Chá e Chás

------------------------

Chá de cravo Benefícios.

Uma erva valorizada nos tempos antigos, os Chá de cravo ainda têm usos práticos e importantes nos tempos modernos. O óleo de cravo é conhecido pela sua cura e propriedades analgésicas e é atualmente utilizado em consultórios odontológicos para ajudar a criar uma restauração temporária. Com o eugenol como ingrediente ativo aromático, o Chá de cravo tem muitas aplicações desde a lavagem das mãos até o preparo intestinal.

Ingrediente Ativo do Chá de cravo.
O ingrediente ativo no cravo é o eugenol, um óleo essencial, que é responsável pelo aroma característico de cravo. O eugenol é usado ainda na indústria de perfumes, na indústria de cigarros, produtos farmacêuticos, indústria de pragas, odontologia moderna e, claro, na preparação dos alimentos. Muitas vezes, é encontrado em preparações de atrativos para insetos, para fins de interceptação. Quimicamente, o eugenol tem propriedades anti-sépticas e anestésicas. É possível ingerir eugenol demais.

Infusão Oral do Chá de cravo
Durante séculos, o consumo de chá de cravo tem sido utilizado para aliviar a dor abdominal. Tem qualidades analgésicas que funcionam bem para aqueles que sofrem de dores de gases ou outras chateações no estômago. Chá de cravo estimulam o fluxo sanguíneo, a produção de saliva e secreções gástricas para ajudar na digestão.

Além disso, ele tem efeitos anti-eméticos (contra náusea). Chá de cravo também tem sido usado para matar os parasitas intestinais e funciona igualmente bem matando as bactérias e infecções por fungos, como candidíase oral.

Chá de cravo Higienizador
Chá de cravo gelado pode ser usado para higienizar as mãos. O simples fato de despejar o líquido sobre as mãos e friccionar vai limpar a pele e deixar um cheiro agradável. Pessoas com acne usam Chá de cravo como uma lavagem facial para diminuir ainda mais os ataques e seguem com a aplicação de óleo de cravo. Alguns optam por usar Chá de cravo frio como um limpador de superfície não-tóxico em casa.

É ideal para bancadas de cozinha e áreas de preparação de alimentos.

Compressa de Chá de cravo
Devido aos seus efeitos analgésicos, compressas de Chá de cravo são uma excelente maneira de aliviar a dor de qualquer lesão nas articulações, músculos ou ligamentos. Deve ser aplicado à pele intacta. Se há um grande inchaço observado com a lesão, então as compressas de chá gelado, devem ser usadas. O Chá de cravo quente funciona melhor com a dor artrítica.

Um método eficaz é aplicar a compressa por 20 minutos, de 2 a 3 vezes ao dia. Compressas de Chá de cravo também podem ser usadas para infecções fúngicas da pele, como micose ou pé de atleta. As instruções são as mesmas que com o uso de analgésicos. A temperatura do chá deve estar tépida para esta aplicação.

Lavagem
Para as mulheres que sofrem de infecções vaginais, pode ser feita uma lavagem vaginal com o Chá de cravo diariamente por até cinco dias. O chá diluído para este fim é uma parte de Chá de cravo para 4 partes de água destilada. Além disso, para aqueles com infecções fúngicas no intestino, uma preparação de enema feita com as especificações da lavagem pode ser usada da mesma maneira (diariamente durante 5 dias).

Dar Mais Vida à Cor do cabelo com Chá de cravo
Para manter tingimentos castanhos e avermelhados com aparência fresca, o Chá de cravo pode ser usado como uma creme após o shampoo. Um enxague com Chá de cravo a cada 5 lavagens é a taxa de aplicação recomendada. O cheiro de cravo é um bônus.

------------------------

Chá de Cravo receita.

Aprenda como fazer um chá de Cravo da Índia, uma iguaria a muito apreciada desde a antiguidade por suas propriedades aromáticas, tendo lugar tanto na culinária quanto na medicina.

No caso desta receita, o chá de Cravo da índia é bastante interessante para dores de cabeça.

Você vai precisar para fazer o chá de Cravo:

Uma colher de sopa de Cravos da Índia
Um litro de água
Modo de Preparo:

Apenas ferva a água junto com os Cravos da Índia. Deixe amornar e coe o chá de Cravo.

Posologia do chá de Cravo

Beba três xícaras do chá de Cravo por dia

Cuidados do chá de Cravo.

Gestantes devem evitar o chá de Cravo da Índia pois pode levar ao aborto.
-------------------------

Cravo da índia ou Eugenia caryophillata.

O cravo-da-índia é rico em óleos essenciais, sobretudo eugenol, que tem ação analgésica e anti-séptica.
Também tem ação estomacal e anti-séptica bucal.
Devido à sua ação analgésica, o cravo-da-índia, na forma de chá, ajuda a aliviar dores causadas por gripe e resfriado.
O chá de cravo-da-índia com erva-doce é delicioso e ótimo para a saúde.

ÓLEO DE CRAVO-DA-ÍNDIA
O óleo de cravo-da-índia, indicado para unhas fracas, combate micoses de unha, frieira e manchas brancas nas costas. É anti-séptico, antibiótico, antiviral, antifúngico, antiinflamatório, antiparasitário e analgésico. É muito usado na odontologia como analgésico e anti-séptico. Massageado na gengiva do bebê, alivia as dores da dentição. Para isso deve ser diluído em um pouco de água, pois sozinho pode causar queimadura na boca do neném.

Receita de óleo de cravo-da-índia

30 gramas de cravo-da-índia
200 ml de óleo de oliva ou girassol
Misture tudo e cozinhe em banho-maria por uma hora. Deixe esfriar, coe e guarde em um vidro limpo e seco.
Use esse óleo para massagear as unhas.

EXTRATO DE CRAVO-DA-ÍNDIA
Use o extrato de cravo-da-índia para acabar com fungos e traças. Dissolvido em álcool ou água, pode ser usado como aromatizante ambiental. Misturado com água, funciona como anti-séptico bucal. Uma colher de chá do extrato em um copo de água serve para coceira na vagina. Basta enxaguar o local duas vezes ao dia, pela manhã e antes de dormir.
Como fazer

100 gramas de cravo-da-índia
Um litro de álcool de cereais

Misture tudo e coloque em um vidro escuro. Deixe guardado por cinco meses, coe e recoloque no vidro escuro.

TINTURA DE CRAVO-DA-ÍNDIA

Coloque 50 gramas de cravo em um litro de álcool etílico ou de qualquer bebida muito alcoólica, como cachaça, aguardente, rum e brande.
Deixe repousar. Dentro de uma semana já está pronta para usar. Não precisa coar e dura anos.
A tintura de cravo serve para dor de dente, inflamação na garganta, no estômago, no aparelho digestivo e para afecções da pele, inclusive micoses.
Para prisão de ventre, friccione a barriga, em movimentos circulares no sentido horário (da direita para a esquerda), com quatro ou cinco gotas de tintura de cravo misturada com um pouco de óleo vegetal. A tintura também pode ser usada, junto com creme, bálsamo ou óleo vegetal, para massagear áreas doloridas.
A dosagem interna é uma ou duas gotas em uma colher de sopa cheia de água duas ou três vezes ao dia até desaparecerem os sintomas.

-------------------------

CHÁ DE CRAVO – EUGENOL.

CHÁ DE CRAVO – As famosas e tradicionais receitas da vovó muitas vezes nos salvam de diversas dores e problemas do dia-a-dia. Os chás são um bom exemplo disso, pois sempre que estamos com algum tipo de dor, geralmente estomacal, são para os chás que recorremos.

O chá de cravo é um remédio caseiro que ajuda na digestão, além de possuir um aroma muito característico. Esse chá pode ser utilizado de diversas formas dependendo o caso, podendo ser absorvido como uma bebida ou, até mesmo, para fazer compressas e higienização do corpo e de objetos em geral.

O cravo possui um ingrediente chamado eugenol, que é um óleo responsável pelo seu aroma. Ele é utilizado em perfumes, cigarros, preparo de alimentos e até mesmo em produtos odontológicos.

Além disso, o eugenol possui propriedades anestésicas e anti-sépticas. O chá de cravo, por sua vez, é muito utilizado para controlar as dores abdominais. Ele possui efeitos analgésicos e atua de maneira eficaz para aquelas pessoas que sofrem com diversas chateações no estômago.

Além disso, este chá estimula o fluxo de sangue, produção de saliva e secreções gástricas, o que auxilia na digestão. A bebida também possui qualidades anti-eméticas, ou seja, que combatem a náusea.

Ele também tem sido muito utilizado para acabar com parasitas intestinais, bactérias e infecções por fungo. Qualquer pessoa pode ingerir este chá, com exceção de grávidas, que devem optar por chás mais claros como erva doce por ser efeito calmante.

O chá de cravo, quando gelado, também pode ser utilizado para a limpeza das mãos, pois limpa a pele e deixa um agradável aroma.

Algumas pessoas utilizam-no para lavar o rosto no intuito de reduzir a oleosidade e diminuir as acnes. Esse chá frio também pode ser usado para limpar diversas áreas da casa, como bancadas e locais onde são preparados os alimentos.

Além de todas essas formas de uso, o chá também pode ser aplicado na maneira de compressa, devido a seus efeitos analgésicos podem aliviar várias dores, até mesmo as musculares.

Quando há apenas um inchado na lesão, você pode fazer compressas com o chá gelado, mas para uma dor artrítica, o melhor mesmo é usar o chá quente. Muitas são as maneiras de utilizar este chá além da ingestão da bebida. Não dá pra dizer que as vovós não estavam certas quando diziam que os chás realmente resolvem (quase) tudo.

---------------------------

Veja para que serve Cravo da Índia.

Curiosidade: O cravo-da-índia é uma arbórea que pode atingir de 8 a 15 metros de altura, sendo uma árvore de tronco robusto e extremamente exuberante. Possui folhas persistentes e flores hemafroditas.

Os frutos são parecidos com uma azeitona, e são chamados de cravão pelos produtores. Quando chega a produzir o fruto, a parte comercial já se perdeu, pois o mercado compra o botão floral. No Brasil o cravo foi introduzido e se adaptou muito bem na região do sul da Bahia.

Até a alguns anos o Brasil era um grande exportador de cravo, principalmente para a Europa, mas devido a atitudes de má fé, onde agricultores e comerciantes começaram a colocar pedaços de ramos misturado com o cravo, o mercado internacional não quer saber mais do cravo brasileiro.

Mais uma vez perdemos uma grande chance de participar deste grande mercado de especiaria, e no caso específico do cravo, é uma das especiarias mais importantes e procuradas. Para ter uma pequena amostra do seu valor, o imperador Constantino presenteou o bispo de Roma, para resolver as desavenças de estado, com 150 libras de cravos colocados em vasos de prata e ouro. Posteriormente os holandeses assumiram o comercio do cravo e este se popularizou, tornando-se tão importante como o da pimenta-do-reino.

- Origem: É originária do Extremo Oriente, não sendo encontrado na literatura uma região específica.

- Parte Utilizada: Normalmente utiliza-se os botões florais, mas para a extração de óleos essenciais utiliza-se também as folhas.

- Princípios Ativos: A grande importância do cravo é a presença de óleos essenciais. Na composição do óleo essencial, o eugenol é a substância química encontrada em maior quantidade e é a que possui maior atividade e a que obtêm os melhores preços no mercado.

- Ação Farmacológica: O eugenol possui uma ação analgésica e anti-séptica, e devido a estas propriedades foi utilizada durante muitos anos pelos dentistas, juntamente com o óxido de zinco para fazer os curativos nos dentes. Em alguns casos até nos dias de hoje alguns profissionais ainda utilizam.

O cravo possui ação estomáquica e anti-séptica bucal, sendo empregada para corrigir mal hálito. Pode ser usada para gripes e resfriados. Devido a esta ação analgésica do cravo, aquelas dores no corpo provocada por algumas gripes podem ser sanadas com a utilização de alguns chás com cravo.

Existe uma formulação conhecida como vinho de Brulé, onde coloca-se uma xícara de vinho tinto para ferver com um cravo e um pedacinho de casca de laranja, adoçando com mel e bebendo em seguida, ainda bem quente. Para mal hálito pegue dois cravos e ferva em uma xícara de água.

Quando o líquido estiver morno faça bochechos. Também serve para acalmar dores de dente. O óleo de cravo também é muito empregado para combater micoses de unha, frieira e aquelas manchas brancas nas costas.

------------------------------

Chá de Cravo da Índia botão seco da flor.

O cravo-da-Índia é o botão seco da flor de uma árvore do mesmo nome da família Myrtaceae. Cravo-da-Índia é originário da Indonésia e usado como tempero na culinária de todo o mundo. Ele é colhido principalmente em Zanzibar, Indonésia e Madagascar, sendo também cultivado no Paquistão, Índia e Sri Lanka.

Usos do cravo-da-Índia

O cravo-da-Índia é ser usado como tempero mundialmente na culinária. Historicamente o cravo-da-Índia tem sido bastante usado na culinária indiana e mexicana. Na culinária do norte da índia o cravo-da-Índia é usado em quase todos os molhos ou acompanhamentos. Cravo-da-Índia pode ser utilizado como ingredientes de chás. Outro uso do cravo-da-Índia é na fitoterapia e medicinas tradicionais da Índia e China. O cravo-da-Índia também é fumado como um tipo de cigarro no Indonésia.

Usos medicinais do cravo-da-Índia

O cravo-da-Índia é utilizado na medicina tradicional indiana (Ayurveda), medicina tradicional chinesa (Ravi & Jagdish), fitoterapia ocidental e na odontologia onde seus óleos essências são usados como analgésicos. cravo-da-índia é usado como carminativo, substância com atividade anti-espamódica usada contra cólicas intestinais e flatulência. Acredita-se também que o cravo-da-Índia seja útil como vermífugo. O óleo essencial do cravo-da-Índia é usado na aromaterapia.

Na medicina tradicional chinesa o cravo-da-Índia é considerado acre, quente e aromático, entrando nos meridianos dos rins, baço e estômago. Pela medicina chinesa o cravo-da-Índia também é usado para tratar soluços, vômito, diarréia e em fórmulas contra a impotência e limpeza de corrimento vaginal.

A medicina tradicional indiana usa o cravo-da-Índia internamente como chá e topicamente como um óleo para músculos hipotônicos, incluindo para esclerose múltipla. Cravo-da-Índia também é encontrado na medicina tibetana. Na África os iorubas usam infusão de cravo-da-Índia em água para tratar problemas estomacais, vômito e diarréia.

Componente ativos do cravo-da-Índia

O componente responsável pelo aroma do cravo-da-Índia é o eugenol. Ele tem propriedades anti-sépticas e analgésicas, sendo o componente principal na extrato de óleo do cravo-da-Índia. Outros componentes importantes do cravo-da-Índia incluem eugenol acetil, bet-cariofilina, vanilina, ácido cratególico, taninos, ácido galotânico, salicilato metil (analgésico), flavonóides, caempefereol, rametina, eugitina, estigmasterol, campesterol e serquiterpenos.
------------------------

Chá de cravo combate à dengue?

Durante a epidemia de dengue que assolou o Brasil no verão 2001/2002, enquanto circulava a mensagem acerca do uso da borra de café no combate ao Aedes aegypti, circulou o artigo intitulado Cravos Amarelos x Dengue de autoria do médico carioca Radjalma Cabral de Lima.

Nesse artigo, o doutor Radjalma Cabral de Lima, que trabalha na Secretaria de Saúde do Acre desde 1999, relata a sua bem sucedida experiência no uso do chá do cravo de defunto no tratamento da dengue.

Segundo ele,

O chá das flores ou folhas do cravo de defunto é usado na medicina popular contra angina, tosse, como antiespasmódico, anti-reumático e contra cólicas uterinas.

Quando ele trabalhava em hospital da Cooperativa Pindorama, bem próximo da cidade de Penedo, estado de Alagoas, ele encontrou uma epidemia de dengue. E o que fez ele?

A todos os pacientes que apresentavam dor muscular ou articular generalizada, com febre, independentemente do diagnóstico, orientei à enfermagem "perplexa" que ministrasse goles do chá ainda morno, ao mesmo tempo em que solicitei que a cozinheira continuasse preparando mais chá, conforme a necessidade.

Todos ficaram ainda mais perplexos quando, após as duas primeiras horas de atendimento, as pessoas já não apresentavam queixas.

E o resultado foi tal que depois de algum tempo
... não havia mais uma epidemia de dengue e sim uma epidemia de cravos nos jardins. Situação semelhante aconteceu no ano em que trabalhei no PSF em Caruaru, Pernambuco.
O cravo de defunto, Tagetes erecta Linn., é uma planta originária do México e suas propriedades terapêuticas são reconhecidas desde o tempo dos astecas. Nos países de língua inglesa, ela é denominada marigold e african marigold. No México, na América Central e na América do Sul (exceto o Brasil) é conhecida como cempasuchil (do nahuatl, língua falada pelos astecas, cempohualxochitl), amarillo e flor de muerto.

Na agricultura, recomenda-se o seu uso como cultura intercalada no combate aos fitonematóides, microrganismos que danificam as raízes das plantas. Devido ao forte odor das flores, é usado como repelente natural de pulgões, ácaros e de algumas lagartas. Também é usado na produção de corantes, de óleos essenciais e como suplemento alimentar das aves.

São muitas as ervas e raízes de reconhecido valor no tratamento de doenças. O próprio cravo de defunto vem sendo estudado, nos EUA, devido à possibilidade de se obter, a partir dele, a luteína.

O artigo Lutein for Healthy Eyes apresenta o uso da luteína obtida a partir do cravo de defunto na prevenção de algumas doenças.

O fato é que todos sairíamos ganhando se, aqui no Brasil, houvesse incentivos para que pesquisas fossem realizadas no sentido de conhecer melhor os efeitos das ervas usadas na chamada medicina popular. Se confirmadas as propriedades anunciadas, tanto melhor, pois trata-se, quase sempre, de medicamentos baratos e, portanto, acessíveis à grande maioria da população.

Além disso, seria uma forma de assegurar que os direitos de patente de fabricação fiquem de posse de empresas e instituições brasileiras.

De qualquer forma, não se automedique, especialmente se você estiver com suspeita de dengue. Antes de tomar o chá de cravo de defunto, ou qualquer outra medicação, consulte o seu médico até para saber se o que você tem é mesmo dengue.

Lembre-se, também, que tomar remédio por conta própria pode mascarar os sintomas da doença e dificultar o correto diagnóstico.
------------------------------


Chá e Chás

Tudo Sobre Emagrecer Emagrecedor.info