Cápsulas das 3 ervas com Ação Diurética

Cápsulas das 3 Ervas potente diurético e eliminador de inchaços.

Ajuda a eliminar as toxinas do organismo e é potente diurético , auxilia no bom funcionamento do fígado combate a celulite.

Cápsulas das 3 Ervas potente diurético, eliminando inchaços. Também auxilia no bom funcionamento do fígado.

Carqueja Exerce uma ação benéfica sobre o fígado e intestinos

Cápsulas das 3 ervas com Carqueja exerce uma ação benéfica sobre o fígado e intestinos, em decorrência de seus princípios amargos.

Purifica e elimina as toxinas do sangue pela ação diurética que exerce.

Alem de ter uma propriedade hipoglicemiante, muito útil em casos de diabetes.

Proporciona um bom funcionamento dos intestino

Centella Constituintes da fração triterpênica.

Constituintes da fração triterpênica da centela atuam normalizando a produção de colágeno ao nível dos fibroblastos.

Promovendo o restabelecimento de uma trama colágena normal e flexível e consequente desencarceramento das células adiposas, permitindo a liberação da gordura localizada graças à possibilidade de penetração das enzimas lipolíticas.

Promove a normalização das trocas metabólicas entre a corrente sanguínea e os adipócitos.

Esta função é ainda auxiliada pela melhora da circulação venosa de retorno e pela diminuição da fragilidade capilar, que combate os processos degenerativos do tecido venoso.

Também controla a fixação da prolina e alanina, elementos fundamentais na formação do colágeno.

Sua ação sobre os edemas de origem venosa orientam o tratamento das celulites localizadas.

Cavalinha sua atividade diurética e remineralizante.

Glicosideos flavônicos, saponinas, acido gálico, potássio e sílica são os constituintes responsáveis pela sua atividade diurética e remineralizante, permitindo a eliminação de substancias tóxicas.

Apresenta propriedades remineralizantes atribuídas ao silício, que também tem a capacidade de ligar-se a mucopolissacarídeos e glicoproteinas da estrutura do tecido coectivo, estimulando a biossintese de fibras colágenas e elastina, preservando a elasticidade e tonicidade do tecido cutâneo.

Dieta do chá das 3 ervas detona 6 quilos em 1 mês

O segredo é a combinação de ervas termogênicas, desintoxicantes e diuréticas.
A dieta do chá das três ervas aquece o corpo, conforta o estômago e ajuda a eliminar os quilinhos que deixaram você insegura na hora de investir naquele jeans.

O segredo é beber de três a quatro xícaras de uma infusão preparada com ervas termogênicas (aceleram o metabolismo, favorecendo a queima de gordura), desintoxicantes (eliminam as toxinas, deixando o organismo menos resistente ao emagrecimento) e diuréticas (evitam a retenção de líquido, contribuindo para uma barriga lisinha).

Assim, você combate o excesso de peso de várias maneiras e potencializa o resultado do cardápio de 1200 calorias que acompanha esta dieta.

Antes que você fique tentada a acrescentar mais de três ervas na mesma xícara, atenção: essa é uma medida segura. "O uso de muitas plantas faz com que elas entrem em competição, diminuindo o efeito uma da outra.

E o objetivo é justamente o contrário: permitir que elas trabalhem em sinergia, aumentando o efeito emagrecedor do chá", explica a fitoterapeuta e nutricionista Vanderli Marchiori, da VM Nutrição e Fitoterapia, em São Paulo.

Outro procedimento importante: Procurar sempre adquirir as ervas em lojas especializadas, que garantam o manuseio e armazenamento corretos das plantas.

Mas você pode combiná-las a seu gosto – para isso, consulte o quadro As ervas que vão secar os excessos e escolha uma de cada grupo.

Só mais uma observação para o sucesso da dieta: mantenha o mesmo mix de ervas por três dias.

As plantas precisam desse tempo para que possam agir de maneira eficiente no organismo e, então, acelerar o emagrecimento.

Depois, mude a combinação para criar um novo estímulo e evitar qualquer risco de toxicidade.

Embora não tenham contraindicações, não se deve usar nenhuma erva por um período muito prolongado.

Nem por isso vão faltar opções para você variar o chá. Então, coloque a água para ferver e passe um inverno enxuto – sem excesso na cintura!

As ervas que vão secar os excessos:

Escolha uma erva de cada grupo e prepare seu chá emagrecedor. Lembre-se: se a mesma mistura por três dias. Depois disso, faça uma nova combinação.

Termogênicas: efeito queima-gordura

Elas fazem com que o metabolismo trabalhe mais rápido, aumentando a queima de calorias e, consequentemente, de gordura.

Algumas também têm ação lipolítica (quebram a molécula de gordura já acumulada no organismo), além de reduzir os níveis de colesterol.

Boldo (Pneumus boldus), carqueja (Baccharis trimera), chás verde, branco e vermelho (Camellia sinensis), casca de laranja amarga (Citrus aurantium), fucus (Fucus vesiculosus), guaçatonga (Caesaria sylvestris), hibisco (Hibiscus sabdariffa) e salsaparrilha (Smilax spp).

Desintoxicantes: ação limpeza

Capturam e eliminam pela urina a gordura e as toxinas que sobram do processo metabólico – circulando em excesso no organismo, essas substâncias atrapalham o bom funcionamento do sistema linfático e emperram a perda de peso.

As ervas desse grupo também reduzem a formação de gases, evitando a sensação de barriga inchada e volumosa.

Alecrim (Rosmarinus officinalis), bardana (Arctium lappa), camomila (Matricaria recotita), capim -cidreira (Cymbopogum citrato), cardo-santo ou cardo-mariano (Carduus sanctus), centelha (Centella asiatica), coentro (Coriander spp), dente-de-leão (Taraxicum officinalis), erva-doce (Pinpinella anisum), espinheira-santa (Maytenus ilicifolia), hortelã (Mentha piperita) e sálvia (Salvia officinalis).

Dieta do Chá das 3 Ervas

Os chás são sempre uma ótima opção para espantar o frio intenso do inverno.

E, se eles derem uma força para enxugar as medidas melhor ainda. Essa é a proposta da dieta do chá das 3 ervas; com ela, segundo seus adeptos, dá para perder até 6kg em apenas um mês.

A dieta consiste em beber de três a quatro xícaras da infusão preparada com as ervas termogênicas (aceleram o metabolismo, favorecendo a queima de gordura), desintoxicantes (eliminam as toxinas, deixando o organismo menos resistente ao emagrecimento) e diuréticas (evitam a retenção de líquido, contribuindo para barriga lisa.

Porém, para que a dieta tenha os resultados esperados, mantenha o mesmo mix de ervas por três dias. Isso garante que as plantas tenham para que possam agir de maneira eficiente no organismo e acelerar o emagrecimento.

Depois, deve-se mudar a combinação para criar um novo estímulo e evitar qualquer risco de toxicidade. Além de não usar nenhuma erva por um período muito prolongado.Conheça, abaixo, as ervas que podem ser utilizadas na dieta:

Termogênicas: efeito queimar-gordura – Elas fazem com que o metabolismo trabalhe mais rápido, aumentando a queima de calorias, e consequentemente, de gordura.

Algumas também têm ação lipolítica (quebram a molécula de gordura já acumulada no organismo), além de reduzir os níveis de colesterol.

– Boldo (Pneumus boldus), carqueja (Baccharis trimera), chás verde, branco e vermelho (Camellia sinensis), casca de laranja amarga (citrus aurantium), fucus (Fucus vesiculosus), guaçatonga (Caesaria sylvestris), hibisco (Hibiscus sabdariffa) e salsaparrilha (Smilax spp).

Desintoxicantes: ação limpeza – Capturam e eliminam pela urina a gordura e as toxinas que sobram no processo metabólico – circulando em excesso no organismo, essas substâncias não permitem o bom funcionamento do sistema linfático e emperram perda de peso.

As ervas deste grupo também reduzem a formação de gases, evitando a sensação de barriga inchada e volumosa.

– Alecrim (Rosmarinus officinalis), bardana (Arctium lappa), camomila (Matricaria recotita), capim-cidreira (Cymbopogum citrato), cardo-mariano (Carduus sanctus), centelha (Centelha asiática), coentro (Coriander spp), dente-de-leão (Taraxicum offinalis), erva-doce (Pinpinella anisum), espinheira-santa (Maytenus ilicifoliai), hortelã (Mentha piperita), e salvia (Salvia officinallis).

Diuréticas: fim da retenção hídrica – Favorecem no trabalho dos rins na filtragem da linfa (liquido que carrega as impurezas para fora do organismo).

Isso facilita a eliminação das toxinas pela urina, combatendo o inchaço e ajudando o organismo a responder melhor à dieta.

– Alfafa (Medicago sativa),borragem (Borogo officinalis), cabelo de milho (Zea ays), Cavalinha (Equisetum arvense), quebra-pedra (Phyllantus) e sete sangrias (Cuphea balsamona).

Dieta das 3 ervas

O chá feito com três ervas foi fundamental
para eu emagrecer de verdade silvo F.

Só me dei conta do meu tamanho quando me pesei numa consulta ao ginecologista.

Eu estava com 98 quilos! Fiquei assustada, pois eu nunca tinha pesado tanto.

Com 1,70 metro e 98 quilos, eu praticamente "engolia" o meu namorado, que mede 1,63 metro e pesa 72 quilos. Pra piorar, sou ciumenta, e o William dá aula de balé pra garotas o dia inteiro. Quando ele se apresenta, a mulherada não se cansa de gritar: "Liiindooo!".
Uma vida de dietas

Fui gordinha a vida inteira, como quase todos na família do meu pai.

Eu nem me alimentava tão mal. Mas o fato é que, além da tendência a engordar, eu tenho uma fraqueza danada por doces.

Se deixassem, eu trocaria a salada e as frutas por chocolate, sorvete ou bolo de aniversário. Panela de brigadeiro? Era uma por dia!

Foi por iniciativa da minha mãe que comecei a fazer dieta, aos 10 anos.

Eu ia ao nutricionista e seguia a dieta por um tempo, mas logo saía com o pessoal pra tomar sorvete ou comer fast-food. Aí, engordava de novo… Era a desculpa que eu queria pra desistir.

Já na idade adulta, meu peso se estabilizou na casa dos 80-e-poucos quilos.

Era muito, mas nunca tive problemas de saúde porque sempre gostei de fazer exercícios.

A coisa só mudou de figura quando saí de Ribeirão Preto há um ano, para fazer faculdade em Batatais: longe da comidinha da mamãe, me dividi entre as guloseimas do meu pai e a comida gordurosa da avó do William.

Mas então percebi que estava colocando meu namoro em risco.

Além disso, quem iria respeitar uma professora de Educação Física gorda?