Chá e Chás

------------------------

Chá para colesterol.

Chá para Colesterol Alto

Combater os sintomas do colesterol alto é a meta de muitos. Por isso vamos postar aqui um Chá para colesterol alto a partir da erva sete sangrias, amplamente encontrada no Brasil. Entre as propriedades desta planta, está tonificar os vasos sanguíneos, liberar radicais livres e eliminar as toxinas do sangue, auxiliando o trabalho dos rins.

Você vai precisar para fazer o Chá para colesterol:

1 colher de chá sete sangrias picadas,
1 xícara de chá de água
Modo de Preparo:

Após ferver a água, coloque a sete sangrias picadas e deixe abafado por 10 minutos. Feito isso, coe o Chá para colesterol.

Posologia do Chá para colesterol

Beba uma xícara de Chá para colesterol por uma a três vezes ao longo do dia.

Outras dicas do Chá para colesterol.

Além de curar o colesterol alto, o Chá para colesterol pode auxiliar em problemas de pele como eczemas, furúnculos, psoríase, dermatites e outros problemas respiratórios e insônia.

Cuidados com Chá para colesterol.

Em excesso, pode causar diarréia!

------------------------

Erva mate combate colesterol ruim, diabetes e até emagrece.

O Chá para colesterol. provocou uma queda média de 10% a 12% no colesterol ruim durante uma pesquisa realizada pela UFSC.

Uma erva, muitas receitas e diferentes sabores de norte a sul do país. No Sudeste, a preferência é pelo mate gelado. Esta região consome 60% do chá industrializado no Brasil. No Sul, a erva-mate tem o doce sabor da tradição. Lá, ela é apreciada com água quente, na cuia. Você até pode tomar sozinho, mas bom mesmo é entrar em uma roda de chimarrão.
O padre Domingos Nandi ensaia o preparo. Não estava acostumado a tomar chimarrão porque não é da minha cultura, mas confesso que passei a gostar. Não é difícil. 'O gosto deste amargo te faz bem, faz bem para o colesterol também

Saúde comprovada em laboratório. Uma equipe da Universidade Federal de Santa Catarina estudou as propriedades e os efeitos da erva-mate durante três anos. Ao todo, 250 voluntários com problemas de colesterol e diabetes participaram da pesquisa.
A recomendação foi a mesma para todos: beber um litro de chá feito com mate tostado, por dia, divido em três xícaras dez minutos antes, durante ou depois das principais refeições.
A erva-mate, junto com estes alimentos, vai inibir a absorção do colesterol. Ou seja, o organismo absorve menos gordura, explica a pesquisadora Brunna Boaventura, da UFSC.
Os voluntários usaram saquinhos com duas colheres de sopa de erva tostada. Quando a chaleira começa a chiar é sinal de que a água está no ponto. Ela não pode ferver. Tem que ficar em torno de 90ºC.
A mistura deve descansar por alguns minutos. A bioquímica Cristiane Coelho fez tudo direitinho. No começo, foi mais difícil que eu achei um pouco amargo, mas depois de um mês já estava bem adaptada. Já estava até gostando do chá, diz.
Depois de 40 dias, Cristiane descobriu que teve um dos melhores resultados do estudo. O colesterol dela era considerado alto: passava de 190. Ao final da pesquisa, esse número baixou para 106.
Foi uma queda bem grande do nível do colesterol, passou para uma taxa normal", conta.
O chá provocou uma queda média de 10% a 12% no colesterol ruim. Nós encontramos voluntários que responderam bem à erva-mate e que a redução chegou a 40%", afirma o coordenador da pesquisa, Edson Luis da Silva.
Surpresa maior foi o efeito da erva em quem já tomava o remédio para o colesterol. A erva-mate potencializa o efeito do remédio porque os dois têm efeitos diferentes. Enquanto o medicamento diminui a produção do colesterol pelo organismo, a erva-mate diminui a absorção do colesterol que está nos alimentos", acrescenta Edson.
O colesterol de Domingos estacionou nas alturas. Vinte dias depois de começar a tomar a erva-mate, a taxa caiu de 268 para 198.
Se fosse dobrada a medicação para o colesterol, esta diminuição ia ser de no máximo 7%. Enquanto com a erva-mate foi quatro vezes maior esta redução do colesterol ruim", aponta Brunna.
Esta potencialização do medicamento provocada pela erva-mate pode levar no futuro à redução da dose do remédio para colesterol. Porém deve-se salientar que isso deve ser feito sempre com acompanhamento médico", ressalta Edson.
Os pesquisadores descobriram que a erva-mate tem um número de propriedades antioxidantes maior até que o chá verde.
Alguns resultados foram inéditos, como este, em nível celular, fazendo com que as células produzam, por exemplo, suas próprias substâncias antioxidantes, diz o pesquisador Marcos de Oliveira Machado, da UFSC.
Os antioxidantes combatem os radicais livres, que provocam o envelhecimento precoce. É possível acreditar que, a longo prazo, ocorra uma redução das doenças crônico-degenerativas, principalmente o envelhecimento precoce, alguns tipos de cânceres e o próprio diabetes, diz Edson.
Os voluntários com diabetes tomaram o chá-mate durante dois meses e tiveram uma queda média de 10% na produção da glicose.
Reduz as complicações do diabetes, que seriam as doenças cardiovasculares, doenças renais, problemas na visão e problemas nos nervos, afirma a pesquisadora Graziela Klein.
A princípio, qualquer pessoa pode tomar a erva-mate. Porém, algumas que são mais sensíveis a ela podem apresentar alguns efeitos colaterais, como, por exemplo, dor de estômago, irritação na boca, insônia e até mesmo taquicardia, alerta o professor Edson.
O mate é uma erva tipicamente brasileira. As maiores plantações estão no Sul do país. A produção chega a 200 mil toneladas por ano. As folhas verdinhas estão prontas para a colheita. É um processo delicado, feito de modo artesanal, galho a galho.
De qualquer forma, verde ou tostada, no chá gelado ou no chimarrão, a erva-mate mantém as propriedades que combatem o colesterol e o diabetes. Os pesquisadores só não sabem dizer qual o tamanho da redução, já que o estudo foi feito apenas com chá-mate quente tostado, consumido sempre junto com as principais refeições.
A gente escolheu a tostada justamente porque ela tem uma maior aceitação pelo público", explica a pesquisadora Brunna.
A verde é bem mais amarguinha, e a tostada é mais fácil de tomar, mais docinha", opina a bibliotecária Márcia Teixeira Pinto.
Doce foi a surpresa de Márcia quando subiu na balança dois meses depois de começar a tomar o chá. Ela conseguiu emagrecer quatro quilos só tomando o chá.
As substâncias presentes na erva-mate podem acelerar o metabolismo do organismo, provocando inclusive uma maior queima de gordura e, em última instância, uma diminuição do peso corpóreo", aponta Edson.
Este deve ser o futuro da erva-mate. Os pesquisadores estão testando cápsulas à base do extrato seco da erva. É uma forma de facilitar o consumo, já que nem todo mundo aprecia o gosto do chá. Fonte: g1.globo
-------------------------

O que faz o Colesterol subir?.

Carnes gordas e pele de aves; todo e qualquer embutido; frutos do mar; gema deovo; miúdos; doces, especialmente os recheados; leite integral e seus derivados eo sedentarismo.
O que faz o Colesterol descer?
Praticar atividades físicas; comer muitos legumes e relaxar. Alguns alimentostambém auxiliam na melhora dos níveis de colesterol.

A aveia é a campeã quandose trata de melhorar as taxas de colesterol, pois ela possui uma substância queimpede sua absorção. A ingestão de 2 a 3 dentes de alho por dia, crus ou cozidos(nunca fritos), pode reduzir os níveis de colesterol de 10 a 15%.

O morango (umaxícara por dia) e a laranja com bagaço ajudam a bloquear o mau colesterol. Alémdisso, comer 2 maçãs ao dia, com casca é um ótimo hábito anticolesterol.

Portanto,para prevenir as altas taxas de colesterol devemos fazer uma reeducaçãoalimentar e praticar atividades físicas no dia-a-dia.Algumas dicas para reduzir colesterol:Substitua os molhos gordurosos, manteiga ou margarina por ervas e pimentas aotemperar os alimentos.

Evite fritar os vegetais. Ao invés disso, de preferência a cozinhá-los em águaquente ou vapor. Ao comer carnes, escolhas suas partes magras e remova a gordura antes decozinhar. No caso do frango, retire a sua pele.

No lugar de fritar, dê preferência a grelhar ou assar peixe, carne e frango.

-------------------------

COQUETEL BAIXA-COLESTEROL.

COQUETEL BAIXA-COLESTEROL
5 cenouras½ maçã1 pedaço gengibre1 punhado de salsinha
SUCO DE BERINJELA
2 fatias deberinjela 2 unidades desuco de laranja 3 unidades decubo de gelo Alcachofra:• Cozinhar 2 unidades e tomar o caldo do cozimento.• Usá-Ia na alimentação na forma de saladas.Berinjela:• Suco diluído em água e limão. Tomar 250 ml pela manhã, em jejum.• Usá-Ia em saladas, crua ou cozida.Cebola:• Suco diluído em água. Tomar 1 xícara, 2 vezes ao dia.• Usá-Ia em saladas cruas, temperada com limão, alho e azeite de oliva.Cenoura:

Suco puro. Tomar 250 ml, 30 minutos antes das refeições. Jiló:

Suco diluído em água e limão. Tomar 250 ml pela manhã, em jejum.
FRUTAS
: Maçã, Mamão, Pêra - Fazer refeições exclusivas 3 vezes por semana.Carqueja• Chá das folhas (40 gramas para 1 litro de água). Tomar 4 xícaras ao dia.

---------------------------

Chás que combatem o colesterol.

A seguir damos algumas receitas para lutar contra o colesterol, são chás que combatem o colesterol. Existem vários tipos de chás possíveis e você pode escolher dependendo de seus gostos pessoais.
O chá verde é um poderoso aliado anti colesterol. Esta bebida faz-se em base à alcachofra, que é uma planta herbácea rica em taninos, mucilagens e vitaminas A, B, C. Utiliza para diminuir os níveis do colesterol, e também, para combater o excesso de ácido úrico no sangue.

Outra opção muito recomendada é o chá de alho, uma excelente solução depurativa. Esta planta evita que a gordura se deposite nas artérias. Seu efeito combina-se com a raiz de gengibre, muito empregada em chás para favorecer a circulação sangüínea.
Ingredientes
3 dentes de alho
1 pedaço de raiz de gengibre
1 colher de mel
Preparação
Parte os dentes de alho em 4 pedaços. Ferve-os em 2 canecas de água junto à raiz de gengibre. Retira do fogo e deixa-o repousar durante uns minutos. E adoce com mel. Para seu consumo, recomenda-se bebe uma caneca de chá pela manhã e outra pela noite.

------------------------------

chás para baixar colesterol.

CHÁ PRETO: O chá preto (principalmente o toucha) é quase tão eficiente na redução dos níveis de colesterol no sangue quanto remédios ocidentais. Isto foi comprovado em pesquisas da Universidade de Kunming, na China, realizadas com pacientes hipertensos e com problemas coronarianos.

CHÁ VERDE: Segundo o médico Flávio Rotman, autor de "Coronárias sem infarto" (Editora Record), o chá verde diminui o colesterol, fortalece o coração, é antigripal, previne o derrame e a formação de pedras na vesícula e nos rins, além de normalizar a função da tireóide e regenerar a pele.

VITAMINAS: Além de polifenóis, os chás tradicionais, principalmente o PRETO, contêm betacaroteno, tiamina (vitamina B1), riboflavina (B2), vitamina C, vitamina B6 (essencial para o metabolismo de proteínas) e ácido fólico, importante para a divisão celular. Os chás são ricos ainda em magnésio e potássio. O primeiro é importante para os ossos. Já o potássio é vital para os batimentos cardíacos, os músculos e os nervos.

TANINOS: O tanino do CHÁ VERDE protege a parede do intestino e ataca bactérias nocivas. O chá verde contém ainda uma substância que inibe uma enzima habitualmente associada ao desenvolvimento de câncer de intestino, esôfago, pulmão e pele.

ASMA: Uma das substâncias do chá verde é a teofilina. Segundo Rotman, ela ajuda a dilatar os brônquios, melhorando a respiração dos asmáticos.

CÁRIE: Uma xícara de chá por dia diminui o risco de cárie. A proteção é maior quando se fazem bochechos com a bebida.

CAFEÍNA: Para diminuir a quantidade de cafeína do chá, derrame água fervendo nas folhas e deixe por 30 segundos, antes de preparar a bebida.
------------------------

COMO DIMINUIR O COLESTEROL?

O colesterol é fundamental para garantir a vida. O corpo precisa dele para produzir hormônios sexuais, bile, vitamina D, membranas celulares e bainhas dos nervos. O fígado produz aproximadamente um grama de colesterol por dia, que é a quantidade suficiente de que o corpo necessita.

Muitos fatores como exercícios físicos, predisposição genética, sexo e outros componentes da alimentação influenciam o modo como o corpo humano processa o colesterol. Algumas pessoas podem consumir grandes quantidades e ainda assim conseguem manter os níveis de colesterol no sangue, enquanto outras ingerem muito pouco, mas apresentam alto teor de colesterol no sangue. Para verificar os níveis de colesterol no sangue, o médico primeiramente mede a quantidade total existente em um decilitro de sangue, sendo aceitável qualquer quantidade abaixo de 200 miligramas por decilitro.

Os órgãos de saúde recomendam mudanças nos hábitos alimentares de pessoas que têm um colesterol total acima de 200 mg. A redução no consumo de gorduras saturadas é o método mais eficaz. Uma dieta que restringe o consumo de gorduras a 20%, ou menos, do total de calorias e que limita as gorduras saturadas a 7%, ou menos, pode baixar o total de colesterol no sangue em cerca de 14%. Seu médico solicitou um exame e você descobriu que seu colesterol está mais alto do que devia? Bem, a notícia ruim é que você vai ter um baita trabalho para reeducar seus hábitos alimentares. A boa, é que isso não é tão difícil quanto parece para a maioria das pessoas.

Antes de mais nada, é preciso entender o que é o colesterol. Podemos dizer, em termos populares que o colesterol é a "gordura" presente no sangue. É muito importante para o funcionamento do organismo. Mas, como as demais coisas no mundo, torna-se nocivo em excesso.

Você provavelmente já deve ter ouvido falar de colesterol bom e de ruim. Tratam-se do HDL e do LDL, respectivamente. Cerca de 70% do colesterol presente em nosso corpo é produzido pelo fígado e encontra-se em sua maioria na bílis. O HDL é de alta densidade enquanto o LDL, possui densidade baixa. É aí que a diferença é crucial: o colesterol bom não é absorvido pelas células, e ainda ajuda a retirar o excesso do mesmo. Já o LDL surte o efeito inverso, sendo extremamente perigoso.

Quem quer diminuir o colesterol deve ficar longe de alimentos gordurosos. É bom evitar alimentos como frutos do mar, carnes gordurosas (sobretudo carne vermelha, miúdos e nada de embutidos como mortadela, presunto, salsicha ou similares).

Dentre os laticínios, troque o leite e o iogurte integrais por seus correspondentes desnatados. O queijo branco também deve substituir os queijos cremosos e amarelos.

Uma grande vilã, que pode aumentar drasticamente os níveis de colesterol é a gema do ovo. Tente reduzir a ingestão da mesma e de alimentos preparados com ela. Em algumas receitas, pode-se substituir a gema por duas claras.

Use e abuse das frutas e vegetais. Mas cuidado pois há exceções, como o abacate e o coco.

Medidas
Exercitar-se regularmente, emagrecer e controlar o nível de estresse são medidas que podem reduzir o colesterol.
Durante os anos reprodutivos, as mulheres não desenvolvem doenças coronarianas devido ao estrogênio. Novas pesquisas indicam que a reposição hormonal pós-menopausa estende essa proteção até a velhice.
O consumo moderado de álcool - definido como 30g por dia para mulheres e 60g para homens, reduz o risco de ataques cardíacos.
Se as mudanças na alimentação e estilo de vida não conseguirem reduzir o colesterol no sangue, deve-se recorrer à prescrição de medicamentos.

Alimentos que podem elevar o colesterol

Margarina e manteiga vegetal, ricos em gorduras saturadas e ácidos graxos.
Carnes ricas em gordura, como bife, bisteca de porco ou carneiro, hambúrgueres, bacon, salsicha, salame e outros frios.
Biscoitos, bolos, massas folhadas e chocolates, principalmente os preparados à base de óleo de coco ou de palma.
Laticínios como o queijo, o creme de leite e a manteiga, ricos em gorduras saturadas.

Alimentos que podem reduzir o colesterol

Pão integral, pão de centeio e pães e bolos de grãos variados.
Frutas como laranjas, maçãs, peras, bananas e frutas secas como damascos, figos e ameixas.
Flocos de aveia e compostos de cereais que contenham farelo de aveia ou de arroz, assim como tofu e outros derivados da soja.
Vegetais como cebola, alho, milho, vários tipos de feijão e outras leguminosas.

Seguir essas dicas pode ajudar muito. Mas somente o seu médico é capaz de avaliar com precisão o que é melhor para você. Visite-o antes de começar qualquer dieta.
------------------------------


Chá e Chás

Tudo Sobre Emagrecer Emagrecedor.info