Chá e Chás

------------------------

Chás de hortelã ajuda as pessoas peso.

Através de suas folhas dehortelã, aroma, óleo essencial e chá, funciona como um remédio herbal e foi comprovado que ele ajuda a promover a perda de peso.

O aroma do hortelã pode ajuda as pessoas a perderem alguns quilos não desejados.
Um estudo da Wheeling Jesuit University acompanhou 27 adultos durante cinco dias e descobriu que aqueles que inalavam o óleo de menta sob seu nariz a cada duas horas consumiam cerca de 350 calorias a menos por dia do que aqueles que não inalavam. Isso também serve para pessoas que mascam folhas de hortelã ou até mesmo mascam chicletes com aroma de hortelã.

O vapor do chá de hortelã por si só já ajuda a aliviar tosse e constipações. A planta possui uma substância conhecida como mentol, que possui um componente antibacteriano que ajuda a combater vírus e bactérias. Em algumas pessoas, o chá de Mentha piperita pode inclusive aliviar dores musculares decorrentes de exercício físico intenso.

No entanto, as propriedades do chá de hortelã também incluem vários benefícios, principalmente para o sistema digestivo, vez que a hortelã contém vitaminas do complexo B, cálcio e potássio, que auxiliam na digestão quando o mesmo é tomado após as refeições, além de ser útil para pessoas que estão com ataques de diarreia, cólicas, dores de barriga ou de estomacais. Fazer gargarejos com o chá da erva melhora o hálito e pode ajuda a combater dores de garganta.
Folhas chá de hortelã-Pimenta chá de menta ao ser preparado em processo de infusão não perde as propriedades medicinais que estão presentes na folha da hortelã. É uma das bebidas mais nutritivas encontradas dentre todos os chás medicinais. A Hortelã, além de ser extremamente saudável e seguro, tem um aroma e gosto muito agradável, é totalmente isento de cafeína, e o chá da erva pode ser consumido quente ou frio. Um chocolate com um pouco de menta adicionado na sua composição pode ser útil para os chocólatras.

Como Fazer o Chá de Hortelã?
Para preparar o conhecido chá de hortelã, separe as folhas da erva medicinal em uma xícara de chá (você também pode aproveitar os talos do hortelã para fazer o chá). Adicione meio litro de água as folhas de hortelã e espere por cerca de 5 a 10 minutos (isso irá variar a consistência do chá de hortelã). Por fim, adoce o chá com açúcar ou mel a gosto, caso queira. O chá é servido a temperatura ambiente.
Caso queira tomá-lo quente, leve as folhas juntamente com a água até que a água ferva e após isso adoce a gosto. Caso queira tomar gelado, prepare o chá e guarde na geladeira até a hora de servir.

------------------------

Chá de Hortelã –Beneficios e Propriedades.

A Hortelã é uma planta rica em beneficios e propriedades medicinais. De nome cientifico (Mentha sativa) ésta é um excelente digestivo e reconstituinte. Usa-se como vermífugo para as crianças. É estimulante e espasmódica, tónica, excelente oxigenante celular, mitiga cólicas. Conforta o estômago, aromatiza e ajuda a uma boa digestão. O cozimento concentrado serve para expulsar ascárides (lombrigas).
O PODER AFRODISÍACO DA HORTELÃ
Os árabes foram os primeiros que viram nesta erva um poder afrodisíaco, pois estavam convencidos de que se usava para tratar a impotência e a diminuição da libido.
CHÁ DE HORTELÃ
A hortelã é um excelente digestivo. E como tal, o chá de hortelã, após as refeições, pode ser muito benéfico para quem sofre de dores no estomago. O chá forte alivia as cólicas menstruais e intestinais.
Para quem tem a pele oleosa, experimente passar o chá forte de hortelã com um algodão, após a limpeza.
Receita – Ingredientes:
1 colher de sopa de folhas de hortelã miúdas (ou um sachê); 1 xícara de água;
Coloque a hortelã em um recipiente e deite sobre ela a água a ferver. Tampe e, deixe em infusão durante 5 a 10 minutos. Coe o chá e adoce, se necessário, e tome ainda quente.
DESCRIÇÃO DA PLANTA HORTELÃ
Planta herbácea que chega a tingir 80 cm de altura, com folhas ovais e serrilhadas, de um verde-claro, e flores de corola violeta.
AROMA E SABOR
O sabor desta erva varia conforme a sua qualidade, e é intenso e refrescante..
ORIGEM DA HORTELÃ
Existem várias espécies desta planta, sendo que algumas se originam do sul e do centro da Europa, outras do Oriente Médio e do centro da Ásia.
COMPOSIÇÃO
- vitaminas A, B e C
- cálcio
- fósforo
- ferro
- potássio
PROPRIEDADES
- analgésica
- anti-bacteriana
- expectorante
- sedativa
-------------------------

Informação e Descrição do chá de Hortelã.

A Hortelã (Mentha piperita), ou simplesmente, Menta, é uma das plantas medicinais mais antigas e seria quase um crime falar do tracto digestivo sem dar a esta planta o seu devido lugar.
A hortelã é sem dúvida, a planta mais usada no mundo, sendo encontrada em uma ampla variedade de diferentes confecções. O chá de menta após o jantar evoluído provavelmente de um costume antigo de encerrar os banquetes com um ramo de menta para auxiliar a digestão, e prevenir contra a indigestão que se pode seguir.
Pensa-se que esta planta tem origem na Ásia Oriental e foi verificado ser um híbrido de duas plantas diferentes. É ainda uma das primeiras plantas a ser cultivada activamente. As plantas originais não são muito conhecidas e a Hortelã tem demonstrado ter uma composição genética complexa.
Aqueles que tem hortelã nos seus jardins saberão que a planta cresce vigorosamente e multiplica-se através de rizomas.
Entretanto, quando crescem num lugar sem transplante regular, a hortelã pode deteriorar-se, perdendo o sabor e aroma.
Modo de Ação
As folhas da planta são usadas medicinalmente e os princípios activos incluem um óleo volátil, taninos e substâncias amargas, todos com valor para a acção carminativa da planta.
O óleo volátil dá à hortelã seu aroma característico e contém 50 a 60% de mentol. Esta é provavelmente a parte mais importante do óleo de hortelã.
A Hortelã também possui um grau significativo de actividade anti-emética. Tem um efeito desinfectante suave, o qual, juntamente com o sabor agradável, a torna um ingrediente favorável para soluções para lavagem da boca e pastas de dentes.
Um conselho comum para aqueles que fazem uso de remédios homeopáticos é abster-se do uso de pastas de dentes com hortelã como um ingrediente. O óleo volátil contido na hortelã é muito potente, e responsável pelo sabor fresco na boca depois do uso de pastas de dentes. Entretanto, pode também desactivar os remédios homeopáticos

-------------------------

Uso Clínico e Medicinal do chá de hortelã.

Auxílio à digestão
Síndrome do Intestino Irritável
Náusea / Enjoo matinal
Descongestionante nasal
A partir de agora, lembraremos sempre dos benefícios da hortelã para o sistema digestivo sempre que servirmos um chá de hortelã após o jantar.
O chá de hortelã é consumido em muitas culturas para auxiliar a digestão.
A acção carminativa desta planta aumenta a secreção dos sucos digestivos e melhora as contracções musculares do estômago. Alivia gases intestinais.
A hortelã não tem qualquer acção sobre inflamações no estômago e consequentemente não é usada em gastrites ou úlceras de estômago.
A acção espasmolítica da hortelã é útil para qualquer forma de espasmos no intestino, mas particularmente aos que ocorrem no Sindrome do Intestino Irritável.
Inchaço e flatulência, que são características comuns desta condição, também respondem bem a hortelã.
As propriedades anti-eméticas da hortelã são favoráveis para aqueles que sofrem náuseas ou enjoos matinais. Uma chávena de chá de menta pela manhã na fase inicial da gestação pode ser de grande alívio.
Os óleos voláteis na hortelã são usados largamente como descongestionantes nasais pelas indústrias farmacêutica e herbal.

---------------------------

Chá de hortelã pode reduzir excesso de pêlos na mulher, diz estudo.

Chá de hortelã pode ajudar a controlar o excesso de pêlos em mulheres, dizem pesquisadores turcos.

Segundo um estudo, tomar chá de hortelã duas vezes por dia reduz os níveis de hormônio sexual masculino no corpo da mulher.

O hormônio causa o crescimento excessivo de pêlos escuros e grossos na barriga, seios e rosto (condição chamada de hirsutismo).

O estudo foi realizado pela Universidade Suleyman Demirel, em Isparta, e publicado na revista especializada Phytotherapy Research.

O hirsutismo geralmente é ligado a desequilíbrios hormonais e é comum entre mulheres que têm a síndrome do ovário policístico.

A condição é normalmente tratada com drogas que reduzem os níveis do hormônio andrógeno, ou masculino, no corpo da mulher.

Os cientistas turcos dizem que a hortelã pode ser uma alternativa boa e natural.

Toda mulher produz uma quantidade pequena de hormônios masculinos, entre eles a testosterona. No entanto, uma produção maior desses hormônios pode levar ao crescimento excessivo de pêlos.

De acordo com os pesquisadores, o consumo da hortelã havia sido associado a uma redução na libido de homens em uma cidade chamada Isparta, no sudoeste da Turquia.

Para estudar os efeitos da planta em mulheres, 21 voluntárias com hirsutismo, 12 sofrendo da síndrome do ovário policístico, tomaram dois copos de chá de hortelã por dia durante cinco dias.

Cada copo foi preparado com 250ml de água fervente e 5 gramas de folhas secas. A infusão foi bebida entre cinco e dez minutos após o preparo.

Os pesquisadores verificaram uma diminuição significativa nos níveis de testosterona ativa no sangue e um aumento em vários hormônios femininos.

Entretanto, não houve diminuição nos níveis gerais de testosterona, uma indicação de que o hormônio estava acoplado a proteínas na corrente sangüínea e inativo.

Para os cientistas turcos, é possível que a hortelã tenha a propriedade de afetar o metabolismo de hormônios como a testosterona ou influir diretamente na síntese de hormônios andrógenos.

A coordenadora do estudo, Mehmet Numan Tamer, disse que é preciso fazer mais pesquisas sobre o assunto.

Este estudo mostra que a hortelã pode ser uma alternativa boa e natural para mulheres com sintomas leves.

Agora precisamos fazer mais estudos para testar a confiabilidade desta descoberta, e para ver até que ponto a redução nos andrógenos ajuda mulheres com hirsutismo leve.

Comentando a pesquisa, Richard Sharpe, da unidade de Human Reproductive Sciences do Medical Research Council, em Edimburgo, disse que o estudo é mais uma indicação de que plantas podem ter efeito em hormônios humanos.

Mas recomendou às mulheres que sofrem de hirsutismo ou da síndrome do ovário policístico que façam um tratamento médico.

A mudança (produzida pela hortelã) é relativamente modesta e eles não mostraram no estudo se haveria qualquer conseqüência para as mulheres, disse Sharpe.

Para muitos compostos derivados de plantas, é difícil usar este tipo de observação genérica para estudar os mecanismos e descobrir qual é o composto ativo, acrescentou.

------------------------------

Chá de hortelã é eficiente como uma Aspirina, descobrem cientistas.

A hortelã já era receitada por curandeiros brasileiros há muito tempo, para curar gripes, dores de cabeça e de estomago e várias outras doenças, mas só agora cientistas passaram a ver os efeitos reais da Hyptis crenata. Uma equipe de pesquisadores da Universidade de Newcastle, na Inglaterra, provaram cientificamente que a crença na planta estava completamente correta.
Os pesquisadores viajaram ao Brasil para analisar exatamente como a planta é preparada e consumida tradicionalmente. O método mais comum é feito fervendo as folhas secas da planta durante 30 minutos, e esperar que o chá hortelã esfrie antes de bebê-lo.
O estudo mostrou que, quando o chá hortelã é tomada nas doses prescritas pelos curandeiros, ela é tão eficiente para aliviar a dor quanto um medicamento semelhante à aspirina, chamado de indometacina. Os pesquisadores planejam realizar testes clínicos para descobrir a eficácia do chá contra as dores.
Graciela Rocha, que participou do estudo, lembra que as plantas são buscadas como fonte para a cura de doenças desde os primeiros humanos, e que estimativas mostram que mais de 50 mil plantas são usadas em todo o mundo com propósitos medicinais.
Além do uso tradicional, mais da metade dos medicamentos são baseados em moléculas encontradas naturalmente em plantas, aponta. O que fizemos foi pegar uma planta que é usada com segurança para tratar a dor e provamos cientificamente que ela funciona tão bem quanto algumas drogas sintéticas, completa a pesquisadora.
Graciela, que é brasileira e lembra de ter recebido o chá para curar doenças durante a infância, afirma que o próximo passo do estudo é analisar como e por que a planta funciona. A pesquisadora lembra que o chá hortelã tem um gosto mais parecido com a sálvia do que com qualquer outra planta da família da hortelã tradicional. Não é tão bom, realmente, mas medicamentos não precisam ser gostosos, não é mesmo?", questiona a pesquisadora
------------------------

Chá De Hortelã receita.

Planta que se desenvolve na maioria das regiões temperadas do mundo. Originária da Inglaterra, a hortelã possui propriedades estimulantes de muitas ervas aromática. Esta espécie é reconhecível pela cor verde mais escura das folhas e muito utilizada como calmante.

A hortelã também é um excelente digestivo, o chá de hortelã, após as refeições, pode ser tomado por quem sofre de dores estomacais. O chá forte alivia as cólicas menstruais e intestinais.

Para quem tem a pele oleosa, experimente passar o chá forte de hortelã com um algodão, após a limpeza.

Receita Do Chá De Hortelã

Ingredientes:

*1 colher rasa de sopa de folhas de hortelã miúda (ou um sache).

*1 xícara de água;

Modo de preparo:

Coloque a hortelã em um recipiente e derrame sobre ela a água fervente. Tampe e, deixe por infusão de 5 a 10 minutos. Coe e adoce se necessário, e tome ainda quente.

------------------------

Cultivo da hortelã.

Pode ser cultivada em canteiros junto a hortaliças ou plantas ornamentais.
Desenvolve-se também em vasos.
Necessita de sol, solo fértil em matéria orgânica e boa drenagem.
Prepara-se o canteiro como de costume, destorroando, retirando pedras e tocos e plantas fenecidas.
Arejamento de até 15 cm de profundidade com enxada ou pá, adicionando nesta ocasião composto orgânico de folhas e adubo animal de gado ou aves bem curtido.
Revolver bem e umedecer o solo.
Após o plantio das hortaliças ou plantas ornamentais, colocar as mudas de hortelã na borda do canteiro,pois desenvolve-se melhor nesta posição.
Tende a ser invasiva e seu controle deve ser feito desbastando os ramos dirigidos para dentro do canteiro, senão abafará as outras plantas.
O plantio da hortelã em vaso é bem simples
Num vaso de tamanho médio colocar proteção de manta geotêxtil no fundo ou pedrinhas com areia úmida, para garantirem a drenagem.
Adicionar o composto orgânico, plantar o torrão e regar.
A adição de composto misturado com adubo animal de gado ou aves curtido será opção, pois se cultivar a planta dentro de casa não poderá colocar, devido ao odor desprendido.
Não esquecer, neste caso, de colocar o vaso junto a janelas onde haja sol direto que a planta necessita.
A hortelã plantada junto a alfaces e outras ervas aromáticas intensifica o sabor e perfume destas e é considerada planta companheira belos benefícios descritos.
Tem também o poder de ser uma planta repelente de insetos de hortaliças como pulgões e besourinhos e poderemos usar deste poder para fazer um chá repelente que não tem nenhuma propriedade tóxica para animais em geral e humanos.
Uso culinário e medicinal
A hortelã é usada em receitas culinárias de muitos países pelo mundo todo, em chás, em adorno de pratos e composição de saladas.
Na comética entra nas fórmulas de dentifrícios, sabonetes, cremes de massagem e para barba, desodorantes bucais e um sem números de aplicações.
Contém muitos elementos químicos de uso farmacêutico utilizados para remédios.
Na medicina popular é considerada excelente para tratamento de problemas estomacais, pois é digestiva, além de ajudar no tratamento de diarréias infantís e dores abdominais.
------------------------------


Chá e Chás

Tudo Sobre Emagrecer Emagrecedor.info