Chá branco e acerola é emagrecedor?

O chá branco em cápsulas é único em todo o mundo a ser adicionado de vitamina C, que favorece em até 80% a absorção das catequinas e polifenóis.

Chá branco com praticidade em consumir cápsulas em qualquer local e qualquer hora do dia, fazem do chá verde e Acerola uma das melhores maneiras de cuidar da sua saúde e do seu bem-estar.

Vale destacar que o produto é recomendado por respeitados nutricionistas.

Experimente e sinta a diferença nos resultados você também com chá branco!

Muito têm se falado sobre o chá branco a camellia sinensis e seus benefícios.

Com uma quantidade um pouco maior de catequinas e polifenóis do que o chá verde, por ser colhida a erva ainda como broto, o chá branco tem despertado o interesse de muitos.

Ressaltamos porém que é necessário o uso do extrato padronizado, e uma fonte segura de matéria prima para obtenção do puro extrato.

Exclusivo, o chá branco utiliza somente o extrato padronizado, e também é maximizado com a adição da vitamina C através da Acerola.

Chá Branco como emagrecedor Único com adição de vitamina C.

Praticidade na versão em cápsula, proporcionando saúde e bem-estar em qualquer lugar e hora do dia.

Extrato padronizado, o que possibilita maior concentração de catequinas e polifenóis.

Chá branco é poderoso antioxidante e melhora o humor.

Bebida ajuda a prevenir o câncer, doenças cerebrais degenerativas e cardiovasculares.

O chá branco é oriundo da planta Camellia sinesis, a mesma que origina o chá verde e o chá preto. Esta bebida se destaca pela forte ação antioxidante, principalmente porque possui grandes quantidades de catequinas, um tipo de polifenol.

Por isso, ele é importante para a prevenção do câncer, doenças cardiovasculares e cerebrais degenerativas e tem ação anti-inflamatória.

A diferença entre os chás branco, verde e preto está na fase em que a planta é colhida e a maneira como são preparados. Entenda como cada um deles é elaborado:

Chá branco: É produzido a partir das folhas novas e brotos, parte mais nobre da planta, que são colhidos antes das flores se abrirem. A coloração prateada desses brotos e folhas fez com que bebida recebesse o nome de chá branco.

A planta não passa por fermentação e por isso conta com a ação antioxidante mais forte e menor quantidade de cafeína. Os processos para preparar a planta são a vaporização parcial e secagem ao ar na luz natural.

Chá verde: É elaborado com a planta um pouco mais velha do que a do chá branco. Porém, ela ainda não passou por um estágio de fermentação tão grande.

Por isso, possui ação antioxidante menor do que o branco, mas ainda se destaca por esse benefício, e maior quantidade de cafeína. No chá verde as folhas são colocadas sob vapor e depois secas.

Chá preto: É feito com as folhas ainda mais velhas e passa por um processo de fermentação maior. Por isso, ele possui ação antioxidante bem menor do que dos outros dois chás e muita cafeína. Os processos para a sua produção são: drenagem interna sem rotação, rotação, fermentação, secagem fina.

Nutrientes do chá branco

O chá branco se destaca por sua ação antioxidante. Isto ocorre devido às catequinas presentes em grandes quantidades neste chá.

Estudos realizados no College of Health and Human Science, nos Estados Unidos, mostraram que o chá branco possui níveis mais altos de catequinas em relação a outros chás.

As catequinas são polifenóis e potentes antioxidantes.

Assim, elas ajudam a prevenir o câncer, doenças cardiovasculares e cerebrais degenerativas, como Alzheimer e Parkinson, tem ação anti-inflamatória e protege o fígado.

Outra substância presente no chá branco é a L-teanina.

Trata-se de um aminoácido que age no cérebro e favorece o aumento dos níveis de ácido gamaaminobutírico (GABA), dopamina e serotonina, neurotransmissores relacionados com a sensação de relaxamento e bem-estar.

Este chá também possui cafeína, porém em quantidades menores do que o chá verde e o preto.

A cafeína tem um efeito estimulante, aumentando a disposição e diminuindo a sonolência e a fadiga.

Ela também ajuda no emagrecimento por ter uma ação termogênica, que aumenta o gasto energético do corpo.

A bebida conta com taninos, polifenóis que possuem ação antioxidante leve.

Porém, os chás verde e preto possuem maiores quantidades desta substância.

Os taninos não podem ser consumidos em abundância, pois inibem a absorção de outros nutrientes importantes, especialmente o ferro.

Benefícios comprovados do chá branco

Previne o câncer: A oxidação do DNA das células aumenta as chances de câncer. Por isso, a ação antioxidante das catequinas presentes no chá branco ajudam a prevenir esta doença.

Uma pesquisa do Instituto Linus Pauling de Ciências e Medicina da Califórnia, Estados Unidos, constatou que a bebida impede alterações genéticas que podem originar o câncer.

Outros estudos já relacionam o consumo da bebida com a diminuição do risco de câncer gástrico, hepático e pulmonar.
Ação anti-inflamatória: As catequinas presentes no chá branco são capazes de reduzir os processos inflamatórios. Por isso, a bebida pode ser boa para quem tem artrite inflamatória, diminuindo a velocidade de desarranjo da cartilagem articular e o risco de tumores e câncer de cólon.

Previne doenças degenerativas cerebrais: A oxidação excessiva dos neurônios favorece doenças cerebrais degenerativas como o Alzheimer e o Parkinson. Com a forte ação antioxidante das catequinas, o chá branco é capaz de prevenir esses problemas.

Controla o colesterol: A ação antioxidante das catequinas do chá ajudam a diminuir a oxidação do colesterol. Assim, a bebida contribui com a diminuição do colesterol ruim, LDL.

Consequentemente, o risco de doenças cardiovasculares irá diminuir.

Melhora o humor: O chá branco proporciona sensação de bem-estar e relaxamento.

Isto ocorre porque ele possui um aminoácido chamado L-teanina que age no cérebro e favorece o aumento dos níveis de ácido gamaaminobutírico (GABA), dopamina e serotonina, neurotransmissores relacionados com a sensação de relaxamento e bem-estar.

Protege a visão: A oxidação excessiva da retina, camada de tecido mais interna no fundo do olho que transforma a luz e as imagens que entram no olho em sinais nervosos que são enviados ao cérebro, causa a doença macular degenerativa que compromete a visão.

A ação antioxidante das catequinas diminui a oxidação da retina e assim previne esta doença.

Ajuda a emagrecer: A principal substância responsável pela perda de peso no chá branco é a cafeína.

Isto porque ela possui efeito termogênico, elevando o gasto de energia do corpo com o aumento do calor.

Contudo, o chá branco não possui quantidades tão elevadas de cafeína quanto o chá verde e o chá preto. Por isso, esta bebida não possui forte capacidade emagrecedora. Pessoas que pretendem perder peso podem optar pelo chá verde.

Benefícios da Acerola Para Saúde.

A acerola é uma fruta tropical de cor vermelha que possui um sabor ácido-azedo e o cheiro é semelhante ao da Maça.

Acerola é Rico em antioxidantes (incluindo a Vitamina C e antocianinas ), Cálcio, Ferro, Fósforo, vitamina A, vitamina B1, vitamina B2 e vitamina B3.

Até o momento, poucos estudos científicos têm testado os benefícios e os reais potenciais da Acerola.

Embora não haja evidências de ensaios clínicos para mostrar que acerola pode melhorar a saúde, alguns resultados preliminares de investigação laboratorial e estudos baseados em animais indicam que a acerola pode ter alguns efeitos benéficos.

Confira, as principais conclusões dos estudos:

Acerola Reduz o Açúcar no Sangue: A Acerola pode ajudar a reduzir os níveis de açúcar no sangue, de acordo com um estudo de 2006 de Biociências, Biotecnologia e Bioquímica.

Em testes com ratos, os cientistas demonstraram que os antioxidantes extraídos de acerola pode ajudar a suprimir o transporte de açúcar no sangue ao longo dos intestinos

Estresse Oxidativo: Em um estudo de laboratório publicado em 2011, os pesquisadores descobriram que o extrato da acerola pode lutar contra o estresse oxidativo (um processo relacionado com o envelhecimento associado a uma série de doenças graves).

Benefícios da Acerola na Prevenção do Câncer de Pulmão: A Acerola aumenta a proteção contra o câncer de pulmão, segundo um estudo de 2002. Além disso, Testes em camundongos revelaram que o extrato de acerola ajudou a regular o crescimento de células anormais para retardar a propagação do câncer de pulmão.

Acerola é uma excelente Fonte de Vitamina C: A acerola é uma fonte de Vitamina C, sob a forma natural de ácido ascórbico, A Vitamina C é um nutriente essencial, desempenhando um papel importante na saúde do sistema imunológico.

Além disso, ela também é importante para a síntese do colagênio, um componente estrutural de vasos da pele, ossos e sangue, assim como a síntese dos produtos químicos do cérebro envolvidas na regulação do humor.

VALOR NUTRICIONAL DA ACEROLA

A acerola esconde, em seus 40 gramas de massa suculenta, inúmeros nutrientes. Além de flavonoides, vitaminas A, B1 e B6 ela também apresenta minerais como fósforo, ferro, potássio, magnésio e cálcio.

Outro famoso componente da acerola é o carotenoide, substância responsável pela cor vermelha da fruta, e mais, considerada antioxidante, o que indica que auxilia na prevenção do envelhecimento precoce das células.

Mas seus componentes benéficos não param por aí. A acerola é a fruta que apresenta o maior teor de vitamina C.

Algumas variedades desta fruta alcançam até 5.000 ml de vitamina C por 100 g de polpa. Ainda dentro das estatísticas, a acerola possui 100 vezes mais vitamina C do que o limão, 20 vezes mais do que a goiaba e 10 vezes mais do que o caju ou a amora.

Em outras palavras, consumir 3 a 4 frutinhas destas pode suprir a necessidade diária de vitamina C de um adulto.

Vale ressaltar que quanto mais verde for a fruta, mais vitamina C oferecerá, logo uma fruta verde escura apresentará 90% mais de vitamina C e 50% menos de açúcares.

Ainda, se compararmos a acerola e a laranja, descobriremos algo interessante. A acerola possui mais vitamina A do que a laranja.

Esta vitamina é responsável por prevenir doenças como a cegueira noturna. A quantidade diária recomendada de vitamina A é de 900 microgramas para homens e 700 para mulheres.

Neste sentido, enquanto a laranja nos oferece 20 microgramas dessa vitamina a acerola surge como a campeã em teores, apresentando 76 micrograma