Chás calmantes para dormir

Os chás calmantes para dormir são capazes de relaxar o corpo e proporcionar um sono tranqüilo para as pessoas.

Os chás calmantes dessa procedência normalmente são preparadas com ervas naturais, combinando assim substâncias calmantes que tornam o ato de dormir muito mais fácil e prazeroso.

Existem diversas formas de se preparar chás calmantes, eles podem ser feitos a partir de uma única erva ou através da combinação de várias. Há pessoas que compram saches de chá calmante e preparam em casa, mas é importante lembrar que esse tipo de bebida não tem o mesmo efeito relaxante proporcionado pelo chá com ervas naturais.

Se você está querendo desfrutar de um sono dos anjos, deve conhecer os benefícios do chá calmante e tomá-lo todas as noites antes de dormir. A bebida é uma excelente opção para se consumir durante o inverno, pois além de relaxar o corpo, também aquece o corpo de uma forma maravilhosa.

O Sete Ervas é uma receita de chá calmante que tem contribuído com o relaxamento de pessoas de todas as idades, aliviando o estresse e proporcionando uma sensação de bem-estar. Esse chá calmante é recomendado para o banho antes de dormir. Ele combina Rosa, Alfazema, Camomila, Eucalipto, Alecrim, Hortelã e Erva doce. Todas as ervas citadas possuem propriedades que aliviam as tensões diárias e deixam o sono chegar com mais facilidade.

O banho com chá calmante sete ervas deixa o corpo relaxado porque revigora o funcionamento do sistema nervoso e circulatório. A receita também ajuda a manter a pele saudável e contribui com o rejuvenescimento. Depois de tomar um banho com chá calmante, vale a pena apostar no preparo de uma bebida antes de dormir.

Entre os chás calmantes de ervas para dormir que melhor agem no organismo, pode-se destacar aquele preparado com camomila e erva cidreira. Essas duas plantas quando combinadas trazem vários benefícios para a saúde, além de ser um eficiente calmante natural. A camomila também consegue aliviar cólicas menstruais, gripes e qualquer outro tipo de indisposição.

Não há segredos de como fazer chá calmante relaxantes, basta ferver a água, colocar as ervas que deseja e depois abafar a infusão. Adoce na xícara e se delicie com o sabor das combinações. Sete Ervas + chá de camomila garante um sono dos deuses.

Chá calmante receita

O chá calmante de valeriana é um poderoso calmante. Para fazer o chá calmante, adicione 1 colher de chá de raíz de valeriana seca em 25o ml de água ferevendo e tape para que os óleos essenciais não evaporem.

O chá calmante valeriana tem grande potencial calmante e é um sedativo natural bastante seguro, mas não faça chás mais concentrados do que o aconselhado.

Receitas: chá calmante

Ingredientes do chá calmante:
Uma colher de sobremesa ou dois saquinhos de Camomila, Erva Cidreira e Erva Doce
Mel ou adoçante a gosto
Modo de Preparo o chá calmante:
Deixe a água ferver e depois desligue por dois minutos.
Após este tempo acrescente os saquinhos e espere três minutos.
Nunca ferva as ervas, pois perdem suas propriedades e modificam o sabor do chá.
Adoce a gosto com mel ou adoçante.
Sirva quente.

Nutricionista aponta diferença entre chás calmantes e estimulantes

Além de saborosos, produtos podem ajudar em tratamentos.

Aprenda a fazer duas receitas deliciosas de chá.

Além de gostosos e aromáticos, muitos chás têm função medicinal

Esses produtos podem ser uma ótima opção para ajudar em alguns tratamentos de saúde como estresse, ansiedade e insônia.

Os chás calmantes, por exemplo, podem ser tomados antes de dormir e ajudam a controlar a depressão e a compulsão por comida. Já os estimulantes são indicados até as 18h e alguns são diuréticos. Porém, é preciso tomar cuidado ao consumir essas ervas. Em excesso elas podem trazer problemas, segundo a nutricionista.

Calmantes X Estimulantes
Os chás com substâncias calmantes mais indicados são camomila, melissa, jasmim. Essas ervas atuam no sistema nervoso, trazendo a sensação de tranquilidade e bem-estar, diminuindo a compulsão por comida. Já os estimulantes (fucus, sene, malva), são ricos em fibras solúveis que formam um gel no estômago dando a sensação de saciedade e fazendo com a que pessoa coma menos. Alguns são diuréticos como a cavalinha, abacateiro e alcachofra, porém, devem ser usados com cuidado. O excesso pode causar a perda de potássio, provocando tonturas, fraqueza muscular e fadiga.

Algumas substâncias encontradas nas ervas estimulantes, como a cafeína, presente no chá verde, é um estimulante cardíaco, que age no cérebro provocando agitação e aumentando a pressão arterial. "O oxalato, encontrado no chá mate, também pode provocar problemas renais, formando cristais nos rins ou pedras de rins, por causa da sua concentração de cálcio; o tanino, encontrado no chá verde, atua na parede do intestino, e se ingerido em excesso, interfere na absorção de cálcio pelo organismo", diz.

Quem pode tomar
A nutricionista faz um alerta antes de usar as ervas. "As pessoas que vão ingerir esses tipos de chás devem ficar atentas ao seu físico-tipo, ou seja, pessoas com problemas cardíacos, pressão arterial, diabetes e colesterol alto, são indivíduos mais susceptíveis a agitação provada pelos componentes benéficos dessas ervas, devendo sim evitar em quantidades exageradas, lembrando que alguns desses componentes podem interferir na medicação habitualmente ingerida pelo indivíduo", explica.

Com relação até que horas tomar, Elisângela diz que o que determina o benefício ou o malefício é a quantidade ingerida. "O recomendado é a ingestão de 300 ml dia, de algum tipo de erva, lembrando que o ideal não é misturar as ervas, pois cada uma tem seus componentes químicos e podem interferir entre si", conta. "O chá também entra como hidratação neste frio, uma vez que o corpo tem dificuldade de aceitar bebidas geladas ou fria (água, suco, vitamina). O chá acaba sendo uma excelente opção", revela a nutricionista.

Segundo Elisângela, é preciso ainda ter cuidado com os chás vendidos a granel porque podem mofar rápido dependendo da forma como ele for armazenado. A recomendação, segundo a nutricionista, é comprar o produto em saquinhos, que normalmente já passaram por um processo de esterilização.

Calmantes
São chás que combinam propriedades calmantes, capazes de relaxar, tirar a ansiedade, alguns ajudam a combater a insônia e estresse causado no decorrer do dia e liberando uma incrível sensação de descanso. São eles:
- Erva-cidreira, chamado também de capim limão, calmante;
- Melissa: tem óleos essenciais que acalmam;
- Camomila: O mais conhecido de todos, excelente efeito;
- Erva -de-são-joão: é mais eficiente para combater a depressão;
- Passiflora: Espécie de maracujá ajuda a controlar crises de ansiedade e depressão;

Estimulantes
São ervas que ajudam a melhorar o ânimo e a disposição. Para dar energia, a nutricinonista recomenda: chá preto e chá verde. O chá de gengibre melhora a circulação sanguínea, previne coágulos, tem ação anti-inflamatória e antibiótica, antioxidante, estimulante e antidepressiva turbinando o ânimo e melhorando a disposição.

Além disso, esse chá é indicado também para tratar náusea, enxaqueca, gripes, gastrite e úlcera. Para quem quer emagrecer, o gengibre pode ser um aliado, já que auxilia no emagrecimento por sua ação digestiva e termogênica. Os que têm maiores quantidades de cafeína, como chá preto e o verde, devem ser evitados durante a noite, pois podem atrapalhar o sono.

- Ervas de guaraná com pó ginseng aumentam a pressão arterial e enfatizam a insônia e depressão por causa da alta concentração de cafeína.

- Chá verde: tem alto índice de cafeína e deve ser evitado por quem sofre de problemas estomacais e por quem tem insônia por sua ação estimulante.

Bebida quente
Apaixonada por chás, a instrutora de yoga Mônica Machado toma no frio cerca de 3 xícaras por dia. A instrutora conhece mais de dez tipos diferentes da bebida e, por isso, ensina a fazer dois sabores: o chá de uva e o de hibisco.

Chá de Uva
Ingredientes
uma tigela de sobremesa de gengibre
4 colheres de açúcar
2 canelas em pau
2 copos de água
2 copos de suco de uva

Preparo
Rale o gengibre com a casca. Na panela coloque 4 colheres de sopoa de açúcar e em seguida adicione o gengibre. Mexa bem até obter o ponto de caramelo. Depois acrescente dois copos de água, as canelas em pau e uma colher de café de cardamomo. Por último, coloque o suco de uva. Deixe ferver por até 10 minutos.

Chá de Hibisco
Ingredientes
1/2 litro de água
1 tigela de sobremesa de folhas de hibisco secas

Para fazer é só levar ao fogo os ingredientes por até 10 minutos e servir. A bebida é rica em substâncias antioxidantes como flavonoides e ácidos orgânicos.

Estes nutrientes proporcionam diversos efeitos benéficos, entre eles, a ação diurética, impedindo a retenção de líquidos, e a capacidade de evitar o acúmulo de gorduras, principalmente na região da barriga e quadris.

Este último ocorre porque o chá reduz a adipogênese, processo no qual ocorre a maturação de células pré-adipócitas que se convertem em adipócitos maduros, capazes de acumular gordura no corpo.

Chás Calmantes para Ansiedade e Nervosismo

O estresse e a ansiedade são males comuns nos dias atuais e cada vez mais pessoas se veem com problemas para relaxar e até mesmo para dormir. Embora remédios e fármacos específicos estejam disponíveis, utilizar a natureza para controlar esses quadros é, normalmente, uma boa opção. A melhor forma de utilizar a natureza para combater esses sintomas, por sua vez, é por meio dos chás calmantes e por isso confira 7 opções diferentes.
Chá de camomila

O chá de camomila é um dos chás calmantes mais famosos e sua ação calmante deve-se ao fato de possuir um aminoácido que atua no sistema nervoso de modo a diminuir o estresse e a ansiedade de maneira geral.
Para preparar esse chá é preciso, na verdade, fazer uma infusão: após ferver cerca de 200 ml de água, despeje o líquido em uma caneca com cerca de 2 colheres de chá de camomila e tampe o recipiente por cerca de 15 minutos. Quando a bebida adquirir uma coloração levemente amarelada, ela pode ser consumida.

Chá de erva-doce

Outra famosa opção entre os chás calmantes é o chá de erva-doce que inclusive pode ser utilizado para bebês que estejam sofrendo com agitação e incômodo devido a cólicas. Nesses casos, o chá funciona como um calmante para todo o organismo, ajudando a relaxar os músculos e conseguindo sensação de alívio.

Para prepará-lo basta utilizar uma colher de chá de erva-doce para cada xícara de chá de água. Leve os dois ingredientes ao fogo e deixe que fervam por cinco minutos. A seguir, coe o chá e ingira-o de maneira imediata.