Chá e Chás

------------------------

Chá de barbatimão.

Propriedades medicinais do Chá de barbatimão: adstringente, anti-hemorrágica, anti-séptica, antibacteriana, antiblenorrágica, antidiabética, antidiarréica, antiescorbútica, antileucorréica, cicatrizante, coagulante sangüíneo, depurativa, diurética, emética, hipotensora, oftálmica, tônica.

Indicações do Chá de barbatimão: casca: úlceras, feridas, impigens, doenças da pele, afecções da garganta, corrimento vaginal, leucorréia, gonorréia, catarro uretral e vaginal; colite, diarréia, escorbuto, anemias, hemoptises, hemorragia uterina, gastrite, úlcera gástrica, câncer, afecções hepáticas, diabetes. Folhas: tônica, hérnia.

Parte utilizada do Chá de barbatimão: casca do caule, folhas.

Contra-indicações/cuidados do Chá de barbatimão: há indícios de que as sementes sejam tóxicas.

Nome científico do Chá de barbatimão: Stryphnodendron barbatiman Mart.

Nomes populares do Chá de barbatimão: barbatimão-verdadeiro, barba-de-timan, barba-de-timão, casca-da-mocidade, casca-da-virgindade, iba-timão, ibatimô, paricarana, uabatimô, ubatima, ubatimó, chorãozinho roxo, paricana, verna, piçarana (Pará). Barbatimão alumbark (inglês), barbatimão (inglês, espanhol, francês, italiano, alemão).

Constituintes químicos do Chá de barbatimão: taninos condensados, substâncias monoméricas (flavan-3-óis) e proantocianidinas (entre elas 8 tipos de prodelfinidinas e 8 prorobinetinidinas), substâncias tânicas (20 a 30%), taninos (18 a 27%), alcalóides não determinados, amido, matérias resinosas, mucilaginosas, matéria corante vermelha, ácido tânico, estrifno, açúcar solúvel, flavonóides, flobafenos.

Modo de usar o Chá de barbatimão:

- Uso externo do Chá de barbatimão: cascas reduzidas a pó e aplicadas no local ou decocção de1 colher de sopa da casca em 1 litro de água morna, para uso sob a forma de banhos, gargarejo, lavagens vaginais e uterinas, úlceras, impingens, etc. Adstringente, tônico, hemostático, antidiarréico, catarros uretrais e vaginais, leucorréia, feridas, adstringente das gengivas.

- Uso interno do Chá de barbatimão: Casca, folha por infusão.

- Decocção do Chá de barbatimão: ferver 20 g da casca em 1L de água. Dosagem normal (3 a 5 xícaras /dia).

- Dosagem do Chá de barbatimão bem leve (1 xícara /dia), em casos de úlcera do estômago e duodeno.

- Tintura, tomada pela manhã, diluída em um pouco de água, alternando-se com a tintura de carqueja, à noite, para casos de asma, bronquite asmática. O tratamento poderá se estender até 12 meses no caso de asma crônica.

- Outros usos do Chá de barbatimão: Curtume para o tratamento de couro. No passado, foi usado pelos índios na produção de tinta vermelha.

Outras informações do Chá de barbatimão

Pesquisadores brasileiros confirmaram que esta árvore é capaz de matar bactérias, brecar inflamações e acelerar a cicatrização. É empregada no tratamento de gonorréia, hérnia, feridas hemorrágicas, diarréias, gastrite, dores de garganta e hemorróidas.

O que os índios sabiam há tempos hoje está comprovado por pesquisas brasileiras: o barbatimão é um excelente cicatrizante e um poderoso agente contra bactérias, inflamações e até úlceras. Um outro estudo, feito na Universidade Federal de Pernambuco, também demonstrou que a planta pode reparar o tecido danificado. Essa propriedade se deve aos taninos presente na casca desta planta. Por serem adstringentes, eles eliminan a água de dentro das células, provocando uma contração das fibras. Isso facilita a cicatrização e diminui as hemorragias.

Outras utilidades do Barbatimão: apesar desta planta ser mais conhecida na medicina popular, ela possui outras utilidades também muito importantes. Por possuir um porte arbóreo e um cerne resistente, o barbatimão é utilizado na construção civil. A casca é importante como fonte de tanino, uma substância empregada no curtume de couros e no artesanato. Da cinza da madeira extrai-se a decoada, uma substância escura que substitui a soda cástica na fabricação de sabão caseiro.

------------------------

BARBATIMÃO.

Família do BARBATIMÃO
Leguminosae-Mimosoidae

Constituintes do barbatimão
Taninos (ácido gálico, elágico, flobafeno), prodelfinidinas( precursores dos taninos condensados ),galocatequina, epigalocatequina, goma, matéria corante, sacarose e dextrose.

Partes utilizadas
Casca

Propriedades do barbatimão
Anti-séptico, cicatrizante, antibacteriano, antifúngico, tripanocida (ainda não comprovado em humanos).

Indicações do barbatimão
Para uso interno (infusão,chá)
- Gastrite, úlcera e dor de garganta.

Para uso externo (gargarejo,pulverização do pó, banhos de infusão)
- Tratamento de feridas
- Hemorróida
- Gonorréia
- Gengivites
- Leucorréia, candidíase, infecções vaginais.

Efeitos secundários
A ingestão de infusões e extratos de barbatimão em alta dosagem e por um longo período podem levar a irritação gástrica.

Contra-indicações
Não há registro na literatura de contra-indicação para o uso da casca de barbatimão.

Já as vagens e sementes são contra-indicadas para gestantes. Estudo feito com animais mostrou que a ingestão de extrato da semente de barbatimão prejudica a gestação.

Interações
Desconhecidas

Toxicidade
Estudo feito com animais mostrou que a administração de extrato de barbatimão em um período prolongado, produz efeitos tóxicos, como diminuição da massa corpórea, involução do timo, aumento da glicose plasmática e aspartato aminotransferase.

Preparações à base de barbatimão
- Pó, chá, tintura, creme, sabonete íntimo e sabonete convencional.

Onde cresce o barbatimão?
A árvore do cerrado brasileiro, ocorre do sul do Pará até São Paulo e Mato Grosso do Sul.

Observações
Além de ser usado para fins medicinais, o barbatimão é muito usado na construção civil, os taninos retirados da casca são empregados no curtume de couros e no artesanato, e das cinzas da madeira é extraído a decoada, que substitui a soda castiça na fabricação de sabão.
-------------------------

Barbatimão para corrimento vaginal.

Um excelente remédio caseiro para corrimento vaginal, é a lavagem vaginal com chá de Barbatimão. Para se preparar este chá você vai precisar de 2 xícaras de chá de casca de barbatimão, 2 litros de água e uma colher de sopa de suco de limão (ou vinagre).

Ferva a água com as cascas de barbatimão por 15 minutos, depois deixe esfriar. Coe, acrescente a colher de suco de limão(ou vinagre) e faça a higienização vaginal quantas vezes achar necessário.

Barbatimão, de nome científico Stryphnodendron barbatimam Mart, é eficaz no tratamento do corrimento vaginal, principalmente pela sua propriedade antibactericida.

-------------------------

Barbatimão Casca -Stryphnodendron barbatimão.

Já era utilizado pelos pajés como planta cicatrizante e antiinflamatória, conhecimento este que foi passado aos caboclos e acabou chegando até aos centros de pesquisa da atualidade. Pesquisadores brasileiros confirmaram que esta árvore é capaz de matar bactérias, brecar inflamações e acelerar a cicatrização.

Estamos diante de uma das plantas medicinais brasileiras mais conhecidas pelos raizeiros e profissionais de saúde que trabalham com ervas medicinais. O barbatimão é uma arbórea nativa dos cerrados brasileiros, muito difundida na região Norte, Centro-oeste, Nordeste e Sudeste.

Foram os índios que primeiramente utilizaram esta planta em seus rituais de cura. Também conhecida como yba timó, que significa "árvore que aperta", isto devido à grande ação adstringente que possui. Popularmente é uma planta muito empregada como cicatrizante, principalmente pelas pessoas do campo, em feridas ou machucados em animais. As pessoas costumam fazer um chá bem forte de suas cascas e banhar o local de duas a três vezes ao dia. Ou então pegam as cascas, moem e pulverizam em cima do machucado. Por ser adstringente, eliminam a água de dentro das células, provocando uma contração das fibras. Isto facilita a cicatrização, diminuindo a hemorragia. É um grande agente anti-séptico já comprovado cientificamente, os resultados surpreendentes na cicatrização, sendo que em até 80% dos casos as escaras cicatrizam em poucas semanas.
Internamente o barbatimão é usado para o tratamento de úlceras e gastrites, fazendo parte de muitas garrafadas para estes fins. Mas alguns trabalhos têm demonstrado que para poder atingir estes resultados devemos usar em baixas dosagens e por um período muito curto, caso contrario os taninos irão começas a irritar a mucosa gástrica.

Propriedades:

Rico em tanino.
Tônico.
Ação anti-séptica
É muito empregado em lavagens vaginais para os casos de:
Leucorréria.
Infecções vaginais.
Irritações e feridas.
Adstringente.
Excelente para mulheres com problemas de corrimentos.
Catarros vaginais e flores brancas.
Inflamações do útero e ovários.
Hemorragia interna.
Cistos e miomas.
Ótimo como cicatrizante de feridas e ou chagas de difícil cicatrização, em ambos os casos usá-la na forma de lavagem local. Combatendo bactérias e fungos. Em casos de escaras de decúbito existe um trabalho mostrando

As informações têm caráter educativo e não visa substituir cuidados médicos ou de um especialista. Não nos responsabilizamos por uso indevido dos produtos ou combinações de produtos que por ventura você possa fazer.

---------------------------

Barbatimão - A casca da virgindade.

popular: BARBATIMÃO
Nome científico: Stryphnodendron barbatimam Mart.
Sinonímia popular: uabatimô, casca da virgindade, paricarana
Sinonímia científica: Acácia adstringens Mart
Parte usada: Cascas
Propriedades terapêuticas: Adstringente das gengivas, hemostática, emética, depurativa, anti-séptica, antidiarréica, vulnerária, tônica, antileucorréica, antiblenorrágica, antiescorbútica, antiasmática
Indicações terapêuticas: Úlceras, leucorréia, catarro uretrais e vaginais, blenorragia, diarréia, hemorragia
Uso medicinal:
As cascas de barbatimão têm grande poder adstringente. Externamente, reduzidas a pó, empregam-se no tratamento de úlceras e, em banhos e injeções, atuam contra a leucorréia, catarro uretrais e vaginais. Internamente utiliza-se seu decocto nas afecções escorbúticas, na blenorragia, na diarréia, na hemorragia, nas hemoptises e também na leucorréia.
Dosagens indicadas:
Pele oleosa: coloque 1 colher (sobremesa) de casca picada em 1 xícara (chá) de água. Ferva por 5 minutos. Espere esfriar, coe e acrescente o suco de meio limão e 1 colher (chá) de mel. À noite, aplique na pele do rosto, com um chumaço de algodão,deixando agir por 20 minutos. Após lave com água morna.
Hemorragias uterinas: coloque 1 xícara ( chá ) de casca picada, 1 xícara (chá) da raiz de algodoeiro e 1 xícara (chá ) de quiabo ainda não maduro, em 1 litro de água. Ferva durante 15 minutos e coe em tecido fino. Faça 1 ou 2 lavagens ao dia com esse líquido. Não obtendo melhora procure orientação médica.
Inflamação da garganta, corrimento vaginal, diarréias, hemorragias: coloque 2 colheres (sopa) de casca picada em 1 xícara (chá ) de álcool de cereais a 50%. Deixe em maceração por 3 dias e coe em tecido fino. Tome 1 colher (café), diluído em um pouco de água, de 2 a 3 vezes ao dia.
Feridas ulceradas: coloque 1 colher (sopa) de casca picada e 2 folhas fatiadas de confrei em 1/2 litro de água em fervura. Desligue o fogo, espere esfriar e coe. Aplique na ferida, com um chumaço de algodão, 2x ao dia.
Corrimento vaginal: coloque 2 colheres (sopa) de casca picada em 1/2 litro de água fervente. Espere amornar, coe e acrescente 1 colher (sopa) de vinagre branco ou suco de limão. Faça banhos locais, de 1 a 3x ao dia, até que o sintoma desapareça.
Contra-indicações:
Não foram encontradas referências sobre efeitos tóxicos.
Curiosidades:
O nome deriva do termo indígena Iba Timo que significa a árvore que aperta. É uma planta utilizada na indústria de curtumes e outrora muito procurada por prostitutas, daí o nome casca da virgindade, que até hoje lhe é aplicada.
A casca do barbatimão produz matéria tintorial vermelha que, quando precipitada convenientemente, produz tinta de escrever. Foi portanto muito utilizada na respectiva indústria em tempos passados.

------------------------------

Benefícios do Barbatimão.

Pesquisadores brasileiros confirmaram que esta árvore é capaz de matar bactérias, brecar inflamações e acelerar a cicatrização.

É empregada no tratamento de gonorréia, hérnia, feridas hemorrágicas, diarréias, gastrite, dores de garganta e hemorróidas.

O que os índios sabiam há tempos hoje está comprovado por pesquisas brasileiras: o barbatimão é um excelente cicatrizante e um poderoso agente contra bactérias, inflamações e até úlceras. Um outro estudo, feito na Universidade Federal de Pernambuco, também demonstrou que a planta pode reparar o tecido danificado.

Essa propriedade se deve aos taninos presente na casca desta planta. Por serem adstringentes, eles eliminan a água de dentro das células, provocando uma contração das fibras. Isso facilita a cicatrização e diminui as hemorragias.

Outras utilidades do Barbatimão: apesar desta planta ser mais conhecida na medicina popular, ela possui outras utilidades também muito importantes.

Por possuir um porte arbóreo e um cerne resistente, o barbatimão é utilizado na construção civil.

A casca é importante como fonte de tanino, uma substância empregada no curtume de couros e no artesanato. Da cinza da madeira extrai-se a decoada, uma substância escura que substitui a soda cástica na fabricação de sabão caseiro.
------------------------

Origem do Barbatimão

Árvore nativa do cerrado podendo ser encontrada em vários estados do Brasil, desde o Amapá até o Paraná. Princípios ativos: Substâncias tânicas (20 a 30%), açúcar solúvel, mucilagens, flavonóides, corante vermelho, alcalóides não determinados
Uso medicinal

As cascas de barbatimão têm grande poder adstringente. Externamente, reduzidas a pó, empregam-se no tratamento de úlceras e, em banhos e injeções, atuam contra a leucorréia, catarro uretrais e vaginais. Internamente utiliza-se seu decocto nas afecções escorbúticas, na blenorragia, na diarréia, na hemorragia, nas hemoptises e também na leucorréia.
Dosagens indicadas

Pele oleosa: coloque 1 colher (sobremesa) de casca picada em 1 xícara (chá) de água. Ferva por 5 minutos. Espere esfriar, coe e acrescente o suco de meio limão e 1 colher (chá) de mel. À noite, aplique na pele do rosto, com um chumaço de algodão,deixando agir por 20 minutos. Após lave com água morna.
Hemorragias uterinas: coloque 1 xícara ( chá ) de casca picada, 1 xícara (chá) da raiz de algodoeiro e 1 xícara (chá ) de quiabo ainda não maduro, em 1 litro de água. Ferva durante 15 minutos e coe em tecido fino. Faça 1 ou 2 lavagens ao dia com esse líquido. Não obtendo melhora procure orientação médica.

Inflamação da garganta, corrimento vaginal, diarréias, hemorragias: coloque 2 colheres (sopa) de casca picada em 1 xícara (chá ) de álcool de cereais a 50%. Deixe em maceração por 3 dias e coe em tecido fino. Tome 1 colher (café), diluído em um pouco de água, de 2 a 3 vezes ao dia.

Feridas ulceradas: coloque 1 colher (sopa) de casca picada e 2 folhas fatiadas de confrei em 1/2 litro de água em fervura. Desligue o fogo, espere esfriar e coe. Aplique na ferida, com um chumaço de algodão, 2x ao dia.

Corrimento vaginal: coloque 2 colheres (sopa) de casca picada em 1/2 litro de água fervente. Espere amornar, coe e acrescente 1 colher (sopa) de vinagre branco ou suco de limão. Faça banhos locais, de 1 a 3x ao dia, até que o sintoma desapareça.

Contra-indicações

Não foram encontradas referências sobre efeitos tóxicos.
Curiosidades

O nome deriva do termo indígena Iba Timo que significa a árvore que aperta. É uma planta utilizada na indústria de curtumes e outrora muito procurada por prostitutas, daí o nome casca da virgindade, que até hoje lhe é aplicada.
A casca do barbatimão produz matéria tintorial vermelha que, quando precipitada convenientemente, produz tinta de escrever. Foi portanto muito utilizada na respectiva indústria em tempos passados.

Bibliografia

Dicionário das Plantas Úteis do Brasil - M. Pio Corrêa
Plantas que ajudam o Homem - Dr. José Caribe e Dr. José Maria Campos
Plantas medicinais - Cid Aimberé de M. Santos, Kátia Regina Torres, Rubens Leonart
Plantas Medicinais Brasileiras - Edvaldo Rodrigues de Almeida
Plantas Medicinais no Brasil - Harri Lorenzi & F. J. Abreu Matos
Plantas que Curam - Editora Três
Plantas que Curam - Sylvio Panizza
Árvores Brasileiras - Harri Lorenzi
------------------------------


Chá e Chás

Tudo Sobre Emagrecer Emagrecedor.info