Chá e Chás

------------------------

Chá espinheira santa.

O Chá espinheira santa é conhecida também como cncerosa, cancorosa, cancorosa-de-sete-espinhos, cancrosa, cangorça, coromilho-do-campo, erva-cancerosa, espinho-de-deus, espinheira-divina, limãozinho, maiteno, marteno, pau-josé, salva-vidas, sombra-de-touro. É uma espécie amplamente utilizada na medicina popular, conhecida pelos índios há muitos anos, ganhou esses nomes justamente pela aparência de suas folhas, que apresentam espinhos nas bordas e por ser um "santo remédio" para tratar vários problemas.

Na medicina popular o Chá espinheira santa das folhas, das cascas ou das raízes da espinheira-santa é famoso no combate à úlcera e outros problemas estomacais. Além de indicado contra vários males do aparelho digestivo, era muito usado no passado pelos índios brasileiros com outra finalidade: eles usavam suas folhas no combate a tumores (esse uso pode ter gerado um dos seus nomes populares: erva-cancerosa). Estudos mostram a indicação popular também como depurativo do sangue e no tratamento de diabetes, problemas no sistema urinário e problemas intestinais.

Em uma ampla revisão sobre o uso tradicional do Chá espinheira santa, Scheffer (2004) cita ainda, como indicação popular, o uso desta espécie como anticonceptivo, abortivo, anti-séptico, anti-espasmódico, diurético, anti-asmático, anti-tumoral, laxativo, cura do vício da bebida e enfermidades do fígado, para tratar a hidropisia devido ao abuso do álcool e para reduzir a produção de leite em quem amamenta.
Atualmente a espinheira santa já é manipulada pela indústria farmacêutica na produção de vários medicamentos e é sempre bom lembrar que sua utilização deve ser feita por indicação médica e não pela auto-medicação.

Chá espinheira santa e uma árvore pequena, ramificada desde a base, medindo até cerca de cinco metros de altura, com distribuição nos estados do sul do país, nos sub-bosques das florestas de Araucária nas margens dos rios. Ocorre também nos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, porém em baixa freqüência. Também no Paraguai, Bolívia e Leste da Argentina.

O número de sementes por fruto varia de um a quatro, tendo sido observada uma variabilidade altamente significativa para este caráter dentro da espécie, é uma planta que produz frutos pequenos e vermelhos.

A espécie prefere solos úmidos em ambientes ciliares e, também, desenvolve-se bem sob luz difusa, no interior de sub-bosques, onde a floresta não é muito densa, bem como a pleno sol.

É uma excelente espécie para o plantio com fins econômicos, visando a extração de suas folhas e pode muito bem ser utilizada em Sistemas Agroflorestais.

Para a Associação de Preservação do Meio Ambiente e da Vida (Apremavi) essa é uma espécie prioritária para ações de conservação e uso sustentável.

Espinheira Santa
Nome cientifico: Maytenus ilicifolia (Schrad.)
Família: Celastraceae
Utilização: altamente medicinal e também muito utilizada como paisagismo.
Coleta de sementes: diretamente da árvore quando começar a queda espontânea das árvores.

------------------------

Que é a Espinheira Santa?.

Que é a Espinheira Santa? A Espinheira-Santa (Maytenus spp) é uma planta medicinal bastante utilizada no Brasil, cujo nome advém da aparência de suas folhas e por ser considerado um santo remédio em linguagem popular, é também conhecida como Salvavidas, Coro-milho-do-campo, Espinho de Deus, Maiteno, Sombra-de-Touro, Congorça, e Cancerosa. Nestas denominações, incluem-se as espécies Maytenus aquifolia Mart., Maytenus ilicifolia Mart., Maytenus oxyodonta Reiss.

e Maytenus briquetii Loes. Todas pertencem à família Celastraceae e são nativas da América do Sul.
Para Que Serve a Espinheira Santa?
Usos Tradicionais: acne, atonia gástrica, azia, dispepsia, câncer, controle de natalidade, eczema, gases, gastriste, herpes, inflamação, úlcera gástrica, mau-hálito, ulcerações, vômitos.

Propriedades Medicinais: adstringente, analgésica, antiácida, antiasmática, antiespasmódica, antidispéptica, antiinflamatória, antiulcerogênica, anti-séptica, antitumoral, aperiente, carminativo, cicatrizante, colagoga, digestiva, emenagoga, laxativa.

As partes utilizadas da Espinheira-Santa são as folhas, que podem ser administradas em forma de chá, cápsulas com extrato seco, tinturas e extrato fluido. Além do uso interno, pode-se fazer uso tópico do chá ou de unguentos da planta, de forma minimizar dores de ferimentos e facilitar a cicatrização.

A Espinheira-Santa está na lista de medicamentos fitoterápicos oferecidos pelo SUS (Sistema Único de Saúde) devido ao largo uso na medicina popular e comprovada eficácia principalmente no tratamento de problemas digestivos (com eficácia equivalente à obtida com a cimetidina e ranitidina), que está relacionada à presença de taninos nas folhas da planta. A Espinheira-Santa, como serve também para beneficiar a digestão, pode ajudar pessoas a emagrecer, principalmente aquelas que possuem distúrbios digestivos.

Os taninos têm poder cicatrizante de lesões ulcerosas no estômago por controlar a produção de ácido clorídrico neste; poder antiséptico por paralisar as fermentações gastrintestinais, inclusive os efeitos da Helicobacter Pylori causadora de úlcera gástrica; e analgésico por aliviar as dores ao corrigir as funções estomacais e ao facilitar a eliminação de gases.

A Espinheira-Santa mostra-se ainda mais poderosa ao ser capaz de inibir alguns tipos de cânceres, como o câncer de pele e o câncer gástrico ao combater a Helicobacter Pylori, bactéria também causadora deste mal. Seus componentes principais são terpenos, triterpenos, taninos, flavonóides, mucilagens, antocianinas, açúcares livres e traços de sais minerais. Seu efeito laxativo deve-se à mucilagem presente na planta; já o diurético, aos triterpenos.

Benefícios do Chá de Espinheira-Santa
Na forma de chá, para tratamento de úlceras e dispepsias, a Espinheira-Santa deve ser ingerida antes das refeições principais ou a critério do médico. Sua utilização em excesso, porém, pode causar náuseas. Um exemplo de forma de preparo da Espinheira-Santa em forma de chá trata-se de misturar 20 gramas de folhas secas e rasuradas da planta à 01 litro de água fervente e abafar por alguns minutos.

Efeitos Colaterais e Contraindicações
A planta foi muito utilizada por índios sul-americanos como abortivo e para evitar a gravidez, propriedades que podem ser comprovadas devido ao feito de promover contrações uterinas e até de dificultar a implantação do embrião na parede do útero. Portanto, é <span style="text-decoration: underline;">contraindicada para mulheres que desejam engravidar ou estejam em fase de gestação</span>.

Planta Medicinal do SUS
A Espinheira-Santa (Maytenus spp) faz parte da Relação Nacional de Plantas Medicinais de Interesse ao SUS (RENISUS), constituída de espécies vegetais com potencial de avançar nas etapas da cadeia produtiva e de gerar produtos de interesse do Ministério da Saúde do Brasil. A finalidade da RENISUS é subsidiar o desenvolvimento de toda cadeia produtiva relacionada à regulamentação, cultivo/manejo, produção, comercialização e dispensação de plantas medicinais e fitoterápicos.
-------------------------

Informações sobre Espinheira-Santa.

saúde.
Informe seu médico a ocorrência de gravidez2 na vigência do tratamento ou após o
seu término. Informar ao médico se está amamentando.
Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a
duração do tratamento.
Não interromper o tratamento sem o conhecimento do seu médico.
Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis. Algumas pessoas
podem apresentar sensação de boca seca, náusea3 e gastralgia, que desaparecem
com o uso contínuo do medicamento.
TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.
A administração concomitante de espinheira- santa com bebidas alcoólicas e outros
medicamentos não é recomendada, pois não existem estudos disponíveis sobre as
interações medicamentosas deste fitoterápico.
Este fitoterápico é contra- indicado às pessoas com hipersensibilidade à espinheirasanta.
Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda- se descontinuar o uso e
consultar o médico.
Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início,
ou durante o tratamento.
Não deve ser utilizado durante a gravidez2 e a lactação4.
NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER
PERIGOSO PARA A SAÚDE.

INFORMAÇÃO TÉCNICA - ESPINHEIRA-SANTA

ESPINHEIRA- SANTA HERBARIUM é constituída pelo extrato seco de espinheirasanta
(Maytenus ilicifolia), padronizado em taninos.
A espinheira- santa demonstrou provocar um efeito protetor no desenvolvimento de
úlcera gástrica1 em animais experimentais, equivalente àquele obtido com cimetidina
e ranitidina.
Embora alguns trabalhos tenham indicado que a atividade antiúlcera poderia ser
explicada pela presença de princípios ativos inibidores da bomba de prótons, etapa
final das vias reguladoras da secreção ácida gástrica, seu mecanismo de ação
terapêutica ainda não está totalmente esclarecido. Sugere- se que a atividade
farmacológica ocorre por via sistêmica, visto que os estudos em ratos demonstraram
que tanto a administração oral, quanto a administração intraperitonial, produziram
o mesmo efeito protetor à mucosa5 gástrica.

INDICAÇÃO - ESPINHEIRA-SANTA

Auxiliar em casos de úlceras6 gástricas e dispepsias.

CONTRA-INDICAÇÕES - ESPINHEIRA-SANTA

Pessoas com hipersensibilidade à espinheira- santa, gravidez2 e lactação4.

PRECAUÇÕES E ADVERTÊNCIAS - ESPINHEIRA-SANTA

Em caso de hipersensibilidade ao produto, recomenda- se descontinuar o uso econsultar o médico.

-------------------------

Espinheira santa emagrece.

Muitos pessoas  se perguntam se a espinheira santa emagrece, mas a verdade é que até hoje não se  ouviu estudos que comprovassem que ela emagrece. Em compensação o chá da espinhara santa é muito conhecido no mundo das ervas medicinais por ser ótimo  no combate a ulcera e outros problemas do estomago. Desde muitos anos atras os índios brasileiros já faziam uso da espinheira santa para diversos fins.
A espinheira santa pode ser encontrada com diferentes nomes como cancerosa. Dizem que esse nome pode tercido por causa dos índios que usavam a espinheira santa para tratar tumores. Já esse nome espinheira santa é por causa de sua folhas ser cheia de espinhos e o (santo) é por causa dela ser um remédio milagroso.

Hoje em dia você pode encontrar as substancia da espinheira santa em diversos medicamento. Mesmo a espinheira santa em sua forma natural pode o carretar em riscos a saúde por isso não faça uso dela sem a prescrição de um medico.

Existem diversas plantas e ervas naturais que podem te ajudar a perder peso, se ficou interessado considere ler os seguintes artigos abaixo

Chá verde emagrece

gengibre emagrece

pimenta emagrece

E você achá que a espinheira santa emagrece?

---------------------------

Beba chá para emagrecer.

O chá é o novo queridinho das dietas emagrecedoras. Antes de tudo, é importante lembrar que sozinho o chá não faz milagre.

Você precisa associá-lo a uma dieta, e não adianta tomar um chazinho desintoxicante para livrar o organismo das toxinas que impedem o emagrecimento, e comer alimentos industrializados, cheios de corantes e conservantes.

O açúcar refinado, por exemplo, é repleto de aditivos químicos. É melhor trocá-lo pelo mascavo ou pela estévia, recomenda o médico Rodrigo Rodrigues.
O importante é tomar pelo menos seis xícaras de chá por dia, mas não há restrições se você quiser tomar mais algumas xícaras.

O importante é não deixar de ingerir uma xícara de cinco a dez minutos antes de cada refeição, incluindo café da manhã, ceia e lanche.

Assim, além do efeito terapêutico da erva, o chá dá uma sensação de saciedade, amenizando a fome, o que facilita controlar a quantidade de comida colocada no prato. ------------------------------

Espinheira-santa ou Maytenus spp.

A espinheira-santa é cicatrizante em caso de úlcera péptica, gastrite e dispepsia. É indicada para azia, gases, inflamação intestinal, hepatite, insuficiência hepática, doenças dos rins e bexiga, anemia, fraqueza, acne e eczemas.

Nos casos de acne, eczema, ulcerações e herpes, pode-se também fazer compressa de chá quente no local.

COMO FAZER O CHÁ

Coloque em infusão, em um litro de água fervente, duas colheres de sopa da erva. Quando ferver, desligue o fogo, tampe e deixe amornar. Coe antes de beber – duas a três xícaras ao dia.

CONTRA-INDICAÇÕES
O uso interno em crianças e mulheres grávidas é contra-indicado.
------------------------

Espinheira-santa – benefícios

Muito usada na medicina popular, a planta, que já era utilizada pelos índios há muito tempo, tem esse nome por causa de suas folhas, que tem pontas, lembrando espinhos e por ser considerada um santo remédio! A espinheira-santa (Maytenus ilicifolia) também é chamada por outros nomes: cancorosa, cancerosa, cancorosa-de-sete-espinhos, coromilho-do-campo, erva-cancerosa, cangorça, espinho-de-deus, limãozinho, espinheira-divina, marteno, pau-josé, maiteno, salva-vidas e sombra-de-touro.
É uma árvore de porte pequeno, chega aos cinco metros de altura, ramificada e produz pequenos frutos vermelhos. Tem fácil adaptação a solos mais úmidos, pode se desenvolver entre outras árvores, como o interior de bosques não muito densos ou a pleno sol. É ótima escolha para ações de conservação e uso sustentável.
Partes utilizadas da espinheira-santa

Costumam ser utilizadas as folhas, as cascas e as raízes da espinheira-santa no preparo de chás medicinais, infusões que tanto podem ser usadas interna quanto externamente, para tratamentos cicatrizantes de pele.
Os índios brasileiros sempre utilizavam a espinheira-santa para combater tumores e daí veio um dos seus nomes populares: erva-cancerosa. Na medicina popular, esta planta é indicada para dezenas de enfermidades, especialmente do aparelho digestivo.
Atualmente, após inúmeros estudos que comprovaram seus benefícios à saúde, a espinheira-santa passou a ser manipulada pela indústria farmacêutica na formulação de medicamentos.
Conheça seus principais benefícios

Seu poder diurético ajuda no emagrecimento | Imagem: Reprodução
Vamos conhecer agora, quais são as mais comuns indicações de uso da espinheira-santa:
Combate úlcera de estômago;
gastrite;
males do aparelho digestivo;
trata tumores;
anticonceptivo;
antisséptico;
antiespasmódico;
diurético (acaba com a retenção de líquidos, o que ajuda a emagrecer);
antiasmático;
antitumoral;
laxativo;
ajuda a combater o vício do álcool;
enfermidades do fígado;
reduz a produção de leite nas lactantes;
trata a hidropisia pelo abuso do álcool;
abortivo.
cicatrizante.
O consumo desta planta é proibido às gestantes, já que é abortiva e às lactantes, já que reduz a produção de leite. É utilizado para este fim por quem está parando de amamentar.
------------------------

Chá de espinheira santa – Benefícios e dicas.

A espinheira santa é uma erva muito usada para tratamentos fitoterápicos. Sua aparência não é assim tão bonita e convidativa, ela possui uma folha de cor verde escura, bastante dura e ainda é rodeada de espinhos. Porém, seus benefícios para a saúde são imensos.

A plantinha também é conhecida pelos nomes de espinho de Deus, limãozinho, espinheira divina, cancerosa, salva vida e outras nomenclaturas.

Fazer uso da espinheira santa é fácil. Basta retirar as folhinhas e fazer chás medicinais para tomar ou para aplicar na pele a fim de cicatrizar feridas. Em uma caneca, coloque cerca de 300 ml de água para ferver. Quando entrar em ebulição acrescente 5 folhinhas de espinheira santa e deixe ferver de modo bem rápido, cerca de um minuto somente para que não se percam os benefícios da erva. Tampe e deixe o chá ficar mais forte, espere cerca de meia hora para consumir. Tome somente uma xícara de chá por dia logo após o almoço.

De modo especial, a erva é usada para tratamento dos problemas do nosso aparelho digestivo, como úlcera estomacal, gastrite nervosa, problemas no fígado e até mesmo, acreditam os pesquisadores, trata tumores e tem poder laxativo.

A espinheira santa também pode ser usada para diminuir o leite que vem em excesso da mulher que está parando o período de amamentação do seu filho.

Cuidado, pois a erva também pode ser abortiva, por isso não é recomendada para gestantes.

-------------------------

Chá e Chás

Tudo Sobre Emagrecer Emagrecedor.info