Chlorella green emagrece?

A chlorella green é um rica fonte de nutrientes concentrados e de clorofila.

A chlorella green possui todos os aminoácidos essenciais é uma rica fonte de nutrientes concentrados e de clorofila.

Devido à alta concentração de nutrientes e aminoácidos essenciais, pode parcialmente satisfazer o apetite quando ingerida antes das principais refeições e, também, diminuir os sintomas da TPM.

Chlorella Green ajuda também na recuperação de materiais genéticos lesados, protege a saúde dando suporte às funções celulares vitais e retarda o processo de envelhecimento.

Chlorella green possui proporcionalmente mais proteínas.

Contém aproximadamente 60% de proteínas, 18 aminoácidos incluindo todos os essenciais, vitaminas e minerais.

Em termos comparativos, a chlorella green possui proporcionalmente mais proteínas do que a soja, a carne bovina e o trigo.

Ajuda na recuperação de materiais genéticos lesados, Retarda o processo de envelhecimento, Protege a saúde dando suporte as funções celulares vitais.

É composta de:

Chlorella Pyrenoidosa em pó, gelatina gelificante, dióxido de titânio, dióxido de silício e água purificada

Chlorella, o super alimento

Nos anos 1950, governantes dos países mais ricos criaram o projeto de desenvolvimento da produção de um alimento de alto valor nutritivo.

Os laboratórios internacionais selecionaram entre 1000 plantas a Chlorella.

É a sua composição excepcional, o seu alto conteúdo em clorofila, o seu fator de crescimento e a sua capacidade de fixarem numerosas substancias tóxicas que a diferencia a Chlorella das outras plantas e lhe dá o título de GRANDE REGULADORA.

Soluções Para a Fome Mundial

A revista Science Newsletter nas suas edições de 01/janeiro e 28/agosto de 1949, anunciou que a Chlorella poderia ser a solução em pouco tempo para a fome do mundo, devido sua alta taxa de proteínas e a sua capacidade de multiplicação muito rápida.

Em 20 de agosto de 1949, a Science Newsletter publicou um importante artigo de Harold W. Milner de título: "Alga como Alimento".

Ele estimou que cada acre da Chlorella, favoravelmente cultivado, poderia produzir 40 toneladas (peso líquido) por ano, o que renderia 20 toneladas de proteínas e três toneladas de gordura acre/ano.

Isto seria de enorme valor para os problemas de alimentação, em pouco tempo.

A Coronet Magazine, de fevereiro de 1954, publicou um artigo "Chlorella.

A Chave do Mundo da Fartura", declarando que cientistas de vários países (Japão, Alemanha, Holanda, Venezuela, Israel e Inglaterra) estavam trabalhando com o uso da Chlorella como alimento.

Alguns trabalhos experimentais foram feitos sob os auspícios do governo e de grandes empresas como a Ralston Puriha e General Mills.

Uso da Chlorella em Naves Espaciais

A revista Reader's Digest "Seleções", de junho de 1954, em artigo escrito por Bill Davidson previu que a Chlorella será mais importante para a humanidade que a energia atômica.

O Departamento de Medicina Espacial da Força Aérea dos USA pediu a cientistas da Universidade do Texas para pesquisar a possibilidade de produzir a Chlorella como fonte de alimento e oxigênio em naves espaciais.

Foi também anunciado que a marinha do USA contratou a Universidade da Califórnia (UCLA) para pesquisar se a alga poderia ser usada para fornecer oxigênio e remover o dióxido de carbono de ambientes fechados, como os submarinos atômicos.

A marinha também ajudou a desenvolver a alga como alimento para evitar a necessidade de enviar comboios carregados de alimentos para outros países em tempo de guerra.

A revista Scientific Monthly, de outubro de 1956 publicou um considerável artigo denominado "Estudos para a Cultura de Grande Escala de Alga em Israel", pelos Or. A. M. Mayer, Or. A. Ersenberg e A.

Evenari, da Universidade Hebraica de Jerusalém. Seu artigo foi apresentado na Conferência de Energia Solar, em Tucson, Arizona, em outubro/novembro de 1955.

Quais são os benefícios da chlorella?

Ela é benéfica ao organismo devido ao seu valor nutritivo.

Contém inúmeras vitaminas e nutrientes importantes para o nosso corpo, sendo que 60% de sua composição é de proteínas.

Este índice é maior até do que a carne bovina, a carne de soja e o trigo, conhecidos por serem altamente proteicos.

A chlorella produz 50% a mais dessa substância do que qualquer outro ser vivo, incluindo o homem.

Para que serve a chlorella?

A ingestão de chlorella, de maneira frequente, funciona como desintoxicante e regulador do intestino, além de proteger o sistema imunológico, o que fortalece o organismo e previne doenças.

Esta propriedade se deve ao seu alto teor de fibras.
Para fortalecer ossos, prevenir fraturas e osteoporose, pois possui boa concentração de cálcio em sua composição, além de magnésio e clorofila, como já foi citado.
Devido às altas taxas de fósforo, a chlorella atua no cérebro, promovendo melhor atividade, além de prevenir hipertensão, colesterol e triglicerídeos.

Ela não só previne, como diminui os índices dessas doenças no organismo.
A chlorella promove a saciedade e, por este motivo, é indicada para dietas de emagrecimento e redução de peso.

Então a chlorella emagrece?

Se ingerida regularmente, a chlorella emagrece porque possui alta quantidade de fibras. Funciona diminuindo a saciedade, o que fará com que a pessoa sinta menos fome na hora das refeições.

Como o sistema digestivo funcionará melhor, quem fizer uso de chlorella emagrece também porque eliminará o inchaço causado pela prisão de ventre, além de toxinas que serão excretadas por sua característica desintoxicante.

A chlorella é uma substância de fácil digestão que ajuda a emagrecer com saúde, consumindo nutrientes e vitaminas que serão benéficos para o bom funcionamento do seu intestino.

Além disso, como já foi citado, ela prevenirá doenças e fortalecerá os sistemas imunológico e cerebral.

É um excelente fator para te ajudar a emagrecer sem prejudicar a sua saúde, evitando o consumo de medicamentos moderadores de apetite, que podem causar efeitos colaterais severos.

O efeito de saciedade é o maior benefício verificado, provocando a sensação bem antes de seu estômago estar realmente cheio.

A chlorella não atua como termogênico nem queimador de gordura, essa não é uma capacidade que as algas têm.

O que acontece é que, através de seu alto valor nutritivo, ela não deixa você passar fome, ao contrário de alguns regimes alimentares.

Ingerir chlorella provoca algum efeito colateral?

Se você tiver hipersensibilidade ao produto, pode haver diarreia leve ou erupções na pele, mas talvez nem seja necessário a suspensão, já que a situação tende a normalizar-se em alguns dias.

A chlorella funciona na prevenção de anemias em gestantes e lactantes, mas seu uso deve ser indicado por médicos. Adolescentes, idosos e crianças também podem fazer uso da substância, se receitado pelo mesmo profissional.

Como tomar chlorella para emagrecer?

A chlorella é vendida em pó ou em cápsulas e você deve consumi-la trinta minutos antes das refeições para atingir o emagrecimento.

O recomendado é aproximadamente 300mg, 3 a 4 vezes ao dia. É imprescindível que você ingira chlorella com água, seja em pó misturado com o líquido, ou tomando a bebida para engolir as cápsulas.

Você tem a opção também de abrir o medicamento e colocar o conteúdo dentro da água, mexendo a mistura antes de beber.

Você já percebe os resultados com pouco tempo de uso, mas é importante que dê continuidade ao tratamento para emagrecer continuamente e garantir a perda de peso com saúde.

Além do benefício do emagrecimento, você ajuda seu organismo a desintoxicar de impurezas, eliminando substâncias perigosas para a sua saúde. Essa limpeza também ajuda você a emagrecer.