Chá e Chás

------------------------

Chá para hemorroidas.

Se você não acredita deves experimenta este Chá para hemorroidas Mesmo se você

já foi operado ou esta desenganado pelos médicos não tem problema este Chá para hemorroidas fará a diferença, pois este Chá para hemorroidas e natural então não tem contra indicação não importa nem mesmo os tipo de remédio que por ventura esteja tomando, poderá toma junto tendo em vista a pequena dose a ser ingerido 3 vezes ao dia.

Chá para hemorroidas Garantido; já na primeira vez que tomar se sentira muito bem,por este fato estamos colocando a disposição pequenas doses a venda para serem comprovado que o Chá para hemorroidas não faz milagre mas cura.

Também e muito bom para intestino ressequido, e intestino preso,

A hemorróida geralmente vem de fazer muita força, da bebida alcoólica, do cigarro, pimenta.

------------------------

HEMORROIDAS e ALECRIM

Uso medicinal do Alecrim
O Alecrim é usado no tratamento da asma, anemia, bronquite, palidez, dismenorréia (menstruação dolorosa) , estresse, esgotamento nervoso, digestão difícil, febre, gases intestinais, hemorróidas, gastrite, gripe, leucorréia (corrimento vaginal), nervosismo e tosse. Atua como tônico cardíaco e do sistema nervoso.
É um fortificante e estimulante sexual feminino, promovendo o aumento do fluxo sanguíneo nos órgãos do sistema reprodutor.
ALECRIM (Rosmarinus officinalis)
Família: Labiatae
Uso medicinal: bronquite, tosse, gripe e problemas respiratórios (RONCAR DE NOITE). Cólica, falta de apetite, cansaço físico e mental, hemorróidas. É cicatrizante e antisséptico.
Uso culinário: É utilizado para aromatizar carnes, peixes e para condimentar vinagres e óleos.
ALECRIM
Indicações: estimulante digestivo e para falta de apetite (inapetência), contra azia, para problemas respiratórios e debilidade cardíaca (cardiotônico), contra cansaço físico e mental, combate hemorróidas, antiespasmódico (uso interno) e cicatrizante (uso externo).
Parte usada: folhas
Preparo e dosagem
· Xarope: para 1/2 litro de xarope adicionar o suco de 4 xíc. de cafezinho de folhas frescas, tomar 1 colher de sopa a cada 3 horas (para problemas respiratórios).
· Infusão: 1 xíc. de cafezinho de folhas secas em 1/2 litro de água, tomar xíc. de chá a cada 6 horas.
· Tintura: 10 xíc. de cafezinho de folhas secas em 1/2 litro de álcool de cereais ou aguardente, tomar 1 colher de chá 3 vezes ao dia em um pouco d'água (para a maioria das indicações, inclusive hemorróidas).
· Pó: as folhas secas reduzidas a pó têm bom efeito cicatrizante.
· Outros usos: usam-se ramos em armários para afugentar insetos.
Toxicologia: em altas doses pode ser tóxico e abortivo.
REMÉDIO HOMEOPÁTICO PARA A HEMORROIDA
1-Polygonum puntatum -3ch
2-Ratanhia peruviana-3ch
3-Capsicum -5ch
4-Aesculus-1ch
5-Nux vomica-3ch
ACELGA PODEROSO REMÉDIO DA HEMORROIDA. PORÉM... A acelga deve ser consumida moderadamente por conter alto teor de uma substância (oxalato) que prejudica a absorção de Cálcio no organismo.
ALTERNAR COM HOMEOPATIA
-------------------------

Como curar hemorróida?.

Hemorróida é uma variz, isto é, uma veia alterada no ânus, que pode ser externa, quando fica visível ou interna, aparentemente não existente, porém, muitas vezes, trazendo incômodos e dores.

A hemorróida é provocada por má circulação local, prisão de ventre e excesso de toxinas que se dirigiram para a área do ânus.

Também tem uma relação estreita com pessoas que se cobram muito da vida, que são perfeccionistas e trabalham sob pressão de prazos determinados.

A hemorróida muitas vezes provocam dores insuportáveis, fora o incômodo que podem provocar, pela pessoa não conseguir andar direito, nem sentar-se.

O tratamento de cura da hemorróida pela naturopatia é a mudança alimentar (Veja: O que comer, o que não comer), que deve conter bastante fibras, para que estas possam varrer os intestinos, evitando acúmulo de fezes neste, para que as fezes possa fluir livremente até sua eliminação sem congestionamento, nem paradas constantes, o que pode estimular bolsas, isto é, divertículos que mais tarde podem inflamar, com o nome de diverticulite. Por isso, é tão importante o descarrego das fezes, através de lavagens intestinais (colonterapia).

Também as faixas úmidas são aconselháveis nas refeições e evitar alimentos que a hemorróida não gosta que é açúcar, até alimentos naturais com a pinha, a beterraba,o mel de abelhas. O corpo, uma vez equilibrado, pode suportar suportar estes alimentos com vantagens, pois nosso corpo necessita de alimentos que foram fabricados pela natureza.

A chamada "faixa em T" alivia hemorróida em minutos, principalmente se for molhada no sumo de limão gelado, em vez de simplesmente água gelada.

Outra dica maravilhosa para combater a hemorróida é, encher uma pêra de borracha (referente a 100 ml.) com sumo de limão e introduzir no ânus. Fazer durante 3 dias e esperar os resultados, algumas vezes, necessita-se de mais vezes. Se sentir ardor, fazer banho de assento gelado logo após.

O limão é adistringente e vai muchar a hemorróida e a água gelada também tem esta função por provocar uma vaso constrição.

Siga as indicações de uma boa alimentação, inclusive bebendo bastante água durante o dia.

-------------------------

HEMORRÓIDAS Inflamação das veias.

HEMORRÓIDAS Inflamação e dilatação das veias que terminam no reto e no ânus.
O principal sintoma é a dor aguda decorrente do esforço para evacuar; nesta circunstância, podem ser vistos pequenos tumores de consistência mole, que às vezes sangram.
Em alguns casos esses tumores localizam-se no reto e não podem ser vistos, mas o sangramento é perceptível junto às fezes. As inflamações hemorroidárias geralmente vêm acompanhadas de mal estar geral, vertigens, dores lombares e sensação de tensão e calor no ânus; ocorre também falso desejo de evacuar.

Nas mulheres, manifesta-se calor e corrimento vaginal. As hemorróidas podem surgir em decorrência de outras enfermidades (doenças do coração, pulmão, fígado, bexiga, útero, uretra e intestino); ou por erros alimentares, tal como o abuso de alimentos cárneos, temperos irritantes, alimentos gordurosos, alimentos processados e industrializados, alcoolismo e vida sedentária.

Pessoas que sofrem PRISÃO DE VENTRE crônica têm maior propensão a desenvolverem hemorróidas, que se não forem devidamente combatidas, podem degenerar-se em trombose hemorroidária.
Para combater essa enfermidade, o paciente precisa decidir-se por mudanças profundas em seus hábitos alimentares e estilo de vida.

As bebidas alcoólicas, os alimentos condimentados, as frituras, os alimentos cárneos e os embutidos devem ser eliminados da dieta.
Evite massas brancas em geral (pães, biscoitos, bolos, macarrão), doces, refrigerantes, açúcar refinado, mandioca, batata inglesa, feijões, leguminosas, maçãs etc.

A dieta ideal é composta de alimentos ricos em FIBRAS e inclui em cada refeição no mínimo um alimento laxante - por exemplo, mamão, purês de abóbora, beterraba crua ou cozida, laranja etc.; use legumes e verduras crus em abundância, tendo o cuidado de mastigar muito bem os alimentos sólidos.

Para combater o sedentarismo, faça caminhada matinal descalço sobre a grama úmida e outros exercícios físicos moderados. Beba água pura e fresca abundantemente.

TRATAMENTOS

Hortaliças
Acelga • Chá das folhas (30 g para 1 litro de água). Tomar 4 xícaras ao dia.
• Fazer compressas locais com as folhas amassadas, em forma de pasta, 3 vezes ao dia.
Alface • Chá das folhas e talos (80 g para 1 litro de água). Tomar 4 xícaras ao dia.
• Incluir salada de alface nas refeições.
Pepino • Compressa local com sementes amassadas, em forma de pasta. Acrescentar um pouco de água. Renovar a compressa a cada 30 minutos.
Repolho • Compressa das folhas amassadas, em forma de pasta, 3 vezes ao dia.
• Amassar folhas de repolho juntamente com água e tomar 1 colher (sopa) a cada hora.

Frutas
Banana • Compressa local com seiva da bananeira. Para extrair a seiva, fazer um corte na bananeira e aparar com um vasilhame.
Melão • Preparar supositório com a polpa da fruta e utilizar uma vez por dia.
Mamão • Suco diluído em água. Tomar 250 ml a cada 2 horas e meia.

Plantas
Alecrim, Boldo, Camomila e Carqueja • Chá combinado (40 g para 1 litro de água). Tomar 1 xícara após o almoço.
Babosa • Preparar supositório com a polpa das folhas e utilizar uma vez por dia.
Cabelo-de-milho, Cavalinho, Chapéu de Couro e Quebra pedra • Chá combinado (40 g para 1 litro de água). Tomar 4 xícaras ao dia.
Cacaueiro • Aplicar manteiga de cacau sobre as feridas, à noite ao deitar-se.

---------------------------

Causas hemorróidas.

Hemorróidas são causadas por alterações estruturais de suas paredes como diminuição das fibras musculares, em que se acredita haver influência hereditária, tornando-as mais fracas e susceptíveis de se dilatarem, quando condições que aumentam a pressão hidrostática em seu interior se fizerem presentes como esforços repetidos e a gravidez..
As hemorróidas podem surgir após um esforço para defecar ou decorrente da prisão de ventre.
Outras situações que favorecem o surgimento das hemorróidas são:
Obstipação, vulgarmente conhecida como prisão de ventre;
Gravidez: em virtude da pressão que o feto exerce sobre as veias da parte inferior do abdómen;
Obesidade: o excesso de peso também aumenta a pressão nas veias abdominais;
Vida sedentária: diminui o estímulo para a digestão dos alimentos e a irrigação sanguínea do ânus;
Componente genético: casos de hemorróidas na família podem indicar predisposição para desenvolver a doença. O inverso também é possível, isto é, desenvolvimento de hemorróidas sem que haja precedentes familiares;
Dieta pobre em fibras e pequena ingestão de líquidos;
Sexo anal: pode produzir fissuras numa região muito vascularizada.

Sintomas
Comichão provocada por inchaço das veias o que aumenta a tensão sobre as terminações nervosas;
Sangramento resultante do rompimento das veias anais (sinais de sangue aguado ou manchas de sangue perceptíveis na roupa íntima ou no papel higiénico);
Dor ou ardor durante ou após a evacuação;
Saliência palpável no ânus.

------------------------------

Tratamento, remédios para hemorróidas, medicamento, pomada e prevenção.

TOs tratamentos para hemorróidas variam em custo, eficiência e risco. Para muitas pessoas as hemorróidas são um problema moderado e temporário, que sara espontaneamente pelos mesmos métodos recomendados para sua prevenção.

Não há remédios que curem hemorróidas mas tratamentos locais que podem dar alívio temporário, como banho quente, usar bidet, compressa fria e analgésico tópico.

O uso consistente de medicamentos em forma de pomada durante os primeiros estágios de crise de hemorróida também provê alívio e pode prevenir desenvolvimento posterior e irritação. Porém, pomadas contendo preparações com esteróides enfraquecem a pele e podem contribuir para crises posteriores de hemorróida.

Mantenha a área limpa e seca com alguma lubrificação provida pelas pomadas para hemorróida ou lubrificante. Alguns ungüentos ou supositórios também podem aliviar os sintomas.

Prevenção de hemorróidas

A prevenção das hemorróidas inclui beber mais fluidos, ingerir mais fibras alimentares (frutas, verduras e cereais são ricos e fibras), praticar exercícios físicos e ter melhor postura corporal. Pessoas que sofrem com hemorróidas devem evitar usar laxantes.

Vestir roupa apertada também contribui para a irritação. Tônus muscular fraco na região promove o desenvolvimento de hemorróidas.

Tratamento natural para hemorróidas

Algumas pessoas afirmam ter sucesso com tratamento natural para hemorróidas. Esses procedimentos naturais considerados de mais sucesso parecem muito com as medidas preventivas contra hemorróidas.

Entretanto, auto-medicação com remédios naturais não deve ser feita sem consentimento médicos. Os tratamentos naturais contra hemorróidas podem incluir:
* Reduzir a pressão na região melhorando a postura e tônus muscular. Em casos mais severos passar por uma profunda reeducação psicofísica.
* Tomar suplementos alimentares e herbais que poderiam fortalecer as paredes das veias, como bromelaína, aesculus e aloe.
* Aplicações tópicas de adstringentes naturais como aloe vera, mel e gerânio.
* Beber chá de camomila.
* Ingerir alimentos ricos em fibras.
* Para aqueles com hemorróidas causadas por circulação ruim nas veias, dormir com as pernas elevadas.

Tratamentos cirúrgicos para hemorróidas e sem medicamentos

Algumas pessoas requerem os seguintes tratamentos para hemorróida crônica ou severa:

* Ligadura elástica - Banda elástica de borracha é colocada em uma hemorróida interna para cortar seu suprimento de sangue.

* Corrente galvânica - Dissecação da hemorróida por corrente elétrica.

* Escleroterapia - Agentes esclerosantes ou enrijecedores são injetados dentro da hemorróida fazendo com que as paredes da veia colapsem e a hemorróida encolha.

* Criocirurgia - Uma ponta congelada é usada para destruir os tecidos de hemorróida.

* Laser ou infravermelho - Raios laser ou infravermelhos são usados para cauterizar os tecidos afetados.

* Hemorroidectomia - Procedimento verdadeiramente cirúrgico que remove as hemorróidas.

* Enema - Prática usada para limpar o reto injetando água.

* Ligação das artérias hemorroidais guiada por Doppler.
------------------------

Acho que estou com hemorroidas. O que são elas?

As hemorroidas são varizes no reto. Se você anda sentindo muita coceira na área -- dolorida ou não -- e notou até sangue, provavelmente você está com hemorroidas. Mas também há a possibilidade de você ter apenas pequenas fissuras no ânus, causadas pela prisão de ventre.

É comum ter hemorroidas na gravidez?
Sim, até 50 por cento das grávidas sofrem com hemorroidas durante a gestação ou depois de dar à luz. Caso você tenha tido hemorroidas antes da gravidez, pode ser que tenha de novo, embora muitas mulheres realmente só sofram com o problema pela primeira vez quando estão grávidas.

É possível também que elas apareçam durante o segundo estágio do trabalho de parto, quando você estiver fazendo força. De qualquer forma, você vai ver que elas tendem a se resolver sozinhas depois de o bebê nascer.

Por que estou com hemorroidas?
Há provavelmente dois fatores: seu fluxo de sangue aumentado e a prisão de ventre.

A gravidez torna as mulheres mais suscetíveis a hemorroidas, varizes e até sangramento nas gengivas devido ao aumento da quantidade de sangue circulando no corpo. Com isso as veias se dilatam, e especialmente as que se encontram abaixo do nível do útero têm propensão a ficar mais inchadas devido à pressão.

A prisão de ventre, fenômeno que geralmente acompanha a gravidez, também pode causar ou agravar as hemorroidas.

Como posso me prevenir contra as hemorroidas?
Mesmo que as grávidas tenham maior chance de ter hemorroidas, elas não são inevitáveis! Ajude seu corpo a funcionar bem, não adie as idas ao banheiro e tampouco passe tempo demais sentada no vaso sanitário (apesar da vontade de aproveitar para relaxar ou finalmente arranjar tempo de dar uma olhada na revista).

Agora, o jeito mais eficaz de tentar impedir as hemorroidas é evitando a prisão de ventre. Para isso, coma uma dieta rica em fibras, beba bastante água (cerca de oito copos por dia) e tente se exercitar com regularidade, mesmo que você só tenha tempo para uma rápida caminhada.

Pratique diariamente exercícios para os músculos da região vaginal e pélvica. Para isso, tensione os músculos ao redor da vagina e do ânus e prenda por oito a dez segundos antes de relaxar. Repita 25 vezes.

Esse tipo de exercício não só aumenta a circulação na área do reto (diminuindo portanto as chances de desenvolver hemorróidas) como também fortalece os músculos da vagina e do períneo, algo que ajudará tanto no parto como na recuperação pós-parto.
------------------------

Como cuidar das hemorroidas? .

Tome um banho morno de banheira ou faça banhos de assento. Isso vai aliviar a coceira e a dor.

Depois de evacuar, limpe bem a área afetada, de preferência com água morna e se secando com uma toalhinha de algodão (o papel higiênico costuma irritar ainda mais a região). Algumas mulheres optam por usar lenços umedecidos. Outra dica é lavar a região com chá de camomila. Prepare o chá e deixe num borrifador no banheiro. O chá pode ser mantido por sete dias no borrifador.

Há grávidas que recomendam compressas de gelo, enquanto outras consideram que o calor dá mais alívio. Experimente as duas coisas para decidir qual é melhor para você.

Diminua a pressão da área retal para reduzir as chances de ter hemorroidas ou para aliviar a dor, caso elas já tenham aparecido. Evite se sentar ou ficar de pé por períodos prolongados e deite de lado, não com a barriga para cima.

Peça para seu médico uma recomendação de pomada ou supositório. Há muitos produtos no mercado, mas não deixe de trocar uma ideia com o obstetra antes de comprar qualquer um.

Se estiver doendo demais ficar sentada, use uma almofada especial com um furo no meio (à venda em lojas de artigos médicos), ou adapte uma boia de criança ou uma almofada de amamentação, evitando apoiar o peso do corpo na área dolorida.

Quando devo ligar para o médico?
Fale com o médico se seus esforços para tratar do problema não ajudarem, ou se notar sangramento. Em alguns casos, uma pequena cirurgia para a retirada das hemorroidas é necessária após o fim da gestação. Embora as hemorroidas sejam a causa mais comum de sangramentos retais, isso não pode deixar de ser avaliado por seu médico. Mas não se preocupe, as hemorroidas costumam diminuir ou desaparecer completamente uma vez que o bebê nasça.

-------------------------

Plantas medicinais que combatem hemorroidas.

Hemorroidas são um terrível e incômodo problema. Afeta a evacuação, incomoda e provoca sangramentos.Caracteriza-se por uma bola na região do ânus que atrapalha a evacuação, deixando o intestino muito sensível e em desequilíbrio. As plantas medicinais estão para resolver o problema das hemorroidas, que tanto incomoda, e solucionam muito bem assim como outros problemas.

Chá (Thea sinensis): da família das Teáceas, é uma planta arbórea de origem asiática, que pode atingir 10 metros de altura no seu estado selvagem. Cultivada, não ultrapassa os 2 metros de altura, pois é podada frequentemente de modo a desenvolver uma folhagem que forme mesas de colheita.

As folhas são alternadas, persistentes e verdes, e as flores podem ser brancas ou amareladas. As folhas (as melhores são as mais finas e jovens) são utilizadas para preparar infusões, chamadas igualmente de chá. O chá pode ser distinguido em duas variedades, diretamente ligadas ao processo de secagem: o verde e o preto.

Receita à base de chá contra hemorroidas: faça um chá bem forte, 1 xícara (chá) de ingredientes para cada litro de água, ferva por 2 minutos, deixe amornar tampado e coe. Aplique com lavagens com clister e em banhos de assento.

Dente-de-leão (Taraxacum officinale): trata-se de uma pequena planta herbácea vivaz da família das asteráceas, que pode medir entre 5 e 30 centimetros de altura. Muito comum em toda a Europa, cresce espontaneamente em campinas, passeios e à beira de estradas, sendo considerada uma erva daninha.

O nome desta planta persistente deve-se ao formato das suas folhas basilares, serrilhadas e alongadas (semelhantes aos dentes de um leão).

A raíz é carnuda e leitosa e as flores amarelo-douradas crescem em hastes moles e ocas, abrindo só quando há sol. As flores desabrocham na primavera e, após a maturação, surgem os pequenos globos plumosos. Estes contêm sementes que se separam das hastes apenas com uma brisa, ficando a flutuar no ar como plumas.

Bambu: a Bambusa vulgaris e suas variedades são originárias da Ásia, hoje cultivadas em todo o mundo. Os brotos, usados na alimentação, são cozidos como o palmito, servidos em sopas e saladas. O bambu combate a diarreia e protege a mucosa do estomago e dos intestinos.

Receita à base de bambu contra hemorroidas: cozinhe 1 xícara (chá) de galhos picados com folhas verdes e faça banhos de assento.

Cipreste: a Cupressus sempervirens e suas variedades são belas árvores arbustivas que não servem só para fazer excelentes cercas-vivas no jardim. Também são muito usadas na medicina popular europeia.

A inalação dos vapores de suas folhas faz bem para quem tem problemas nas vias aéreas e no aparelho respiratório. A casca dos ramos tem ação diurética e antirreumática. A resina dos frutinhos (bagas) é antidiarréica e vasoconstritora, servindo para tratar problemas do sangue, varizes, hemorroidas e candidíase vaginal (lavagens).

Receita à base de cipreste: tintura contra hemorroidas e varizes: coloque 1 xícara (café) de frutinhos em 1/2 litro de álcool de cereais misturado a 1/4 de litro de água filtrada e fervida; deixe repousar por 2 dias em recipiente escuro e tampado. Coe num pano e guarde em vidrinhos com conta-gotas. Tome 20 gotas por dia, diluídas em água, antes das refeições. O tratamento das hemorroidas inclui compressas locais de tintura - 10 gotas diluídas em 1 copo de água quente - e exposição aos vapores (20 gotas numa bacia com 1/2 litro de água bem quente).

Coco: o coco-da-baía (Cocus nucífera) na verdade veio da Ásia (Arquipélago Malaio) e foi introduzido no Brasil pelos portugueses. É mais um exemplo de alimentos que são remédios, pois sua polpa possui fibras que regularizam os intestinos e substâncias antissépticas que combatem diarreia e vermes.

Possui também alta concentração de potássio, sendo indicado para cardíacos e pessoas que estejam fazendo tratamento com diuréticos ou com corticoides, pois esses remédios reduzem os índices de potássio no sangue.

A polpa do coco verde também é usada no tratamento (por via oral e aplicações locais). A água também possui altas concentrações de potássio, atuando como ótimo remineralizante nos exercícios físicos. O leite é ainda usado em cosmética, para fazer máscaras faciais e bronzeadores, misturado com suco de cenoura ou com uma pitada de urucum.

Receita à base de coco contra hemorroidas: ferva 1 xícara (chá) de casca fibrosa picada do fruto durante 10 minutos; tampe, deixe esfriar e coe. Faça banhos de assento.

Importante: não faça uso destas plantas medicinais sem antes consultar o médico!
------------------------------


Chá e Chás

Tudo Sobre Emagrecer Emagrecedor.info