Chá de Barbana um extraordinário presente da natureza

O Chá de Barbana, também conhecida como gobó, é depurativa, diurética (eficaz eliminador do ácido úrico), colerética, laxativa, diaforética, anti-séptica, estomáquica e antidiabética.
Atua nos casos de insuficiência hepática, dermatoses e funciona como antibiótico externo principalmente para bactérias gram-positivas.
Age na purificação do sangue, em afecções reumáticas, queda de cabelo, picadas de insetos, torções, hemorróidas, enfermidades crônicas da pele, acnes, eczemas, pruridos, seborréia da face, herpes, vesícula inflamada, cálculo biliar, hepatite viral, cirrose.

As raízes e as folhas tenras são utilizadas como alimento, podendo a raiz também ser consumida crua.

Na Europa as folhas e os brotos novos são consumidos como verdura e no Japão é cultivada uma variedade para produção de raízes comestíveis.

O decocto de suas raízes é eficaz como purificador do sangue, em doenças reumáticas, afecções reumáticas, afecções renais e distúrbios digestivos.

Externamente, preparam-se com ela uma pomada para eczema e uma loção para evitar a queda de cabelo.

Um cataplasma das folhas frescas alivia as dores provocadas por picadas de insetos, torções e hemorróidas, e a sua infusão serve para limpar feridas e inflamações cutâneas.

O extrato e a infusão ou decocção das sementes são especialmente indicados para a cura de enfermidades crônicas da pele.

As folhas esmagadas e aplicadas diretamente sobre a epiderme têm ação bactericida e antimicótica que a torna um remédio eficaz contra inúmeras doenças de pele, como dermatoses úmidas e purulentas, acnes, eczemas, pruridos, tinha, seborréia da face ou do couro cabeludo e herpes simples.

O óleo de bardana é considerado um estimulante capilar.

Na medicina chinesa empregam-se as sementes para aliviar os males do "ar e do calor".

DOSAGENS INDICADAS

Depurativo (furunculose), diurético (eliminador de ácido úrico), colerético (aumento do fluxo biliar), laxativo
Receita 1
Coloque uma colher (sopa) de raiz fatiada em uma xícara (chá) de água em fervura. Deixe ferver por cinco minutos. Mantenha em maceração por 10 minutos e coe. Coma a raiz cozida e tome uma xícara (chá) três vezes ao dia, fora das principais refeições.

Receita 2
Em um recipiente, misture as seguintes ervas previamente picadas:
60 g de raiz de bardana
25 g de raiz de alcaçuz
50 g de dente-de-leão
40 g de gramínea (Agropyrum repens)
20 g de chicória
Adicione uma colher (sopa) dessa mistura em uma xícara de água fervente. Beba pela manhã em jejum sem adoçar.

Dermatoses úmidas e purulentas, acne, eczema, pruridos, seborréia da face ou do couro cabeludo

Coloque 2 colheres (sopa) de folhas frescas fatiadas em 1 xícara (chá) de água em fervura. Deixe ferver por 5 minutos. Coe e acrescente 1 colher (chá) de mel e 3 gotas de própolis. Faça aplicações no local afetado, na forma de compressas, 2 vezes ao dia.

Furunculose

Coloque 6 colheres (sopa) de raiz fatiada em 1 garrafa de vinho branco. Deixe em maceração por 8 dias e coe. Tome 1 cálice antes das principais refeições.

Juntamente com a cura depurativa, pode-se seguir uma cura externa. Em uma xícara de água ferva uma colherada de raiz de bardana triturada. Quando a água tiver evaporada, estenda o cataplasma sobre a região afetada. Resultado: alívio imediato da dor e desaparecimento da inflamação.

Depurativo, diurético, antidiabético

Coloque 2 colheres (sopa) da raiz picada em 1 xícara (chá) de álcool de cereais a 70%. Deixe em maceração por 10 dias e coe. Tome de 10 a 15 gotas ou 1 colher (café) diluída em um pouco de água, de 2 a 3 vezes ao dia, antes das principais refeições

Chá de bardana Diurético

Coloque em três xícaras de água fervente 30 g de raiz de bardana, deixando em infusão por 30 minutos. Coe o líquido e beba duas vezes ao dia.

Insuficiência hepática (vesícula inflamada, cálculo biliar, hepatite viral e cirrose)

Coloque 1 colher (sobremesa) de raiz fatiada e 1 colher (sobremesa) de folha de alcachofra fatiada em 1 xícara (chá) de água em fervura. Deixe ferver por 5 minutos, espere amornar e coe. Tome 1 xícara (chá) 3 vezes ao dia, sendo uma de manhã, em jejum, e as demais meia hora antes das principais refeições.

Úlceras e chagas

Cataplasma 1

Aplique sobre o local afetado um cataplasma feito com uma folha fresca de bardana esmagada, depois de lavada e enxuta.

Cataplasma 2

As folhas depois de picadas e passadas na clara de ovo servem como um cataplasma que acelera a cura e a cicatrização.

Queda de cabelos

Contra a queda dos cabelos é muito eficaz a decocção obtida com 10 g de raiz de bardana cortada em pedaços bem pequenos e cozida em pouca água. Quando a raiz estiver suficientemente amolecida, deve ser esmagada e reduzida a uma papa, com a qual se fricciona o couro cabeludo 1 vez ao dia.

Hemorróidas

Cozinhe em uma panela um punhado de folhas frescas lavadas e enxutas, com um pouco de leite. Quando o leite estiver totalmente evaporado, coloque as folhas cozidas em uma gaze limpa e aplique o cataplasma sobre a região afetada.

Artrite

Contra as dores agudas das articulações atingidas pela artrite, faça um cataplasma com folhas frescas, esmagadas, e aplique sobre a região afetada com uma gaze.

Uso culinário

Os talos das flores devem se colhidos antes que as flores se abram e comidos refogados ou crus temperados com vinagre e óleo. Pode-se também refogar folhas e brotos tenros com espinafre. Apenas lembre que os talos são laxativos. As raízes são altamente nutritivas e estimulantes do sistema nervoso.

Os japoneses costumam usar as raízes raladas cruas ou refogadas em sopas. A bardana é preparada também como batata.

Molho de bardana
1/2 copo de raiz de bardana finamente picada
1 copo de vinagre de maçã
1/2 copo de iogurte
Deixe as raízes de bardana no vinagre por cerca de 5 minutos, processe e adicione o iogurte. Sirva com batata ou legumes.

Chá de bardana Elimina toxinas do organismo e tem poder purificante

Também conhecida como pergamassa, erva-dos-tinhosos e carrapicho-de-carneiro, essa planta de folhas grandes e caule encorpado é rica em nutrientes.
O maior destaque da bardana é a sua acção depurativa. ou seja, ela ajuda a limpar e desintoxicar o organismo - principalmente as artérias - de impurezas que podem causar males à saúde.

Propriedades terapêuticas: O fruto dessa planta possui acção antibactericida, auxiliando na aceleração de cura e cicatrização de abcessos e furúnculos. Mas a bardana e seus frutos não trazem benefícios apenas para a pele; ela também auxilia num aumento da produção de insulina pelo pâncreas, ajudando no combate ao diabetes.

Raízes do bem: apesar dos benefícios provenientes do fruto da bardana, é a raíz que é utilizada para preparar chás, saladas a até refogados. A cultura popular ressalta seus poderes contra picadas de insectos e aranhas, graças à capacidade de acalmar a dor - acção anestésica - e evitar possíveis infecções do local afectado. A bardana ainda possui propriedades diuréticas, que ajudam a eliminar o excesso de líquidos do organismo. O chá dessa erva é um excelente medicamento para o fígado e pode aliviar artrite e gota, além de processos inflamatórios da pele, como eczema e psoríase.

Valor nutricional: Nutricionalmente, a bardana fornece fibras, fósforo, proteínas, glicídios, cálcio, ferro, vitaminas A, B1 e C, riboflavina e niacina ao organismo

Indicações:

- Tem propriedades laxantes
- Funciona como diurético
- Ajuda a eliminar ácido úrico
- Combate cálculos renais
- Auxilia no combate a problemas de vesícula
- Melhora inflamações
- Ajuda na cicatrização de feridas

CHÁS PODEROSOS:

Chá diurético: Fatie uma raiz de bardana bem lavada. Coloque 1 colher (sopa) da raíz e 1/2 litro de água em uma panela e leve ao fogo ate ferver. Desligue o fogo, tampe e deixe abafado por 10 minutos. espere amornar, coe e tome 1 chávena (chá) a cada 8 horas.

Dica: a casca das raízes contém grande parte das propriedades da planta. Portanto, não descasque. para limpar, use água corrente e uma escovinha de cerdas macias.

Gota e inflamações: Em um copo (250ml), coloque 3 colheres (sopa) de folhas, flores e raízes frescas de bardana e macere com o cabo de uma colher. Leve ao microondas por 30 segundos ou aqueça em banho-maria no fogão. Aplique cataplasmas (usando algodão ou gase) em temperatura morna, nos locais afectados. retire com água e repita a aplicação a cada 3 ou 4 horas.

Chá de Bardana receita

Um chá com as raízes da bardana (Arctium lappa) também entrou na lista de medicamentos naturais regulamentados pela ANVISA. Sendo eficaz em vários males, entre eles: Dispepsia (que são distúrbios digestivos), tratando dores articulares como um antiinflamatório para artrite e também atuando como diurético.

O uso é indicado para adultos.

Você vai precisar de:

2,5 g (duas colheres e meia de chá) de raízes de bardana
150 ml (uma xícara de chá) de água
Modo de Preparo:

Por se tratar de uma raiz, deve-se ferventá-las entre cinco a dez minutos em um processo conhecido como decocção.

Posologia

Utilizar uma xícara de chá de duas a três vezes ao dia.

Bardana

A bardana é uma planta medicinal que pode também ser conhecida como bardana-maior, erva-dos-pegamassos, pega-moço ou orelha de gigante.

Esta planta medicinal com raízes carnudas e compridas, alcança 1,50 metros de altura e produz flores vermelhas e azuladas.

Propriedades

Antibacteriana; fungicida

Indicações

Tratamento de diversas doenças de pele (espinhas, caspa…).

Modo de uso

Para fins medicinais podem ser usadas suas raízessob a forma de óleo ou para fazer chá.

Para tratar a caspa e aumentar a velocidade de crescimento do passe o óleo da raíz de bardana no couro cabeludo. Para preparar o óleo deixe descansar por 3 dias 500 ml de óleo de Sésamo com 6 colheres de sopa de raizes picadas. Passe no couro cabeludo 2 vezes por semana lavando no dia seguinte
Para limpar a pele – tomar 3 xícaras de chá de raíz de bardana diariamente durante 3 semanas.

Chá de bardana para acabar com a celulite

Uma ótima maneira de acabar com a celulite é através do chá de Bardana. Para preparar este chá é preciso 1 colher (sopa) de bardana e 300 ml de água.

A colher de Bardana deve ser colocada dentro de uma panela com água e ferver por dez minutos. Após ser coado o chá está pronto para ser bebido, para demonstrar eficácia deve ser bebido de 2 a 3 chávenas de chá de Bardana por dia.

O chá de Bardana possui propriedades depurativas e diuréticas e além de combater a celulite são indicadas para o tratamento de infecções gástricas e hepáticas, prisão de ventre e para rejuvenescer a pele.

Descubra os benefícios do chá de bardana

Uma planta cheia de benefícios

Além dos usos mais conhecidos, como o uso externo, a bardana serve para outras indicações, como tratamentos de fígado, nos casos de hepatites e cirrose, além de cálculos biliares. Seu uso como depurativo, para purificar o sangue também é bastante conhecido, sendo usadas suas raízes em decocção. As raízes também tratam doenças reumáticas, sendo excelente antiinflamatório para tratar artrite; problemas renais e digestivos e com ela é preparada uma pomada, para uso externo, para curar eczema, além de uma loção para queda de cabelos. As raízes dessa planta são comestíveis, podendo ser consumidas cruas ou cozidas. No Japão, inclusive, é cultivada uma variedade para o consumo das raízes e, na Europa, os brotos e folhas tenras são consumidos como verduras.
Para o uso externo, as folhas frescas de bardana são aplicadas em cataplasmas que aliviam dores por torções, hemorróidas, picadas de insetos e, em infusão, é excelente para limpar feridas e inflamações da pele. Como tem ação bactericida e antimicótica, as folhas, esmagadas e aplicadas sobre a pele, são remédio ideal para tratar feridas purulentas, úmidas, pruridos, eczemas, herpes simples, seborreias e acne. Ainda em tratamentos da pele, as sementes podem ser utilizadas em infusões ou por decocção para curar problemas crônicos de pele.
Indicações e dosagens da bardana

Como depurativo; colerético (aumenta o fluxo biliar); diurético (eliminação do ácido úrico) e laxativo.
- Colocar 1 colher de sopa de raiz fatiada em 1 xícara de chá de água fervente. Deixar ferver por 5 minutos e manter abafado por mais 10 minutos. Coar e comer a raiz, o chá deve ser bebido três vezes ao dia, entre as principais refeições.
Diurético (infusão)
- Colocar em infusão: 30 g de raiz de bardana em três xícaras de água fervente, deixando em por 30 minutos. Coar e beber duas vezes ao dia.
Uso culinário

Colha talos e flores antes que estas se abram e os prepare refogados ou crus e temperados com azeite e vinagre (como salada). As folhas e brotos tenros podem ser refogados com espinafre. Obs.: os talos são laxativos, portanto, cuidado com o consumo!
As raízes são estimulantes do sistema nervoso e altamente nutritivas. No Japão, as raízes são usadas raladas, cruas ou refogadas e também em sopas. Também pode-se preparar a bardana como batata.

Benefícios Incríveis do Chá de Bardana para a Saúde

Você está em busca de uma desintoxicação poderosa que irá limpar seu corpo? Sua busca termina aqui! As raízes de bardana possuem propriedades de limpeza. Mas não é de admirar, então, que a Europa e Ásia, usem esta planta incrível e suas raízes. Enquanto alguns usam a raiz para preparar um chá, os japoneses a refogam para melhor proveito de seus nutrientes.

Bardana, também conhecida como Bardana, Baldrana, Bardana-maior, Carrapicho-de-carneiro, Carrapicho-grande, Erva-dos-pega-massos, Erva-dos-tinhosos, Gobô, Labaca, Lapa, Orelha-de-gigante, Pega-nossa, Pegamassa, Pegamasso, Pegamoço, Pejamaço, Perga-masso, é cientificamente conhecida como Arctium lappa, da família dos Asteraceae e tem origem na Eurásia.

As raízes desta planta têm um sabor doce e as flores e folhas, um gosto parecido com o da alcachofra. As longas raízes são finas, acinzentadas do lado de fora e por dentro são geralmente brancas. Muitas partes da bardana são comestíveis: as raízes, flores, os talos descascados e até mesmo as sementes.

Curiosidades:

A raiz de bardana, juntamente com outras plantas, já foi usada para a cura do sarampo pelos antigos praticantes medicinais chineses.

Ela aumenta o metabolismo, fazendo com que você perca peso e tenha mais energia.

Bloqueia a enzima que produz o ácido úrico, prevenindo a gota.

10 Benefícios Incríveis do Chá de Bardana

Tratamento de úlceras

As propriedades antibacterianas, antissépticas e anti-inflamatórias, permitem que a raiz de bardana seja usada como um remédio seguro e natural para o tratamento de problemas de pele, incluindo eczema, úlceras, acne, psoríase e dermatite.

O que fazer: Ferva uma colher de raiz de bardana em um copo de água. Agora adicione farinha de aveia para a solução. Misture uma colher de purê de abacate e duas colheres de suco de limão. Faça uma pasta lisa e use-a no rosto e espere 30 minutos. Enxague e você se sentirá revigorado!
2) Promove o crescimento capilar

A raiz é amplamente utilizada para curar caspa. Ela também ajuda no condicionamento do couro cabeludo, promovendo o crescimento do cabelo, tratando a caspa e coceira do couro cabeludo.

O que fazer: Use o chá de bardana com mel, usando-o como um condicionador e lavando depois de 15 minutos para obter um cabelo saudável.
3) Aumenta as bactérias saudáveis

A desintoxicação natural promovida pelas raízes é uma excelente fonte de insulina. Este ingrediente, enquanto auxilia na digestão e liberação de toxinas, também atua como um laxante suave e alivia problemas de gás. Estas raízes são também conhecidas para aliviar problemas de acidez e refluxo e, ao mesmo tempo, melhoram os níveis de apetite. As folhas e caule servem como um estimulante do apetite. E também contém inulina, uma fibra dietética natural que aumenta as bactérias saudáveis no intestino.

4) Cura pedras nos rins

Tomando dois copos de chá feito a partir da raiz, irá estimular e tonificar seu sistema renal. O chá garantirá que as toxinas sejam liberadas. Ele é usado para absorver as pedras nos rins e tratar a insuficiência renal com suas propriedades diuréticas.
5) Controla a glicemia

Se você tem o nível de açúcar elevado, agora pode ter a ajuda da raiz para equilibrar a glicemia e mantê-la sob controle. Por ser baixa em calorias e no índice glicêmico, também é adequada para diabéticos. Ela contém níveis baixos de sódio e alto nível de potássio. O potássio é um nutriente que ajuda a remover a água de seus músculos, abaixando a prssão arterial. Você sabia que a cada 100 gramas de raiz de bardana que você consome, fornece 6,5% da quantidade necessária de potássio?
6) Previne o surgimento do câncer

Estudos realizados com a raiz de bardana sugerem que ela tem propriedades de cura do câncer. A raiz pode impedir metástases (câncer que se alastra para todo o corpo) e prevenir a recorrência do câncer. Isto é possível devido ao funcionamento das atividades antioxidantes, anti-inflamatórias e desintoxicantes desta raiz.
7) Protege o fígado

Esta raiz é conhecida por ter um impacto positivo nas doenças hepáticas. A raiz assegura que o fígado esteja livre de produtos químicos e toxinas, por aumentar a produção da bile, que o limpa e o ajuda a funcionar melhor e também prevenindo a hepatite.
8) Purifica o sangue

É um dos mais poderosos purificadores de sangue naturais conhecidas pelo homem. Sua ação mantém o sangue livre de toxinas e de radicais livres. Reduz o nível de colesterol mau e melhora o bom. Em suma, usando o chá de bardana diariamente poderá protegê-lo de várias patologias cardiovasculares.
9) Cura natural para a febre

Contém mucilagem que acalma tecidos inflamados na garganta e no trato digestivo. Funciona bem para tratar uma tosse seca dolorosa. É uma grande fonte natural de zinco, que é um dos melhores suplementos para o tratamento de gripes e resfriados. E, para não esquecer, ela possui uma propriedade antipirética que induz à transpiração e ajuda a temperatura do corpo baixar, fazendo diminuir a febre.

O que fazer: Você pode ferver a raiz e inalar o vapor para ajudar a limpar a sua garganta e o peito.
10) Melhora os níveis de imunidade

Vários estudos têm demonstrado o impacto positivo destas raízes no sistema imunitário do corpo humano. Suas propriedades antibacterianas acabam com as bactérias indesejadas e previnem a recorrência de infecções frequentes. Por exemplo, a raiz de bardana tem propriedades antifúngicas fortes. Bardana pode ser utilizada para tratar Cândida, pé de atleta e micoses.
2) Como fazer o chá?

Chá de bardana

A) Ingredientes:

2 a 6 gramas da raiz de bardana
150 ml de água

B) Preparo:

Deixe a água ferver,
Adicione a raiz de bardana,
Deixe por 10 minutos,
Coe e deixe esfriar.
Você pode beber três vezes por dia.

3) Uma palavra de cautela:

1- Evite o chá de bardana durante a gravidez – pois pode estimular contrações uterinas, danificando o feto e durante à amamentação.

2- No caso de você ser alérgico a margaridas e cravos e outras plantas deste grupo, seja criterioso antes de usar a bardana, para evitar reações alérgicas.

3- Bardana pode ser responsável por aumentar as chances de sangramento após invasões cirúrgicas. Se você for se submeter à cirurgia, por favor, evite usar ou consumir a bardana, pelo menos, duas semanas antes do procedimento cirúrgico.

4- As pessoas que estão desidratadas devem evitar bardana por causa de suas propriedades diuréticas, o que pode piorar a desidratação; por isso beba muita água.