anteriormente, levando em consideração, (estilo de vida, hábitos alimentares, condições socioeconômicas e possíveis doenças diagnosticadas).

É bom lembrar que o cliente tem direito de procurar outro profissional antes de tomar decisão importante sobre seu bem estar.

Você tem direito ao tratamento de saúde e é dever do Estado, conforme Constituição Federal. Art. 196 a 200.

Ex. Eu tinha apenas 6 Kg. a mais e era o suficiente para que a glicose estivesse acima do normal. Temos convênio do Estado e com o check up anual o médico diagnosticou o problema e me orientou na dieta alimentar.

O Governo tem programa de Promoção da Alimentação Saudável (PAS) e desenvolve esta política apoiando os estados e municípios brasileiros, desenvolvendo ações para a promoção da saúde e prevenção de doenças relacionadas à alimentação e nutrição tais como: anemia, hipovitaminose A, distúrbio por deficiência de iodo (DDIs), desnutrição, obesidade, diabetes, hipertensão, câncer entre outras.

Este é um direito nosso. Todo o cidadão com o conhecimento das Políticas Públicas deve buscar o que é de direito, pois pagamos impostos.

Dietas alimentares Objetivos.

Dietas alimentares Objetivos
Buscar informações sobre diferentes dietas.

- Analisar as dietas alimentares, enfocando as vantagens e desvantagens de cada uma.

- Relacionar os alimentos ingeridos aos produzidos por diferentes populações.

Atualmente conhecemos várias dietas: a vegetariana, a mediterrânea, a de proteínas, dentre muitas outras. E mesmo um determinado tipo pode possuir variações. Por exemplo, a dieta vegetariana:

a) Vegetarianismo estrito - evita o consumo de todos os produtos de origem animal, como carnes, ovos, leite e queijo;

b) Ovo-lacto-vegetarianismo - proíbe a ingestão de todas as carnes, mas permite o consumo de produtos animais, tais como ovos e leite;

c) Lacto-vegetarianismo - elimina a ingestão de todas as carnes, mas permite o consumo de leite e seus derivados, como queijo, manteiga e iogurte;

d) Ovo-vegetarianismo - proíbe o consumo de carnes, mas permite comer ovos;

e) Pesco-vegetarianismo - permite a ingestão de frutos do mar, principalmente peixe, mas não é considerada como uma verdadeira dieta vegetariana.

Mas qual é a dieta ideal? Compete aos alunos analisarem e descobrirem.

A Dieta Alimentar somada com Exercício Físico.

A Dieta Alimentar somada com Exercício Físico

Para que a dieta alimentar faça, realmente, efeito é necessário que a pessoa pratique alguma atividade física, nem que ela seja uma simples caminhada. Isso porque, com a diminuição da ingestão de calorias, o metabolismo trabalha mais rápido, uma vez que, ele percebe que a quantidade de comida que ele estava acostumado a receber todos os dias, não está mais sendo fornecida. Assim, com a prática de esportes a queima de gordura é feita mais rapidamente e consequentemente, a perda de peso acontece mais rápido.

Porém, depois de algum tempo, o organismo se acostuma novamente com o ganho de calorias diárias e para de queimar gordura. Nesse momento, a perda de peso volta a ser difícil novamente e a prática dos exercícios físicos tem que se tornar mais intensa, nunca se esquecendo da dieta alimentar.

Os Diversos tipos de Dietas Alimentares

Se você já pensou em começar uma dieta e já fez uma pesquisa rápida sobre o assunto, sabe que existem diversas dietas que podem ser seguidas. Cabe a cada pessoa saber qual é a mais adequada para o seu tipo de corpo.

Segue abaixo uma lista dos tipos de dietas mais comumente utilizadas atualmente:

Dieta para emagrecer

Dieta da USP

Dieta da sopa

Dieta do carboidrato

Dieta do leite

Dieta do sangue

Dieta japonesa

Dieta para engordar

Dieta ortomolecular

Dieta das notas

Dieta do limão

Dieta enteral

Dieta da banana

Dieta desintoxicante

dieta alimentar é a soma dos alimentos. 

Dietas alimentares
Em nutrição, a dieta alimentar é a soma dos alimentos consumidos por uma pessoa ou de outro organismo. Hábitos alimentares são o habitual decisões individuais ou uma cultura faz ao escolher o que comer alimentos. Embora os seres humanos são onívoros, cada cultura possui algumas preferências alimentares e de alguns tabus alimentares. Dietéticos escolhas individuais podem ser mais ou menos saudável. A boa nutrição adequada exige a ingestão e igualmente importante, a absorção das vitaminas, sais minerais, e de combustível, sob a forma de carboidratos, proteínas e gorduras. Hábitos alimentares e de escolhas desempenhar um papel significativo na saúde e na mortalidade, e também pode definir culturas e desempenhar um papel na religião.
"Dieta tradicional" é a dietas de populações nativas, tais como os nativos americanos, ou khoisan aborígines australianos.
As dietas alimentares tradicionais variam de acordo com disponibilidade de recursos locais, tais como peixes costeiros, em cidades ou vilas grãos em agricultura, bem como com os costumes culturais e religiosos e tabus. Em alguns casos, as plantas e os animais domésticos tradicionais que caracterizam uma dieta foram substituídos por modernos de alto rendimento das culturas, e não estão mais disponíveis. O movimento Slow Food tentativas para contrariar esta tendência e para preservar a regimes alimentares tradicionais.
Algumas culturas e religiões têm restrições sobre o que os alimentos sejam aceitáveis na sua dieta. Por exemplo, só são permitidos por alimentos Kosher judaísmo, islamismo e Halal por alimentos.
Um estudo publicado no British Medical Journal The Lancet mostrou que aqueles que tinham sido bem alimentadas logo depois que eles nasceram ganhou quase 50% a mais no salário médio do que aqueles que não tinham. O estudo foi realizado por dar uma alta suplemento nutricional para algumas crianças e um menor-suplemento nutricional para outros, apenas com os pesquisadores sabendo que crianças que receberam suplementos (ver estudo duplo-cego.) As crianças que receberam a alta suplemento nutricional tinha mais elevados salários médios, provando que a nutrição infantil afeta o desenvolvimento cognitivo independente de outros fatores, tais como classe ou parental renda.
Muitas pessoas escolhem para limitar o que eles comem alimentos por razões de saúde, da moralidade, impacto ambiental, ou outros fatores. Além disso, muitas pessoas decidem renunciar a alimentos de origem animal em diferentes graus; ver vegetarianismo, veganismo, Frugivorismo, vivendo alimentos dieta, e cru foodism.
Devidamente planeada dietas vegetarianas e vegan ter sido encontrado completamente a satisfazer necessidades nutricionais em cada fase da vida, e reduzir significativamente os riscos de doenças graves.
Uma dieta especial pode ser escolhido para procurar ganho de peso, perda de peso, formação desportiva, cardio-vascular saúde, prevenção de cancros, alergias alimentares e por outras razões. Mudando de um assunto da ingestão alimentar, ou "em curso uma dieta", pode mudar o equilíbrio de energia e aumentar ou diminuir a quantidade de gordura armazenada pelo organismo. Alguns alimentos são especificamente recomendada, ou mesmo alteradas, para a conformidade com as exigências de uma dieta especial. Estas dietas são frequentemente recomendada em conjugação com o exercício.