Chá e Chás

------------------------

Chá de endro beneficios da planta.

Conheça os beneficios da planta ou Chá de endro, de nome cientifico: (Anethum graveolens). No Chá de endro propriedades são varias. Chá de endro é uma planta tonificante do aparelho digestivo, diurética e favorece a secreção láctea. Tem poderes anti-sépticos, limpa e desinfecta feridas e chagas. Não abusar do seu consumo do Chá de endro, pois embota a visão e consome o esperma. Os Banhos de vapor com o Chá de endro tiram as dores do útero.

Chá de endro fervido em azeite de oliveira e aplicado quente em furúnculos fá-los amadurecer e tira a dor que produzem. Chá de endro é digestivo e estimulante. Tem um odor anisado e fresco e sabor agridoce; usa-se como digestivo, refresca o hálito; usa-se para curar soluços e a insónia e estimula a produção de leite.

O Chá de endro tem sabor suave, adocicado e pode ser preparado das folhas frescas ou desidratadas e das sementes também.

Modo de preparo do Chá de endro : Coloque um sachê em uma xícara, adicione água quente (entre 70ºC a 75ºC), deixe em infusão até o sabor e aroma ficarem a seu gosto.

------------------------

Chá de Endro 50g.

O Chá de Endro é uma planta herbácea anual, muito utilizada como condimento e na medicina popular desde a antiguidade.Chá de Endrosua ramagem é ereta, estriada, fistulosa, ramificada e pode alcançar de 0,9 a 1,5 metros de altura. Suas folhas são finamente divididas, pinadas de 4 a 5 vezes em filiformes segmentos de 2,5 cm. O conjunto de suas folhas e ramos apresenta uma coloração verde-azulada e um aroma suave, comparado a frutas secas.

A floração do Chá de Endro ocorre em meados do verão, despontando grandes inflorescências do tipo umbela, compostas de numerosas flores amarelas e pequenas. As frutos são vagens achatadas que carregam as sementes aromáticas.

Tanto as folhas, como os frutos e as sementes do Chá de Endro podem ser aproveitadas para o consumo, como condimentar. Elas servem cruas ou cozidas, inteiras ou moídas, para temperar pratos quentes ou frios, de saladas, peixes, batatas, molhos, couves, maioneses, picles, pães, etc.

O Chá de Endro é um condimento muito popular na Europa Oriental e do Norte, sendo indispensável na culinária de russos e escandinavos. É também um dos ingredientes do curry na Índia.

Indicações Chá de Endro: Enjôos, aumentar a lactação, cólica intestinal em bebês, dismenorréia, dispepsia, dor de dente, espasmos gastrointestinais, flatulências, azia, insônia, inflamação dos olhos, desinfecção de feridas.
Propriedades Chá de Endro: Antidiarréica, antiemética, antiespasmódica, antiinflamatória, anti-séptica, aperiente, aromática, carminativa, depurativa, digestiva, diurética, estimulante, galactagoga, laxante, supurativa.
Partes usadas: Folhas, flores, frutos e sementes.

O Chá de Endro DESCRITO ACIMA É COMPOSTO DE MATÉRIA-PRIMA VEGETAL SECA. OU SEJA, TRATA-SE DE UMA LINHA FRACIONADA DE ERVAS MEDICINAIS QUE MANTÉM POR MUITO MAIS TEMPO O SABOR, O AROMA E AS PROPRIEDADES DA PLANTA E DO CHÁ EM QUESTÃO.
-------------------------

Para que serve o chá de endro?.

Chá de Endro planta pouco conhecida no Brasil, o Endro também conhecido como Dill nos países de língua inglesa, é um condimento essencial na culinária do norte da Europa, principalmente na Noruega e Suécia. Nestes países o Chá de Endro está como o orégano para o italiano.

Difícil imaginar um salmão sem o Chá de Endro, tanto as folhas frescas quanto as sementes secas. Utilizado há milhares de anos, as primeiras alusões desta planta foram feitas por egípcios, que a empregavam como planta medicinal.

Em escavações em sítios arqueológicos romanos foram encontradas muitas sementes do Chá de Endro, e os próprios gladiadores usavam muito desta semente em sua alimentação, pois acreditavam que ela podia aumentar a força física. Também foi usada na Idade Média para enfrentar as bruxarias.

Os hebreus costumavam pagar o dízimo, sua obrigação religiosa, com o Chá de Endro; os armênios também usavam com muita freqüência para condimentar seus pratos, sendo característico de sua culinária.

A planta possui uma altura que varia de 20 cm até a 1 metro, dependendo muito da fertilidade do terreno. Planta herbácea, anual, de caule fino e oco, cujas folhas são parecidas com as do funcho. Os frutos do Chá de Endro são pequenos, do tipo denominado diaquênio, com sementes marrons quando maduras.

O Chá de Endro é encontrado vegetando espontaneamente em várias regiões do sul da Europa, no norte da África e Ásia. Vegeta em regiões onde predomina o clima tipo temperado. Atualmente o endro é cultivado em escala comercial em alguns países europeus, Paquistão, Alemanha, Romênia, Índia, Japão e Estados Unidos.

O clima ideal para o Chá de Endro é o do tipo mediterrâneo, planta extremamente resistente, adapta-se bem em vários tipos de clima. Necessita de muita irrigação e se faltar água pode levar a perda de quase toda a produção. O período de amadurecimento das sementes também é um momento bastante crítico, pois uma chuva ou vento mais forte pode derrubar todas as sementes, e perder toda a produção.

A colheitado Chá de Endro deve ser da mesma forma que outras plantas aromáticas da família Umbelífera. Colhem-se as umbelas (inflorescências) que começaram a amadurecer, e leva-se para a secagem. Se passar da hora, ou seja, se esperar todas as sementes ficarem secas, além de perder aroma pela volatilização dos óleos, no momento de se cortar o ramo que prende a umbela na planta as sementes irão se desprender e cair ao chão.

A parte mais valorizada são as sementes do Chá de Endro, que produzem um óleo de excelente qualidade, de odor agradável e característico. Já as folhas às vezes são utilizadas para a extração de óleo, mas este é de qualidade inferior, e não tão agradável assim. Como condimento a preferência também é pelas sementes, mas alguns pratos utilizam o endro fresco como decoração. Para fins medicinais pode-se utilizar a planta toda.

O princípio ativo mais valorizado são os óleos essenciais, lembrando que óleo essencial é uma mistura de dezenas de substâncias químicas. Também encontra-se a presença de substâncias nitrogenadas, resinas, muscilagens e taninos, que são substâncias comuns em quase todos os vegetais.

Planta muito usada para aliviar as dores causadas pelos gases intestinais, auxiliar no tratamento de doenças e inflamações da boca e para controlar o vômito. Existe uma citação na literatura onde esta planta é utilizada para o controle do soluço. Pegue 5 gramas de sementes de endro e prepare um Chá de Endro em 1 litro de água, e faça durante o dia bochechos e gargarejos. Pode-se beber um pouco deste chá para problemas estomacais e gases.

O Chá de Endro não é muito comum na culinária brasileira, provavelmente a grande maioria dos brasileiros nunca experimentou o seu sabor e nem sentiu os seus aromas. Muito empregado na Europa, principalmente na culinária dos países do norte da Europa. Pode-se usar as folhas frescas para condimentar molho branco, saladas e pepinos em conserva; as sementes secas podem ser empregadas no cozimento de beterrabas, repolhos e couve-flor, para aromatizar vinagres, óleos e picles.

Para o preparo de um autêntico prato escandinavo, conhecido como gravad lax, pegue cerca de 400 a 800 gramas de salmão, e tire dois filés. Prepare à parte uma mistura de 1 colher de sopa cheia de sal, 1 colher de sopa de açúcar, 1 colher de chá de pimenta do reino preta inteira, uma colher de sopa de brandy e uma colher de sopa de folhas frescas de endro.

Prepare este molho e coloque um pouco em uma vasilha pequena de porcelana e acomode uma fatia do salmão. Coloque mais um pouco da mistura e coloque por cima a outra parte do salmão, e despeje por cima o restante da mistura. É importante dividir em partes iguais a mistura a ser distribuída sobre o salmão, e na hora de colocar os pedaços de salmão deixar a pele voltada para fora.

Envolva os pedaços com um filme plástico e coloque alguns pesos em cima. Leve à geladeira por 12 horas a 5 dias. Na hora de servir retire o salmão, fatie e sirva com pão fatiado e muita manteiga. Mostarda ou maionese com endro também é muito comum para acompanhar este prato.

-------------------------

Chá de Endro como é?.

Anethum graveolens
SINÓNIMOS: Aneto; funcho-bastardo
PARTES USADAS do Chá de Endro: Normalmente usam-se as pequenas sementes ovais e escuras. Os principais ingredientes das sementes secas são óleos essenciais, substâncias minerais princípios amargos.
EFEITOS MEDICINAIS do Chá de Endro: Os óleos essenciais do endro reduzem a flatulência,alivia as cólicas dos intestinos, dores de estômago e tensões menstruais, assim como ajudam a parar os soluços. As mulheres que estão a amamentar podem usar o endro para estimular a produção de leite.
APLICAÇÕES do Chá de Endro: Beber chã de endro ou de vinho de endro antes, durante ou após as refeições diz-se que previne e alivia a indigestão. É aconselhável mascar sementes de endro para aliviar as soluços. As mulheres que têm pouco leite devem beber regularmente chá para estimular a produção de leite que contem endro, anis, funcho e alcaravia. Recomenda-se um banho de assente para cólicas abdominais das mulheres.
Chá de Endro: Moe 1 colher de chá de endronum almofariz. Deite por cima 1 chávena de água quente ,deixe em infusão cerca 10 minutos e depois coe.
VINHO: Moe 10 colheres de chá de sementes de endro num almofariz e depois leve a ferver juntamente com 1 chávena de água e 1 chávena de vinho branco. Deixe em infusão durante cinco a dez minutos e depois coe. Beba quente ou frio ao longo do dia, às refeições.
DICAS DE JARDINAGEM: As folhas também contêm os ingredientes activos do fruto( embora numa concentração mais baixa) e podem ser usadas para fins medicinais.

---------------------------

Usos Tradicionais do Chá de endro.

Usos Tradicionais do Chá de endro ou cidez em excesso, cólica, dor de estômago, edema pulmonar, gases intestinais, halitose (mau hálito), hemorróidas, indigestão, insônia, pesadelos, piolhos, soluços.

Propriedades Medicinais do Chá de endro: antiespasmódico, aperitivo, aromática, carminativo, colagogo, diaforético, diurético, emenagogo, estimulante, galactagogo, sedativo, tônico digestivo, tônico estomacal.

Mastigar e engulir as sementes do Chá de endro pode refrescar a respiração. O chá da semente do Chá de endro é considerado na medicina popular como um remédio excelente para crianças, podendo ser usado para cólicas, dores de estômago e pesadelos. O Chá de endro pode ser aplicado para matar piolhos e tratar hemorróidas. O óleo essencial é usado para dar cheiro a sabões e perfumes. Das sementes, pode ser feitos sachês para serem colocados dentro do travesseiro, para acalmar a pessoa na hora de dormir.

Na culinária, o Chá de endro é utilizado em conservas, pães, feijões, peixes e frutos do mar, vinagres. Use liberadamente em dietas sem sal. Quimicamente, o Endro é constituído de óleo essencial, que contém limonene, felandrina e carvona. As folhas são ricas em vitamina C, cálcio, ferro e potássio.

O Chá de endro é nativo da Índia, Irã, do Mediterrâneo e do Sul da Rússia. O nome em latim A semente do Chá de endro o era um ingrediente muito utilizado em poções antigas para pessoas se apaixonarem.

------------------------------

Chá de endro Sementes.

DESCRIÇÃO: O Chá de endro é encontrado vegetando espontaneamente em várias regiões do sul da Europa, no norte da África e Ásia. Vegeta em regiões onde predomina o clima tipo temperado. Atualmente, o Chá de endro é cultivado em escala comercial em alguns países europeus, Paquistão, Alemanha, Romênia, Índia, Japão e Estados Unidos. O clima ideal para o eEndro é o do tipo mediterrâneo. É uma planta extremamente resistente, adapta-se bem em vários tipos de clima. Necessita de muita irrigação e, se faltar água, pode levar a perda de quase toda a produção. O período de amadurecimento das sementes também é um momento bastante crítico, pois uma chuva ou vento mais forte pode derrubar todas as sementes e perder toda a produção.

INDICAÇÃO do Chá de endro: Digestivo, calmante leve, aumenta o leite materno, ânsia de vômito, cólica intestinal em recém-nascidos, dispepsia, espasmos gastrintestinais, flatulências, fígado, gases, hiperacidez estomacal e insônia.

COMO FAZER o Chá de endro: Coloque 2 colheres de sopa para um litro de água.
Deixe cozinhar por cerca de 10 minutos a partir do momento em que se inicia a ebulição, após esse tempo, retire do fogo e deixe repousando por 10 minutos. Coe e está pronto para o uso.

COMO BEBER o Chá de endro: Tomar de 2 a 3 xícaras ao dia.
------------------------------


Chá e Chás

Tudo Sobre Emagrecer Emagrecedor.info