Chá de folha magra, O CHÁ ANTI-BARRIGA

Chá de folha magra auxilia no seu emagrecimento, pois ajuda a queimar a gordura mais profunda na região do abdômen.

Esse poder do Chá de folha magra vem da cafeína, princípio ativo com ação termogênica, ou seja, acelera o metabolismo e faz o organismo queimar os excessos.

Já a alantoína, outro item , age nos vasos linfáticos, promovendo uma drenagem. É por isso que também promete amenizar a celulite.

O efeito emagrecedor pode ser devido a uma atividade inibidora atuante no sistema nervoso central, por isso esta planta age como supressora do apetite, ela contribui para uma maior queima de gorduras localizadas principalmente do abdômen, Consumida 30 minutos antes do almoço e do jantar, ela reduz o apetite.

Assim como as anfetaminas, inibe os neurotransmissores da fome. Só que de maneira mais suave e sem os efeitos negativos das substâncias sintéticas. Há mais benefícios: é levemente diurética, auxiliando na eliminação do excesso de líquido

Para uma xícara colocar uma colher de sobremesa de Chá de folha magraa, adicionar água fervente, tampar a xícara e deixar em infusão de cinco a dez minutos, coar e tomar quente ou frio... Pode ser usado no chimarrão.

Chá de folha magra é a combinação perfeita pra você conseguir eliminar os quilos a mais com saúde e com prazer.

Chá Folha magra que emagrece

Chá de folha magra ou Cordia salicifolia cham (nome científico) ou Cordia ecalyculata Vell (nome botânico) ou Porangaba ou laranja do mato (nomes popularesd) é uma planta brasileira, muito comum em Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Bahia, Acre e Goiás, conhecida comercialmente como Chá de folha magra ou pholia magra.

O que foi possível ler até o momento de trabalhos ainda incipientes é que a quantidade de alantoína desta planta é muito alto e portanto sua capacidade antiinflamatória também.

Neste aspecto, a capacidade de reduzir a inflamação do adipócito visando tratamento da obesidade (especialmente abdominal) com manutenção do peso perdido é fundamental.

Outro aspecto do Chá de folha magra é fato de ser inibidora do apetite por reduzir os receptores CB1 no centro hipotalâmico; como age no sistema nervoso central, não recomendo o uso por conta própria, e o risco de se associar com outros nutrientes ou fitoterápicos que possam agir no mesmo local é grande.

se for na forma de infusão o Chá de folha magra os efeitos são menores, portanto, usar com chá verde pode ser uma boa, mas sem estar em jejum para ir malhar. As dosagens para uso podem variar de 150mg a 500mg, 30 minutos antes das refeições.

Há relatos do uso também como cicatrizantes gástrico, ou seja, pode ser avaliado pelo nutricionista, seu uso em casos de gastrite e úlcera.

A dieta das cápsulas de pholia magra

Aprenda a incluir cápsulas de pholia magra, a erva antibarriga, em seu cardápio e acelere a queima de gordura

Os chás branco, vermelho, verde e amarelo são derivados da mesma erva Camellia Sinensis. O que os diferencia é a manipulação de suas folhas e o tipo do processo de fabricação que é utilizado.

O chá verde é obtido através da aplicação de vapor nas suas folhas e possui sabor marcante e um pouco amargo; o amarelo tem a produção parecida com o verde ,mas a secagem das folhas é mais lenta e o sabor mais suave; o vermelho passa por uma fermentação e por isso adquire a cor que o caracteriza ; e o chá branco tem esse nome pois suas folhas são jovens e não oxidadas conferindo uma penugem esbranquiçada. Possui um sabor menos amargo se comparado aos outros.

Chá Sete Ervas: Esse chá é composto por ervas conhecidas por auxiliar no emagrecimento como: Carqueja, Abacateiro, Cavalinha, Espinheira-Santa, Jurubeba, Erva de Bugre e Chapéu-de-Couro. O Chá Sete Ervas atua como regulador intestinal e inibidor de apetite, ajudando a combater a gordura localizada.

Figo da Índia, Agar-Agar e Glucomanan: Os três são compostos que auxiliam a provocar a sensação de saciedade. Não possuem contra indicações.
Cártamo: Seu uso não é recomendado, pois segundo especialistas, ele seria um precursor do CLA, que é uma droga que acelera o metabolismo humano, cuja comercialização é proibida no Brasil.

Caralluma: A Caralluma é feita a partir de um cacto da Índia, e é muito rica em fibras,o que auxilia na redução da sensação de fome. Apesar de alguns estudos relacioná-la com o poder anorexígeno, não há estudos científicos suficientes até o momento que comprove essa tese.

Citrus: Extraído a partir da laranja-da-terra, e por isso mesmo rico em Vitamina C, tem a propriedade de aumentar o metabolismo corporal.
Gymenna: Originária da Índia, atuaria retardando a absorção de açúcar pelo organismo. Vale ressaltar, que essa propriedade até o momento não tem comprovação científica.

Porangaba e Piruvato de Cálcio: Atuariam estimulando o metabolismo corporal, no entanto ainda não há comprovação científica que ateste sua eficácia.
Folia Magra: Atuaria no alívio da sensação de fome, porém esta propriedade não foi comprovada cientificamente.

Vale ressaltar que antes de adotar qualquer tipo de produto para emagrecer, seja ele um simples chá, aparentemente sem riscos ao organismo é aconselhável sempre consultar um profissional especializado em nutrição para uma orientação adequada

Chá de Folha Magra ou Pholia Magra

A Folha Magra ou Pholia Magra é popularmente conhecida pelos nomes porangaba, cafezinho, café-do-mato, chá-de-frade, louro-salgueiro e louro-mole. É uma planta nativa do Brasil sendo comumente encontrada nos estados de Minas Gerais, Bahia, Acre e Goiás.

Os taninos auxiliam no combate aos radicais livres, prevenindo contra o envelhecimento precoce da pele.
Estudos por pesquisadores japoneses mostraram outras atividades para a Cordia ecalyculata Vell, como ação auxiliar na eliminação de excesso de líquido, aumento da força de contração do músculo cardíaco, redução de depósitos de celulite, estimulante da circulação, auxiliar no combate ao vírus herpes tipo I e citotoxicidade para algumas células cancerígenas.

Outros estudos também evidenciaram a redução dos níveis de colesterol total e triglicérides, substâncias responsáveis pela deposição de gorduras na parede dos vasos sanguíneos, diminuindo assim, os riscos de doenças cardiovasculares (Cardozo et all, 2008).

Principais propriedades terapêuticas:

• Supressora do apetite;

• Termogênica;

• Diurética;

• Hipolipidêmica;

• Estimulante da circulação;

• Anti-viral;

• Cicatrizante;

• Energizante;

• Tonificante muscular;

• Antioxidante.

Chá de Folha Magra emagrecedor

A pholia Magra é a sensação do momento para quem quer vencer a gordura teimosa ao redor da cintura.

Extraída de uma planta brasileira (Ecalyculata vell) é apontada como um substituto natural do rimonabanto – princípio ativo do Acomplia, a tão falada pílula antibarriga.

Sua fama no mundo como uma forma natural e saudável no tratamento anti-obesidade atravessa as fronteiras principalmente na competição contra produtos sintéticos.

ADEUS, CELULITE Amilton descobriu essa erva em 2008, no Congresso da Academia Americana de Medicina Antienvelhecimento, em Los Angeles (EUA), e a prescreve desde então.

A Pholia reduz até a gordura profunda do abdômen, que, em excesso, prejudica o coração, diz o médico.

Esse poder vem da cafeína, princípio ativo com ação termogênica, ou seja, acelera o metabolismo e faz o organismo queimar os excessos. Já a alantoína, outro item da Pholia, age nos vasos linfáticos, promovendo uma drenagem.

É por isso que também promete amenizar a celulite.

BARRIGA TANQUINHO O efeito emagrecedor da Pholia pode ser devido a uma atividade inibidora atuante no sistema nervoso central, por isso esta planta age como supressora do apetite, ela contribui para uma maior queima de gorduras localizadas principalmente do abdômen, além de atuar também como estimulante do sistema imunológico.

Pode ser usada para evitar o depósito de gorduras na parede das artérias coronarianas diminuindo os riscos de problemas cardíacos relacionados com o sobrepeso.

DIMINUI A FOME Consumida 30 minutos antes do almoço e do jantar, ela reduz o apetite. Assim como as anfetaminas, a Pholia inibe os neurotransmissores da fome.

Só que de maneira mais suave e sem os efeitos negativos das substâncias sintéticas. Há mais benefícios: a Pholia é levemente diurética, auxiliando na eliminação do excesso de líquido.

Para completar, a cafeína deixa você mais disposta para os exercícios, o que é muito bom para otimizar a perda de peso.

PHOLIA MAGRA ANTI-BARRIGA

NO VERÃO TOME GELADO COM FOLHINHAS DE HORTELÃ OU ALGUMAS GOTINHAS DE ESSÊNCIA DE MENTA
Pholia Magra é uma planta nativa do Brasil, da família botânica Boraginácea e possui vários princípios ativos em maior concentração, que atuam como antiobesidade.

Seu efeito emagrecedor está associado a uma atividade inibidora no sistema nervoso central. Age como supressora do apetite, contribuindo para uma maior queima de gorduras localizadas principalmente na região do abdômen, além de atuar também como estimulante do sistema imunológico.

Pode ser usada para evitar o depósito de gorduras nas paredes das artérias coronarianas diminuindo os riscos de problemas cardíacos. Devido a seus constituintes (alantoína, cafeína, potássio, taninos e óleos essenciais) atua também como diurético, reduz os depósitos de celulite, pois estimula a circulação e possui ação energética devido a seu efeito temogênico.

Qualquer pessoa pode fazer uso do Pholia Magra, sendo que pessoas com mais de 30 anos usufruem mais benefícios devido ao seu poder estimulante e tonificante para rejuvenescimento muscular e da pele, o qual se perde com a progressão da idade.

Trata-se de um coadjuvante natural auxiliar no tratamento da obesidade, sem os efeitos indesejáveis que os outros produtos para emagrecimento causam. A Pholia Magra é conhecida nos Estados Unidos, para onde tem sido exportada como a erva ANTI-BARRIGA, natural, para competir com produtos sintéticos.

Descrição: Coadjuvante natural para auxiliar no tratamento da obesidade, Pholia Magra Cordia ecalyculata Vell, faz parte da família botânica: BORAGINACEAE). Parte utilizada: folhas.
Trata-se de um arbusto ou árvore pequena, conhecida como bugrinho, café-de-bugre, chá-de-bugre, claraíba, laranja-aperu, laranja-do-mato, limão-do-mato, louro-mole, louro-salgueiro e porrete.
Constituintes: Cordia ecalyculata contém cafeína, alantoína, ácido alantóico, cloreto de potássio, taninos e óleos essenciais.
Propriedades:
A cafeína é classificada como alcalóide do grupo das xantinas, e possui ação termogênica, que acelera o metabolismo e auxilia o organismo a queimar os excessos. Entre o grupo das xantinas (que incluem a teofilina e a teobromina) a cafeína é a que mais atua sobre o sistema nervoso central (SNC). A cafeína atua ainda sobre o metabolismo basal e aumenta a produção de suco gástrico. A ação da cafeína no SNC aumenta a capacidade de atenção, concentração, o humor, a liberação de catecolaminas, liberação de ácidos graxos livres, catabolização de triglicerídios musculares e redução da fadiga.
A alantoína favorece a proliferação celular acelerando a regeneração da pele lesada e age nos vasos linfáticos, promovendo uma "drenagem". É por isso que também auxilia amenizando a celulite. Diurética, auxilia na eliminação do excesso de líquido. Estimula a proliferação de novas células e a epitelização.Seu uso popular e tradicional é antigo, principalmente na forma de chá como diurético, estimulante da circulação, cardiotônico, na diminuição do inchaço, diminuidor do apetite (no tratamento de obesidade), além de auxiliar na diminuição dos níveis de colesterol total e triglicerídeos, prevenindo a deposição de gorduras nas artérias.
C. ecalyculata tem as seguintes propriedades: supressora do apetite, diurética, redutora de depósitos de celulite por estimular a circulação, cardiotônica e energizante. Possui alta concentração de ativos como a cafeína e o ácido alantóico. Altas concentrações de cafeína - substância termogênica, estimulante do sistema nervoso central e também por ser levemente diurética, auxiliam na eliminação do excesso de líquido e também a reduzir a concentração de gorduras.
Além da cafeína, esta planta apresenta quantidades significativas de potássio, que auxilia na compensação da perda de minerais relacionada com a ação diurética. A presença da alantoína e do ácido alantóico pode agir na redução da celulite e da gordura localizada.
Seu efeito emagrecedor está associado a uma atividade inibidora no sistema nervoso central, agindo como supressora do apetite, contribuindo para uma maior queima de gorduras localizadas principalmente na região do abdômen.
Indicações
· Em dietas para a perda de peso (como supressor do apetite);
· Levemente diurético;
· Como redutor do excesso de gorduras localizadas;
· No tratamento da retenção de líquidos;
· Como tonificante muscular.