Chá e Chás

------------------------

Chá para memória caseiro.

Se você anda meio esquecida e com a memória falhando então deveria experimentar um Chá para memória que é excelente contra a perda de memória e aumentar a capacidade de aprendizado. O Chá para memória de alecrim que além de ajudar a recuperar a memória de forma natural e saudável também tem outros benefícios para o nosso organismo como por exemplo:

Chá para memória ajuda a recompor o sistema nervoso após uma longa atividade intelectual.
Chá para memória ajuda o corpo a assimilar o açúcar, por isso é ótimo para diabéticos.
Chá para memória é digestivo e sudorífero.
Chá para memória é excelente contra anemia, menstruação insuficiente e problemas de irrigação sanguínea.
Chá para memória é excelente contra resfriado e bronquite.
Chá para memória é indicado para tendinite e dores musculares.
Chá para memória é indicado para problemas no coração, como arritmia cardíaca.
Chá para memória é ótimo contra cansaço mental e estafa.
Chá para memória é ótimo contra perda de memória e aumenta a capacidade de aprendizado.
Chá para memória é ótimo para a saúde da pele e contra lesões e queimaduras.
Chá para memória é útil contra queda de cabelo e caspa. Nesses casos, pode-se beber o chá e enxaguar o cabelo com ele.
Chá para memória equilibra a temperatura do sangue e de todo o corpo.
Chá para memória estimula o metabolismo, agindo no fígado e melhorando a irrigação dos órgãos.
Fortalece o centro vital e age em todo o organismo.

Agora depois de saber todos os benefícios do chá de alecrim para a saúde aprenda abaixo a receita.

Remédio Natural Chá para memória – receita do Chá para memória de alecrim

Para fazer a infusão acrescente uma colher de chá rasa de alecrim para uma xícara de água ou uma colher de sopa para um litro.

Coloque a água para ferver , apague o fogo e jogue a erva lavada dentro. Quando amornar, está pronta para beber.

Tome o Chá para memória sem açúcar , se preferir adoce com mel.

------------------------

CHÁ PARA MEMÓRIA ESGOTAD.

INGREDIENTES do Chá para memória
1 punhado de alecrim
1 punhado de ginseng
1 colher de chá de noz moscada em pó
2 copos de água

Ferver tudo junto. Coar e beber bem quente 2 a 3 vezes ao dia.
Prestar mais atenção a tudo para gravar melhor daqui para a frente.

Chá para memória de chá verde ou preto pode melhorar a memória

Beber Chá para memória de chá verde ou preto regularmente poderia melhorar a memória segundo um estudo britânico publicado no jornal Psychotherapy Research. Os cientistas descobriram que a ingestão do Chá para memória de chá verde ou preto inibe a atividade de certas enzimas no cérebro associadas à memória.

No estudo, os pesquisadores investigaram as propriedades do café e chás verde e preto. Os achados podem contribuir para desenvolvimento de novo tratamento para o Mal de Alzheimer uma vez que foi descoberto que tanto o Chá para memória de chá verde como o preto têm como benefícios a inibição da atividade de enzimas associadas ao desenvolvimento dessa doença

O líder da pesquisa, Dr. Ed Okello, declarou que, embora não exista cura para o Mal de Alzheimer, chá verde e preto poderiam ser mais uma arma no arsenal usado para tratar e retardar o desenvolvimento dessa doença. Porém, Dr. Ed Okello acrescentou que não há nenhuma evidência publicada que a taxa de Mal de Alzheimer seja menor em países onde há grande consumo de Chá para memória, como a Inglaterra.

Os pesquisadores estão à procura de fundos para prosseguir na pesquisa e descobrir quais componentes do chá verde e preto inibem a atividade das enzimas.
-------------------------

Tomar chá é bom para a memória.

É o que revelou um estudo da Universidade de Cingapura. Tomar chá freqüentemente ajuda ainda a saúde mental dos idosos e diminui o risco de redução da capacidade cognitiva.

O estudo foi realizado com 2,5 mil idosos com idades acima dos 55 anos. Eles beberam chá preto e chá verde durante dois anos em quantidades e freqüências diferentes.


Trinta e cinco por cento dos idosos que não beberam chá com freqüência tiveram uma queda de dois pontos nos testes de memória. Por outro lado, 65% dos que beberam ao menos duas xícaras por dia mantiveram os mesmos resultados no intervalo de dois anos.

Conheça os alimentos que ajudam a ter boa memória

Chá verde, salmão selvagem, açaí, cacau são exemplo

Certos alimentos podem ajudar a melhorar a mémória. Neurologistas recomendam chá verde, salmão selvagem, açaí, cacau ou chocolate com pelo menos 75% do fruto e café para melhorar o desempenho do cérebro

-------------------------

ERVAS QUE PROTEGEM A MEMÓRIA.

Preservar a memória é essencial para a nossa liberdade. A disputa acirrada do mercado de trabalho, a falta de estabilidade no emprego e o empobrecimento que vem com a aposentadoria são três motivos assustadores que nos obrigam a cuidar da memória já, pois, ao que tudo indica, seremos longevos e preferimos ser dependentes de nós mesmos do que delegar ao outro o gerenciamento de nossas vidas.

Quando começa-se a deixar o fogão aceso ou a chave da casa no lado de fora da porta, os familiares ou amigos próximos, por amor, são os primeiros a cercear a liberdade de quem perde o juízo. É nessa fase que muita gente perde também a casa, seus móveis, seus objetos e suas referências mais íntimas, e vai morar em um quarto familiar ou de uma clínica.

Fitoterápicos conhecidos como Smart Drugs atuam sobretudo de forma preventiva para manter íntegras a nossa capacidade de raciocínio e o nosso potencial criador. Por não serem inócuos, os fitoterápicos concentrados em cápsulas, não devem ser tomados sem o consentimento de seu médico.

Ginkgo-Biloba: um dos mais importantes tônicos medicinais naturais que intensificam a circulação e oxigenação cerebral. O extrato da folha da árvore da Ginkgo-Biloba passou por vários estudos que revelaram a sua ação positiva na capacidade cognitiva.

O extrato das folhas desta árvore oriental é rico em bioflavonóides, SOD e carotenóides. A ação conjunta de seus componentes possui potente ação antioxidante, aumenta a circulação cerebral e acelera a transmissão nervosa. Além de facilitar o aprendizado, a ginkgo-biloba trata tonteiras e labirintites associadas à deficiência de oxigenação cerebral. Dose usual do extrato (24%): 60-240mg/dia.

Ginseng coreano (Panax ginseng) e Ginseng americano (Panax quinquefolius): o ginseng coreano é o mais estimulante. O ginseng americano é mais suave e mais indicado nas convalescenças. Segundo a percepção oriental, o ginseng aumenta a vivacidade, restaura a energia Yang e ativa o nosso sistema reprodutor e criador.

Rico em flavonóides, que além de aumentarem o fluxo sangüíneo cerebral diminuem a agregação das plaquetas, evitam a formação de coágulos e microderrames, responsáveis pelos buracos na memória. Dose usual: 1 envelope de seu granulado (à venda em casas de produtos naturais) diluído em 1 xícara de água morna, uma vez ao dia, ou em cápsulas, 500-1000mg/dia. O chá da sua raiz pode ser preparado em decocção, 1-9 gramas/dia.

Chá verde (Camellia sinensis, Green tea): o chá verde e o chá preto vêm das folhas da mesma planta, porém são processados de forma diferente. O chá verde é o mais antioxidante e o favorito entre os orientais.

Hoje associa-se o hábito deste chá com uma menor incidência de ataques cardíacos e com a maior longevidade. Entre seus componentes químicos principais destacam-se os polifenois, inclusive a quercetina, que reduzem o risco de derrames e tromboses. Contém cafeína, que beneficia a percepção, ativa o nosso estado de alerta e melhora as funções cognitivas. Dose usual: 2 xícaras ao dia, uma de manhã e outra à tarde.

---------------------------

Chá e Chás

Tudo Sobre Emagrecer Emagrecedor.info